O pagamento online está dominando o mercado e ajudando cada vez mais empresas a receberem de forma prática e segura.

Hoje, o cliente não precisa colocar a mão no bolso para pagar por uma compra: bastam alguns cliques no computador ou toques na tela do smartphone.

É possível pagar com cartão de crédito fornecendo os dados, débito em conta corrente, boleto bancário pago pelo app do banco, carteira digital e muito mais.

Tudo para melhorar a experiência de compra do consumidor e aumentar as vendas das empresas – sejam e-commerces ou lojas físicas. 

aSe você quer se beneficiar dos pagamentos digitais, acompanhe nosso guia completo sobre o tema:

Leia com atenção e revolucione seu negócio com os pagamentos online. 

O que é pagamento online?

Pagamento online é toda transação entre empresas e clientes realizada de forma 100% digital, por meio de uma troca de dados. 

Para que um pagamento seja considerado digital, ele deve ocorrer por meio de uma plataforma de pagamento online, app de dispositivo móvel ou carteira digital, por exemplo. 

O método usado pode ser o cartão de crédito, débito em conta, Pix ou boleto, desde que toda a transação seja realizada pela internet. 

O importante é que não haja elementos físicos envolvidos, como um cartão passado na maquininha ou dinheiro em espécie. 

Com o crescimento do e-commerce, os pagamentos digitais vêm se tornando cada vez mais populares e ganharam ainda mais fôlego durante a pandemia do coronavírus. 

Isso porque o isolamento social impulsionou as compras online e contribuiu para fortalecer o hábito dos pagamentos em poucos cliques.

Além disso, o Pix veio para consolidar a tendência e oferecer uma solução rápida e prática para transações instantâneas pela internet.

Como funciona o pagamento online?

O fluxo de pagamento e recebimento online tem várias fases.

Usando o e-commerce como exemplo, primeiro as lojas virtuais vendem seus produtos e serviços através de uma plataforma digital de produtos.

Dessa forma, o cliente coloca suas escolhas no carrinho, decide qual a melhor forma de pagamento e paga no exato momento da confirmação da compra.

Nesse processo, o banco emissor daquele cartão de crédito usado pelo cliente recebe, em tempo real, a informação dessa solicitação de aprovação.

Na prática, quando o pagamento é feito por cartão de crédito, a operadora de cartão cobra o valor da compra no limite do cartão de crédito do cliente.

Depois, ele pagará uma fatura, e o lojista receberá, em até 31 dias, o valor da venda em sua conta corrente, já com os descontos de adquirentes (Elavon, Cielo, Rede, GetNet e etc).

É aqui que um sistema de pagamento se torna indispensável, porque é ele o responsável pela mediação de todas essas trocas de informações entre bancos, bandeiras e adquirentes.

Da mesma forma, algumas subadquirentes, que intermediam e administram a venda do cliente de maneira totalmente terceirizada, pagam em prazos diferentes, podendo chegar até em um dia útil.

Quando o pagamento é feito por boleto bancário, também precisam ser considerados os prazos de compensação, que são de até 3 dias úteis.

Também existem as taxas cobradas por boleto liquidado, e você pode saber mais sobre o assunto clicando aqui.

Essa intermediação de pagamentos online é muito comum no mercado e facilita a vida do empreendedor. 

Lembrando que existem várias opções de plataformas de pagamento online para você contratar.
mãos negras segurando iPhone e cartão de crédito para fazer pagamento online

Quem pode receber pagamento online?

Se você acha que apenas e-commerces precisam de uma solução digital para receber pelos produtos vendidos, você está enganado.

Seu negócio não precisa ser 100% virtual e, mesmo assim, dá para contar com as facilidades da internet.

Por exemplo, universidades, escolas de idiomas ou mesmo academias podem receber pagamento online.

Para isso, elas precisam contar com uma plataforma que trabalhe com diferentes meios de pagamento.

Veja alguns segmentos que podem se beneficiar dos pagamentos online:

Educação

Escolas de idiomas, universidades e instituições de educação podem contar com uma plataforma de pagamento conectada ao seu site. 

