Uma pesquisa da Google apresentada na quarta-feira (21/9) mostrou que a intenção de compra dos consumidores para a Black Friday este ano teve alta. No ano passado, 20% responderam que não iriam comprar nada na data, este ano só 10% mantiveram a opinião (leia aqui). Nesse período, os gastos do consumidor chegam a ser 100% maiores e, claro, quem ganha é o empreendedor. Mas, você está preparado para a época?

De acordo com um estudo da Nielsen publicado no final do ano passado, o cartão de crédito é o meio mais utilizado pelos consumidores para pagamento online e off-line. E quanto maior for o valor do produto ou serviço, mais o cartão é usados pelos clientes. Mas, e os outros meios de pagamento, você sabe quais são os mais utilizados no Brasil? Veja quais são e suas principais caraterísticas:

Cartão de Crédito

 

cartao-de-credito

Usado por 73,5% dos consumidores, segundo relatório da E-bit que mapeia os hábitos de consumo das pessoas. O cartão de crédito é, de fato, a forma de pagamento mais moderna e prática que existe. Através de um contrato com um banco e uma bandeira, qualquer pessoa apta a receber um crédito em forma de limite pode obter um serviço de cartão que possibilita a compra e pagamento de um serviço, através de uma transação eletrônica. Para isso, o cliente recebe posteriormente uma fatura com os valores gastos durante um período.

Características:

  • Segurança;
  • Acumulo de Milhas;
  • Controle Financeiro.

Essas são coisas que fazem do Cartão de Crédito a forma mais segura e atual dentre os pagamentos. Essa é, inclusive, a forma mais usada pelos clientes da VINDI e dos serviços online.

Boleto Bancário

boleto-bancario

Hoje, o boleto é responsável pela segunda maior fatia de compras do mercado. De acordo com o mesmo relatório anterior, em 2015 ele representou 19,6% das compras efetuadas no e-commerce. Mas esse número pode ser ainda maior se pensarmos no tanto de empresas de condomínio, estacionamentos e instituições do segmento de saúde e educação off-line que usam o boleto como meio de pagamento, esse número é ainda maior.

Contudo, ele ainda é um desafio para os empreendedores no país, já que essa forma de pagamento exige grandes esforço em conciliação bancária, inadimplência, custos bancários e tempo, que são coisas que tiram muita energia dos departamentos financeiros, independente dos tamanhos. Outro desafio é o valor que os bancos cobram pela emissão dos boletos que chegam a ser de até R$ 10 por documento.

Características:

  • Recebimento após a efetivação do pagamento pela rede bancária;
  • Não há necessidade de informação financeira, ou ter em conta corrente para o cliente comprar online.

Débito Automático (débito em conta, débito online)

debito-em-conta

Forma bem comum na hora de pagar concessionárias (contas de água, luz, telefone e TV a cabo), o débito automático é uma conveniência oferecida pelo banco para o pagamento com débito na conta corrente dos clientes. Ao cadastrar um convênio, os bancos efetuam a ponte entre empresas concessionárias e os clientes. Evitando, assim, o pagamento manual, extravio de boletos etc. Outra modalidade de débito automático é a transferência online, onde ao comprar numa loja virtual, o cliente é levado ao ambiente do banco que efetua o débito diretamente na conta corrente. Um exemplo disso é o: ItauShopline.

Características:

  • Evita com que os juros do crédito rotativo sejam parcelados;
  • O sistema de pagamento funciona 24 horas por dia;
  • É seguro e, portanto, ajuda a reduzia a inadimplência.

Pagamentos Digitais 

pagamento-digital (1)

Incluímos esse tópico para falar sobre pagamento digital, onde podemos incluir: ferramentas online como PaypalSquareTokPag, entre outros aplicativos que fazem dos pagamentos digitais a maior tendência quando falamos em características e forma.

