Atualmente, existem muitos exemplos de subadquirentes no mercado e, dependendo do momento em que a sua empresa está, um intermediador de pagamentos pode ser uma ótima opção.

Por isso, neste texto falaremos das principais vantagens em utilizar uma subadquirente, e também verá quem está se destacando no mercado de pagamentos brasileiros com esse serviço.

Boa leitura!

Por que utilizar uma subadquirente?

Como dissemos no início deste artigo, uma subadquirente pode ser uma boa opção dependendo do momento da sua empresa.

No início, esse era o principal objetivo de uma subcredenciadora existir: para dar poder de venda a micros e pequenos empreendedores, que não tinham acesso às adquirentes no Brasil.

No entanto, hoje as subadquirentes oferecem outros benefícios, que conseguem até mesmo chegar em negócios de maior porte. Se você quiser saber como funciona uma subadquirente, basta clicar aqui e ler nosso artigo completo sobre o assunto!

Portanto, entre as maiores vantagens de uma intermediadora de pagamentos, podemos destacar

  • Menores taxas de transação, quando comparadas com uma adquirente;
  • Oferta de serviço antifraude integrado na contratação;
  • Possibilidade de checkout transparente, que até pouco tempo atrás era um problema no mundo das subcredenciadoras;
  • Praticidade na contratação;
  • Menos burocracia no credenciamento;
  • Segurança no recebimento, já que é a subadquirente que fica responsável pelo repasse e pelo prejuízo de possíveis fraudes.

Agora que você já conhece os principais benefícios dessa contratação, vamos ver quais os maiores exemplos de subadquirentes no Brasil?

Exemplos de subadquirentes

As intermediadoras de pagamento se popularizaram no Brasil principalmente na última década, quando o mercado se abriu e a guerra das maquininhas ganhou novos capítulos.

Além disso, hoje podemos dizer que foi criado um subnicho dentro do mercado de pagamentos, onde uma subadquirente começa a operar em um cenário altamente competitivo.

Portanto, é hora de conhecer quem está fazendo bonito no mercado, intermediando os pagamentos brasileiros!

Pagseguro

A Pagseguro foi uma das pioneiras e continua como líder no mercado da subadquirência no Brasil.

Além disso, hoje eles funcionam como um modelo híbrido, onde são oferecidas soluções para e-commerce e para lojas físicas.

Adiq

Fundada em 2015, a Adiq se posiciona no mercado oferecendo o máximo de personalização para cada cliente dentro das suas soluções.

Dessa forma, com a plataforma Plug&Play, é possível se conectar rapidamente com os serviços da companhia.

Mercado Pago 

A Mercado Pago oferece a possibilidade de crédito como grande diferencial competitivo, além da agilidade na contratação e credenciamento.

Atualmente, a subadquirente está lutando para chegar o mais perto possível do que seria um banco emissor, mostrando carteiras de investimentos, saques, transferências e muito mais.

Paypal

Vendendo para mais de 250 milhões de consumidores no Brasil e no mundo, a Paypal tem o próprio programa de segurança antifraude e se destaca pelo suporte 24 horas por dia, sete dias por semana.

Além disso, ela também possui integrações com algumas plataformas e-commerce, dando mais flexibilidade para o lojista.

Payu

A Payu possui operação global, e desenvolve serviços financeiros de alta performance para empresas no Brasil e no mundo.

Aqui em nosso país, é oferecido o hub de pagamentos da empresa, conectando seu negócio aos quatro cantos do globo, com uma única integração API.

F2B

A F2B chegou no Brasil nos anos 2000, antes mesmo da Pagseguro começar a operar. No entanto, hoje eles não são líderes no mercado, mesmo que ainda sejam conhecidos como pioneiros.

Além disso, hoje os maiores investimentos da subadquirente são com os pagamentos digitais, por QR Code e que permitem até mesmo saques em Bancos 24 horas.

Portanto, agora que você já conhece os maiores exemplos de subadquirentes, que tal conhecer a solução da Vindi e fazer uma demonstração da nossa plataforma de gestão de pagamentos? Nós temos condições perfeitas para o seu negócio!