Com isso, as matrículas podem ser pagas pela internet, e as mensalidades passam a ser recebidas de forma automatizada.
Reduza a inadimplência e a evasão escolar

Academias

Espaços de ginástica, musculação ou mesmo aulas, como dança, também podem aderir a um sistema de pagamento online.

Com isso, o cliente tem a facilidade de fechar uma matrícula em seu cartão de crédito e pagar suas mensalidades pelo mesmo meio.

Essa alternativa ao boleto bancário aumenta a taxa de adesão.

Estacionamentos

Existem diversos estacionamentos que aceitam mensalistas

Com isso, contar com um sistema de pagamento online facilita o recebimento das mensalidades, pois a cobrança será automática e recorrente.

E-commerces e clubes de assinatura

Esses dois segmentos dependem de um sistema de pagamento online para cobrar seus clientes.

Então, a principal atenção é escolher a plataforma de pagamento que atende melhor às necessidades do negócio.

Outros serviços

Além das opções que citamos acima, empresas que oferecem serviços de transporte, como a Uber, ou de entretenimento, como a Netflix, também precisam de um sistema de pagamento online para receberem por seus serviços.

A verdade é que praticamente qualquer segmento hoje em dia já pode aderir ao pagamento online.

Entenda as soluções de pagamento online

Acima, falamos sobre a possibilidade de praticamente qualquer negócio, tanto virtual como físico, receber pagamento online. 

Mas como isso funciona na prática?

Vamos falar sobre o assunto neste tópico.

Para que você consiga receber com segurança pela internet, é preciso ter uma solução de pagamento que conecte o cliente ao banco.

Existem basicamente três opções no mercado:

Gateway de pagamento

O gateway é um software online de pagamento que faz a comunicação entre sua loja, as adquirentes e bancos.

Essa solução costuma ser a mais flexível do mercado e aceita diversos meios de pagamentos.

Muitas vezes, nos referimos ao gateway de pagamento como a “maquininha de cartão invisível”, pois ele também tem a funcionalidade de se comunicar com as operadoras e bancos.

Porém com a diferença que seu funcionamento é todo virtual – sem o uso físico dos cartões.

Além disso, o gateway normalmente conta com taxas mais baixas do que as outras soluções e é indicado para negócios de todos os tamanhos.

Se você quiser entender melhor todas as funcionalidades de um gateway de pagamento, não deixe de ler nosso artigo: Gateway de pagamento, tudo o que você precisa saber.

Adquirentes

Uma adquirente é o responsável pelo processamento das transações por meio de cartão de crédito ou débito.

São empresas como a Cielo, GetNet, Rede entre outras.

As adquirentes sempre estarão presentes em compras que precisem de comunicação com bancos e bandeiras de cartão.

Subadquirentes 

Também chamados de intermediadores, as subadquirentes são responsáveis por todo o processo de venda.

Com isso, você não precisa se credenciar com as adquirentes ou se preocupar com o checkout.

Um exemplo de subadquirente no Brasil é a Yapay, que você pode utilizar de forma integrada à plataforma Vindi. 

Entre as vantagens, está a gestão em um único painel, antecipação de recebíveis e relatórios completos.

As subadquirentes costumam ser uma boa alternativa inclusive para empresas menores, que querem iniciar um projeto.

Já escrevemos um texto explicando as principais diferenças entre essas três soluções que podem ser usadas para receber pagamento online, não deixe de ler:

Adquirente, subadquirente e gateway: quais as diferenças?

Principais meios de pagamento online e suas vantagens

Agora que você já conhece quais são as principais ferramentas disponíveis para receber pagamento online, é hora de falarmos sobre os principais meios.

Cartão de crédito

Nos últimos levantamentos feitos aqui na Vindi, mapeamos que o cartão de crédito é campeão em transações dentro da nossa plataforma.

De fato, ele é um dos meios de pagamento preferido dos consumidores, principalmente quando falamos em receber pagamento online.