Características:

  • O Paypal, por exemplo, se auto denomina uma carteira digital, onde clientes além de poder transferir fundos entre o serviço, pode ser cadastrado para amparar a transação e uma compra online;
  • No Square, mediante um aplicativo com o cadastro validado de um cartão, o cliente pode pagar contas em bares, lojas e etc.

Transferência bancária:

transferencia-bancaria

A transferência bancária é uma movimentação de fundos entre o comprador e a empresa. É um método de pagamento ainda utilizado no país devido à relutância de muitas pessoas para fornecer os dados bancários para lojas de terceiros.

Características:

  • Fácil e segura para os consumidores, mas pode ter encargos bancários referentes às transferências entre bancos diferentes;
  • Não há custo adicional para os comerciantes, uma vez que não envolve qualquer serviço de terceiros e a loja virtual recebe o total da venda em sua conta bancária;
  • O processo geralmente é mais longo e trabalhoso porque até que a confirmação da transferência, o pedido não será processado ou enviado para o cliente.

Outros – ainda podemos incluir nesse texto as formas de pagamento (formas de recebimento) DOC/TED (muito difundidas por transações bancárias). Esse tipo de solução bancária, funciona para substituir os depósitos bancários.

Formas de pagamento off-line

Além das alternativas online, também temos as off-line que são pouco utilizadas, mas ainda presentes em alguns modelos de pagamento. Veja:

Dinheiro

formas-de-pagamento-dinheiro-real-brasileiro

O chamado “dinheiro vivo” está com os dias contados. Com o crescimento do pagamento via cartão de crédito e outras soluções tecnológicas, o dinheiro ainda é parte fundamental nas formas de pagamento, porém existe um movimento de redução de pessoas que pagam em “cash”. Isso pela falta de segurança, pelo advento dos cartões de crédito e também pela popularização de outros pagamentos digitais.

  • Evita necessidade de parcelamentos;
  • Usado, geralmente, em pagamentos à vista

Cheques

pagamento-cheque

Os cheques estão com os dias contados também. Grande forma de pagamento do século passado, os cheques estão diminuindo relativamente no mercado. Algumas lojas e estabelecimentos comerciais já não aceitam mais essa forma de pagamento. Um dos grandes fatores é o aumento do uso no cartão de crédito e também a falta de segurança, já que a clonagem de cheques foi um dos grandes motivos para os bancos investirem na emissão de cartões. Ainda têm grande aderência em serviços como academias, compra de móveis e outras prestações, mas não vaia durar muito tempo

  • A possibilidade de fraudes é maior que a de outro pagamento;
  • Não existe taxa de administração quando as folhas do talão são utilizadas

Seja para a Black Friday, outras datas comemorativas ou as vendas diárias, você precisa estar preparado para atender todos os tipos de clientes que chegarem ao seu negócio. Escolher uma plataforma que te ajude a oferecer diferentes formas de pagamento é meio caminho andado. A Vindi, por exemplo, disponibiliza na plataforma as principais formas de pagamento: cartões, boletos e débito automático que, além de práticas, propiciam segurança e comodidade para o cliente.

Agora que você já sabe tudo sobre métodos de pagamento, escolha os melhores e prepare-se para alcançar ótimos resultados nas vendas! 🙂

vindi-banner

 

 

Você vai gostar também

Compare os principais meios de pagamento eletrônic... A possibilidade de compra e venda através da internet disseminou o enorme fluxo de negociações online em todo o globo terrestre. A partir disso, surgi...
6° Edição do Assinaturas Day premia melhores cases... As melhores empresas de assinatura serão premiadas em um evento que reúne anualmente os maiores empreendedores e executivos dos segmentos de assinatur...
Bitcoin como forma de pagamento no varejo Atualmente estamos acompanhando no mercado um grande movimento de interesse pelas criptomoedas, a mais famosa atualmente é a Bitcoin. É notável o ...
3 Erros que afetam a taxa de conversão nas vendas ... Experiência do cliente tem sido pauta para muitas empresas que querem melhorar, de alguma forma, o modo como oferecem seus produtos e serviços ao cons...