Facilitar as formas de pagamento é um dos principais fatores para otimizar o desempenho do seu negócio. Seja uma loja, empresa comercial ou qualquer outro estabelecimento que receba diversos clientes simultaneamente, é preciso oferecer diferentes meios para que as pessoas efetuem suas compras.

Para isso, será preciso investir em tecnologias específicas de pagamento ou uma empresa facilitadora, também conhecida como subadquirentes.

O que é uma subadquirente de pagamentos?

Uma subadquirente é uma empresa que realiza a intermediação entre o pagamento realizado pelo cliente ao credor. Essa solução oferece um baixo custo de implementação ou, até mesmo, gratuito. Contudo, o serviço prestado possui um valor mais elevado, que varia entre 4,0% e 7% por cada transação realizada. Ou a subadquirente cobra um valor fixo por depósito.

Em casos de pequenas empresas, ou mesmo projetos embrionários, o subadquirente é um aliado importante. Principalmente por conta de rápida integração, que normalmente só requer o código do cliente para que ele possa começar a vender.

Vantagens e desvantagens da subadquirente

Abaixo, listamos algumas das principais vantagens e desvantagens das subadquirentes, como o agrupamento de diferentes soluções de pagamento em uma mesma ferramenta. Além disso, esse método de pagamento possui vantagens como:

  • Redução de processos burocráticos;
  • Redução do tempo de lançamento da loja;
  • Redução de riscos para o lojista;
  • Maior facilidade durante os processos de gestão dos meios de pagamento;
  • Em casos de e-commerces, a subadquirente também é responsável por redirecionar o cliente a um ambiente seguro para realizar sua compra.

Contudo, também apresenta algumas desvantagens, como:

  • Baixo índice de conversão no checkout quando leva para um portal externo de pagamento;
  • O dinheiro fica retido durante, no mínimo, 14 dias.

Gateway de pagamento

Um gateway de pagamento consiste, basicamente, em uma interface para transações online, que junta a transmissão de dados entre clientes comerciantes e bancos correspondentes.

Essa solução é muito utilizada em e-commerces. Uma vez que ele fica em um servidor remoto, mantido por uma operadora financeira responsável pela autorização das transações realizados no ambiente online ou em lojas físicas.

Além disso, o gateway aceita como forma de pagamento: cartões de crédito, débito e outros meios de pagamento eletrônico. E ainda conta um sistema de segurança que criptografa os dados dos clientes. Uma grande vantagem do gateway é o processamento instantâneo, assim que o comprador efetua o pagamento de um produtos ou serviço.

A escolha entre um gateway ou um subadquirente dependerá, contudo, da forma como você deseja desenvolver seu empreendimento. Se você prefere uma tecnologia simples, rápida, eficiente e de baixo custo, talvez o gateway seja o mais indicado.

A nossa plataforma Vindi possui um gateway em sua plataforma de serviços, onde a análise das transações feitas são em tempo real. Além disso, ela é 100% escalável, e quanto mais você vende, menos você paga pela quantidade de transações efetuadas (ou quantidade de assinantes). Mas também possuímos a opção de uma das melhores subadquirentes para nossos clientes: a Yapay, que oferece checkout transparente, eliminando qualquer desvantagem comum a subadquirentes do mercado.

Mas se você tiver qualquer dúvida quanto a implementação de um gateway ou um subadquirente, fale com a gente. Será um prazer ajudar seu negócio a crescer com segurança e escalabilidade!