O motivo é que ele é prático, permite parcelamento, estorno e é seguro.

Atualmente, 52 milhões de pessoas possuem cartão de crédito no Brasil. 

Através de um contrato com um banco e uma bandeira, qualquer pessoa apta a receber um crédito em forma de limite pode obter um serviço de cartão que possibilita a compra e pagamento de um serviço, através de uma transação eletrônica.

Para isso, o cliente recebe posteriormente uma fatura com os valores gastos durante um período.

Dessa forma, podemos dizer que o cartão de crédito é um dos tipos de pagamento mais versáteis e utilizados no país.

Muitos estabelecimentos físicos, como universidades e academias, continuam usando o boleto bancário como principal forma de pagamento.

Porém, o cartão de crédito é um grande aliado para aqueles que querem reduzir o número de inadimplentes e aumentar as taxas de conversão.

Vantagens do cartão de crédito

Podemos destacar três principais vantagens da utilização deste método de pagamento online:

  • Segurança
  • Acúmulo de milhas
  • Controle financeiro.

Além disso, o cartão de crédito é a forma mais usada pelos clientes da Vindi.

Nós indicamos essa forma de pagamento, principalmente para empresas que se beneficiam da economia da recorrência em seu modelo de negócio.

Lembrando que o débito automático na fatura é uma alternativa mais vantajosa do que o parcelamento tradicional, pois não ocupa o limite do cliente e ajuda a combater a inadimplência. 

Veja a diferença entre parcelamento e recorrência.

Débito online (ou automático) 

O débito online é um dos meios de pagamento mais usados na hora de pagar concessionárias, como contas de água, luz, telefone e TV a cabo.

Ao cadastrar um convênio, os bancos efetuam a ponte entre empresas, concessionárias e os clientes, evitando assim o pagamento manual, extravio de boletos, entre outros inconvenientes.

Já o débito automático é uma conveniência oferecida pelo banco para o pagamento com débito na conta corrente dos clientes.

Além disso, outra modalidade de débito automático é a transferência online, onde o cliente, ao comprar numa loja virtual, é levado ao ambiente do banco que efetua o débito diretamente na conta corrente. 

Um exemplo disso é o ItauShopline.

De modo geral, é um meio prático e bem aceito pelos consumidores que ou não tem cartão de crédito ou não querem comprometer o limite.

Ele pode ser explorado por serviços recorrentes como estacionamentos e academias.

Vantagens do débito online

Alguns pontos fazem do débito automático uma boa opção para quem tem uma loja virtual:

  • Evita que os juros do crédito rotativo sejam parcelados
  • O sistema de pagamento funciona 24 horas por dia
  • É seguro e, portanto, ajuda a reduzir a inadimplência.

Boleto bancário

Hoje, o boleto é responsável pela segunda maior fatia de compras do mercado.

Além disso, essa opção de pagamento também é considerada a mais democrática do mercado, já que aproximadamente 45 milhões de brasileiros não possuem conta em banco.

Da mesma forma, também precisamos colocar no pacote empresas que administram condomínios, estacionamentos e instituições do segmento de saúde e educação offline que usam o boleto como meio de pagamento.

Hoje em dia já é possível receber pagamento online por meio do boleto digital.

Com isso, gastos com impressão e entrega são reduzidos, pois o boleto é enviado para o e-mail do consumidor, sendo ainda possível saber se ele visualizou a mensagem.

Para ter acesso a esse recurso, basta utilizar um sistema de boletos online

Contudo, ele ainda é um desafio para os empreendedores no país, já que essa forma de pagamento exige grandes esforços em conciliação bancária, inadimplência e custos bancários, que são tarefas que consomem muito tempo e energia dos departamentos financeiros.

Aqui na Vindi, nós oferecemos uma solução completa para empresas que querem oferecer essa forma de pagamento online, e você pode saber mais clicando aqui.

Vantagens do boleto bancário

Entre as vantagens de oferecer boleto bancário para seus clientes, podemos destacar:

  • Recebimento à vista após a efetivação do pagamento pela rede bancária
  • Não há necessidade de fornecer informações financeiras ou ter conta corrente para comprar online.

4. Pagamentos digitais 

Além do cartão de crédito, boleto bancário e débito em conta, incluímos esse tópico para falar sobre pagamento 100% digital, onde ferramentas online como Paypal, Square, TokPag e outros aplicativos se mostram como uma grande tendência.

O Paypal, por exemplo, se autodenomina uma carteira digital. 

Dessa forma, os clientes podem transferir fundos entre os serviços e também podem ser cadastrados para amparar a transação e uma compra online.

Já no Square, mediante um aplicativo com o cadastro validado de um cartão, o cliente pode pagar contas em bares, lojas e etc.

Vantagens dos pagamentos digitais

Basicamente, os pagamentos digitais oferecem as seguintes vantagens:

  • São efetuados 100% online sem uso de cartões
  • O pagamento é rápido e prático
  • É possível pagar apenas com um app no celular.

5. Transferência bancária

A transferência bancária é uma movimentação de fundos entre o comprador e a empresa. 

É um método de pagamento ainda utilizado no país devido à relutância de muitas pessoas para fornecer os dados bancários para lojas de terceiros.

Vantagens da transferência bancária

  • É fácil e segura para os consumidores, mas pode ter encargos bancários referentes às operações entre bancos diferentes.
  • Não há custo adicional para os comerciantes, uma vez que não envolve qualquer serviço de terceiros e a loja virtual recebe o total da venda em sua conta bancária.

Uma desvantagem é que o processo geralmente é mais longo e trabalhoso

Além disso, o pedido não será processado ou enviado para o cliente até a confirmação da transferência.

Lembrando que o Pix, o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central em vigor desde novembro de 2020, veio para substituir as transferências bancárias com operações feitas em segundos com custo zero para pessoas físicas.

E quais as formas de pagamento offline?

Além das alternativas online, também temos as opções de pagamento offline, que são pouco utilizadas, mas ainda presentes em algumas empresas brasileiras.

Dinheiro

O chamado “dinheiro vivo” está com os dias contados.

Com o crescimento do pagamento via cartão de crédito e outras soluções tecnológicas, o dinheiro ainda é parte fundamental nas formas de pagamento.

Contudo, existe um movimento de redução de pessoas que pagam em “cash”. 

Isso pela falta de segurança, pelo advento dos cartões de crédito e também pela popularização de outros pagamentos digitais.

Dessa forma, algumas empresas ainda aceitam o pagamento em dinheiro porque ele evita a necessidade de parcelamentos. Inclusive, algumas empresas oferecem descontos para incentivar esse tipo de pagamento.

Cheques

Os cheques estão com os dias contados também.

Considerado uma famosa forma de pagamento do século passado, eles estão diminuindo cada vez mais no mercado.

Além disso, algumas lojas e estabelecimentos comerciais já não aceitam mais essa forma de pagamento, tendo como um dos motivos o aumento do uso do cartão de crédito.

Da mesma forma, a falta de segurança também está deixando os cheques em desuso, já que a clonagem deles foi um dos grandes motivos para que os bancos investissem na emissão de cartões.

Entretanto, essa forma de pagamento ainda tem grande aderência em serviços como academias, compra de móveis e outras prestações.

Com os cheques, a possibilidade de fraudes é maior que a de qualquer outro pagamento, e não existe taxa de administração quando as folhas do talão são utilizadas.

Cenário do pagamento online no Brasil e no mundo

O crescimento do e-commerce no Brasil é um termômetro importante para entender a situação dos pagamentos online.

Em 2020, as compras online aumentaram 47% (um recorde histórico), e a perspectiva para 2021 é de um crescimento de 26%, segundo dados da Ebit | Nielsen publicados no E-commerce Brasil. 

Assim, os pagamentos online também acompanham essa evolução no mercado. 

Não faltam estatísticas que apontem o crescimento desse tipo de pagamento:

  • Crescimento de 32% dos pagamentos digitais durante a pandemia (Capterra, 2020)
  • Aumento de 495% das transações online em julho e 2020 (Cielo, 2020)
  • Aumento de 1.600% nas transações com QR Code durante a pandemia (Cielo,2020)
  • Crescimento de 30% nas compras feitas por apps em 2020 (Instituto Locomotiva, 2020). 

No cenário mundial, os pagamentos digitais devem ultrapassar 6,6 trilhões de dólares em 2021 – um crescimento de 12% em todo o mundo – , de acordo com o relatório global Fintech Survey, publicado em 2020 no Statista,

Como escolher as melhores formas de pagamento online?

Seja para a Black Friday, datas comemorativas ou vendas diárias, você precisa estar preparado para atender todos os tipos de clientes que chegarem ao seu negócio.

Por isso, se você quer escolher a melhor forma de pagamento, precisa considerar os seguintes aspectos:

Conheça seu público

Entender quem são e onde estão seus clientes é o primeiro passo para descobrir quais são as melhores formas de pagamento online para o seu negócio.

Dessa forma, se você tem um público na faixa dos 30 anos, é bem possível que ele prefira o cartão de crédito, por exemplo.

Entretanto, se você tem foco no público idoso, o boleto bancário é uma opção que dá mais confiança a eles.

Isso também vale se seus produtos têm um preço baixo para o consumidor.

Aposte em duas ou mais opções

Se você só oferece boleto bancário, provavelmente está perdendo a maior parte das suas vendas, já que falamos aqui que o cartão de crédito é o meio mais utilizado do Brasil.

Por outro lado, ignorar o boleto é o mesmo que abrir mão dos 45 milhões de brasileiros que não possuem conta em banco.

Dessa forma, invista em várias opções para garantir que seu cliente tenha poder de escolha.

Assim, você aumentará suas conversões.

Calcule os custos

As formas de pagamento online também têm custos que devem ser levados em conta pelo empreendedor.

É o caso do valor cobrado por emissão de boleto registrado e as taxas cobradas pelas operadoras de cartão a cada transação, por exemplo.

Geralmente, o aumento das vendas obtido com a diversidade de meios de pagamento costuma compensar os custos, mas é preciso colocar os valores na ponta do lápis. 

Automatize sua gestão de pagamentos

Escolher uma plataforma que te ajude a oferecer diferentes formas de pagamento é meio caminho andado.

A Vindi, por exemplo, disponibiliza na plataforma as principais formas de pagamento, ajuda você a reduzir taxas de inadimplência com funcionalidades exclusivas e é perfeita para quem faz vendas pontuais, parceladas e recorrentes.

Receber pagamento online é seguro?

Uma das principais incertezas dos empreendedores em receber pagamento online é a preocupação com a segurança.

Esse assunto é ainda mais delicado se você tem um e-commerce, pois as taxas de fraudes no Brasil são altas.

Porém, já existem ferramentas antifraude no mercado capazes de diminuir grande parte do risco, graças ao avanço da tecnologia e da inteligência artificial. Além disso, a Vindi conta com a certificação PCI Compliance Nível 1 – o nível máximo de segurança. 

Além disso, existe outra forma, tanto para lojas virtuais ou outros negócios que querem receber pagamento online, de garantir a segurança: escolher muito bem seu sistema de pagamento online.

imagem de uma tela com diversos ícones de pagamentos e uma mão selecionando

O que é sistema de pagamento online?

Antigamente, era difícil imaginar que um dia poderíamos pedir comida, transporte privado ou mesmo pagar a academia pela internet, sem precisar ter dinheiro na carteira ou mesmo enfrentar filas em bancos para quitar boletos e outros documentos de cobrança.

Mas hoje esse cenário já é realidade e fica para trás quem ainda não tem um sistema de pagamento online para receber de seus clientes.

Dito isso, então é hora de responder o que é um sistema de pagamento online?

Pois a resposta é mais simples do que você imagina.

Um sistema de pagamento online é uma plataforma que permite a você receber de seus clientes pela internet.

Para funcionar, essa solução precisa ter uma tecnologia de recebimentos envolvida, como um gateway de pagamento.

É por meio dessa solução que você estará apto a aceitar cartão de crédito, débito em conta e transferência bancária.

É importante que ela se preocupe com a segurança e tenha o nível mais alto no PCI Compliance: a certificação dos meios de pagamento que garante que os dados dos consumidores sejam armazenados com proteção

Vantagens em escolher um gateway de pagamento

Como vimos no início do artigo, o gateway de pagamento é o responsável por conectar o seu negócio com as operadoras de cartões e bancos.

Essa é a ferramenta que vai realizar todas as transações, desde o momento em que os dados do consumidor são fornecidos até a confirmação da compra.

Veja algumas vantagens em escolher esse tipo de sistema:

  • Multiadquirência: com uma única ferramenta, você tem flexibilidade para trabalhar com mais de uma adquirente (Cielo, GetNet, Rede etc)
  • Integração com antifraude: é possível contratar uma empresa especializada em evitar fraudes em meios de pagamento. Importante, principalmente, para e-commerces
  • Emissão de nota fiscal automatizada: em poucos segundos é possível emitir o documento
  • Variedade de meios de pagamento: usar um gateway permite que você aceite as mais diversas bandeiras de cartão de crédito. Além de uma ampla variedade de bancos.

Como evitar os principais perigos de receber pagamentos online

Além de oferecer diferentes meios de pagamento, na hora de criar seu e-commerce é preciso garantir o recebimento online com segurança.

Um dos maiores desafios que e-commerces enfrentam está relacionado à segurança das transações a fim de evitar fraudes como, por exemplo, o chargeback.

Isso acontece quando há a reversão de uma venda feita por cartão. O cliente que foi fraudado, pode acionar o banco e informar que não reconhece a compra.

Dessa forma, a loja deve devolver o valor total do pedido.

O chargeback acontece por uma série de motivos: cartão roubado, dados clonados ou pode ser, até mesmo, uma simulação de fraude pelo próprio cliente.

Para isso, é preciso um longo processo de checagem para comprovar a confiabilidade dos dados.

Confira algumas ações que não pode faltar:

Checagem de dados

Checar o CPF de um comprador é um processo rápido e simples que ajudará a evitar futuras dores de cabeça, principalmente em casos de vendas com valores mais altos que serão parcelados.

Você pode realizar essa consulta no site da Receita Federal e, com isso, evitar fechar negócio com um consumidor devedor.

Antifraude

Para tornar o processo de checagem de dados de pagamentos online mais rápido e prático, você pode contar com uma ferramenta que realize essa tarefa automaticamente.

De forma automatizada, as informações do cliente (como endereço de entrega, IP, histórico de compras, e-mail) serão avaliadas antes mesmo da compra ser concluída.

Com isso, caso exista a possibilidade de fraude, essa ferramenta bloqueia a compra imediatamente.

Meios de pagamentos online adequados

Escolher os meios de pagamentos online adequados ao seu e-commerce é fundamental na hora de evitar possíveis fraudes.

Assim, um gateway de pagamentos online, por exemplo, é uma excelente forma para conseguir mais segurança nas transações realizadas em sua loja online.

O usuários fornece seus dados, que são criptografados e enviados às operadoras responsáveis.

Assim, a operadora fica encarregada de verificar a confiabilidade das informações e, estando tudo certo, autoriza a transação.

Além de maior segurança, os gateways permitem que você crie seu próprio banco de dados com todas as informações referentes às transações efetuadas.

Dessa forma, você tem maior controle financeiro e segurança na hora de analisar dados.

Observe transações anormais

Ficar atento a transações anormais também é uma boa forma para identificar tentativas de fraudes.

Alguns sinais são indicativos importantes e reconhecê-los a tempo poupará muita dor de cabeça, como:

  • Volume de compras muito elevados
  • Entregas expressas quando há possibilidade de frete grátis
  • Local de entrega em estados onde sua empresa possui pouca atuação.

Com isso, é importante orientar seus colaboradores a realizar sempre um bom atendimento, principalmente na hora de verificar os dados do cliente.

PCI Compliance

O PCI DSS (Padrão de Segurança de Dados para a Indústria de Cartões de Pagamento) é a certificação necessária para todas as empresas que processam, armazenam e transmitem dados de cartões pela internet.

Essa regulamentação é mantida desde 2006 por um fórum global aberto fundado pela American Express, Discover Financial Services, MasterCard, Visa e JCB International.

A certificação só é garantida a quem cumprir todos os requisitos de segurança.

Entre eles, podemos destacar: testes de segurança para identificar fragilidades de sistema e verificação de mais de 20 critérios de blindagem.

Qual a importância do pagamento recorrente na cobrança?

Como você percebeu, muitos dos segmentos que abordamos nesse texto precisam cobrar seus clientes todo mês.

Essa cobrança contínua também é chamada de cobrança recorrente ou pagamento recorrente.

Para esses casos, é importante contar com um sistema de pagamento online que tenha expertise no recebimento de mensalidades e planos, pois algumas funcionalidades vão facilitar o dia a dia do seu negócio.

Uma delas é automatizar o recebimento das mensalidades.

Se você precisa receber de um mesmo cliente, tornar essa tarefa automática vai evitar erros humanos, além de salvar tempo.

É mais prático e permite que você foque seus esforços em outras tarefas essenciais, como trazer mais clientes ou melhorar o atendimento. 

Além disso, um sistema de pagamento online para a recorrência permite que você tenha melhor organização financeira, sendo possível gerir com facilidade clientes inadimplentes. 

Se você quer entender mais sobre pagamento recorrente, não deixe de ler nosso artigo “Guia completo do pagamento recorrente”.

Vantagens de automatizar o seu fluxo de pagamentos

Com um gerenciador de pagamento online, é possível expandir seu modelo de negócio e cobrar com muito mais eficiência e agilidade.

Entre as maiores vantagens em automatizar esse processo, podemos destacar:

  • Redução de tempo com transações e cobranças
  • Visibilidade completa de faturamento
  • Leitura global de métricas importantes para a sua empresa
  • Segurança nas transações
  • Redução significativa de falhas humanas
  • Otimização dos custos financeiros a longo prazo
  • Controle da inadimplência, com o uso de ferramentas de automação
  • Recebimento facilitado
  • Possibilidade de estornos
  • Segurança contra chargebacks

E muito mais!

Como escolher um sistema de pagamento online?

Escolher um sistema de pagamento online que possa atender suas necessidades e crescer junto com o seu negócio é importante.

Para isso, na hora de contratar uma plataforma, procure quem conhece o mercado. Além de oferecer segurança, flexibilidade e ferramentas que vão facilitar o seu recebimento de pagamentos pela internet.

Não há dúvidas que um sistema de pagamento online vai facilitar a sua cobrança, além de aumentar as taxas de adesão, fidelização e diminuir a burocracia.

Antes de contratar esse serviço, é preciso pensar em alguns pontos essenciais: as integrações que estão disponíveis, a qualidade do suporte do cliente e a segurança do gateway de pagamento.

Veja os critérios em detalhes:

Integrações do gerenciador de pagamento online 

Não é todo gerenciador de pagamento online que oferece suporte com outras plataformas e sistemas do seu negócio.

Se você é um SaaS, por exemplo, é fundamental que essa integração consiga ser feita de forma totalmente personalizada. 

Da mesma forma, se você possui um clube de assinaturas, esse gerenciador precisa rodar muito bem na plataforma que hospeda o seu site.

Custos envolvidos na contratação

É importante anotar todas as despesas envolvidas no processo. 

Lembre-se que os custos de processamento de transação de pagamento vão além da taxa de administração.

Existem ainda os valores de manutenção dos sistemas, firewalls e servidores, por exemplo, sem contar a despesa fixa da infraestrutura e os custos operacionais.

Por isso, na hora de escolher o gateway de pagamento é fundamental pensar nestas despesas para escolher a empresa que melhor atenda suas demandas, sem excesso de taxas que podem dar prejuízo no caixa do seu negócio.

Faça uma boa pesquisa de plataforma para conferir qual possui melhor custo-benefício.

Capacidade de processamento do sistema

Outro ponto que não pode passar em branco é quanto ao número de transações que o sistema consegue processar por segundo.

Se a plataforma falhar neste ponto, seu site certamente não conseguirá atender a altas demandas dos clientes, especialmente se você lançar ofertas e promoções eventualmente.

Suporte oferecido para a sua empresa 

O suporte ao cliente também é uma necessidade básica, já que você está deixando um dos pontos mais valiosos do seu negócio nas mãos de um parceiro externo: o seu faturamento.

Por isso, é essencial que você tenha acesso ao time de atendimento ao cliente com o máximo de agilidade, e consiga resolver problemas futuros com a melhor experiência possível.

Segurança do gateway de pagamento

Veja se a plataforma conta com funcionalidades como sistema antifraude, detector de chargeback e alarme de cartão em blacklist. 

Além disso, você precisa ter a liberdade para negociar com adquirentes, analisar taxas e transacionar como preferir, como ocorre nos gateways de pagamento.

Além disso, seus clientes precisam da mesma segurança, porque deixaram dados sensíveis no momento do cadastro.

É fundamental que o gateway seja robusto e consiga ter a flexibilidade que você precisa.

Recursos oferecidos

Esta é uma dica que sintetiza todas as anteriores: você precisa de uma verdadeira solução para o seu negócio.

A Vindi tem o maior gateway independente do Brasil.

Fundada em 2013, a empresa possui dezenas de integrações com serviços financeiros para sua empresa receber pagamentos na internet de forma profissional.

Da mesma forma, para oferecer essa facilidade, a Vindi possui integrações com bancos, adquirentes, subadquirentes e outras dezenas de soluções.

Faça uma demonstração gratuita da plataforma agora mesmo. 

Como o link de pagamento pode te ajudar a receber pagamentos online?

Além de todas as ferramentas e plataformas disponíveis no mercado, o link de pagamento também pode ser uma ótima opção para o seu negócio, principalmente se você faz vendas pelas redes sociais.

Além disso, o link de pagamento é seguro, agiliza a tomada de decisão do cliente, e funciona como uma espécie de maquininha tradicional, só que 100% online.

Aqui na Vindi, nós fomos os primeiros a utilizar o link de pagamento no Brasil, e essa funcionalidade está disponível para quem usa as nossas soluções.

Portanto, se você quiser saber mais sobre o assunto, temos um vídeo que explica como o nosso link funciona:

Conheça o gerenciador de pagamento online da Vindi

A solução de gerenciador de pagamento online da Vindi é a mais robusta do mercado. 

Além disso, nós temos o único gateway de pagamento independente do país, que te dá o máximo de liberdade para escolher como quer receber.

Com a plataforma da Vindi, você consegue ter uma gestão completa de todos os seus recebíveis, em uma dashboard intuitiva que é atualizada em tempo real.

Aqui, nós levamos a sério a sua empresa, e sabemos que só um time especialista pode cuidar do seu faturamento com segurança e responsabilidade.

Por isso, temos em nossa solução ferramentas e funcionalidades que são essenciais para a gestão do seu negócio. Seu time financeiro tem mais tranquilidade para trabalhar, menos tempo perdido e mais possibilidades de inovação.

Além disso, também automatizamos totalmente a sua régua de cobrança.

Não importa se você cobra por boleto ou por cartão: aqui na Vindi você não perde nenhuma venda.

Faça vendas avulsas, parceladas e recorrentes com o gerenciador de pagamento online da Vindi, e seja como nossos mais de 6 mil clientes que estão crescendo e faturando com segurança e eficiência.

Gostou de conhecer melhor o universo do pagamento online?

Então, faça seu cadastro na Vindi e tenha a certeza de escolher o melhor parceiro para o seu negócio.

Cadastre-se na Vindi e tenha mais inteligência financeira