Como montar um clube de assinatura?

Alguns empreendedores nos procuram para ajudá-los a decidir e desenvolver projetos. Uma das maiores demandas que temos são pessoas, empreendedores e empresas com dúvidas de “Como montar um clube de assinatura?”.

O modelo de negócios baseado em assinaturas não é novo. Você mesmo já deve ser adepto a algum deles a anos ou mesmo décadas. As assinaturas de jornais e revistas são um grande exemplo: o pagamento recorrente mensal leva a comodidade de receber os impressos em sua casa periodicamente.

Como montar um clube de assinatura?

A internet, porém, trouxe diversas inovações aos negócios, adequando produtos e serviços tradicionais ao modelo de assinaturas. Não apenas jornais, revistas e livros se enquadraram a ele. Hoje é possível comprar vinhos, roupas e até mesmo utilizar softwares, dentre vários outros, neste modelo de recorrência. Gostou da ideia e quer implantar o modelo em seu negócio? Então este post é para você! Veja o que é preciso para criar um:

Certifique-se de que o seu produto ou serviço pode se adequar ao modelo

Quando se trata de um software, o SaaS (Software as a Service) facilita consideravelmente o trabalho. Para isso, contudo, é primordial que a sua tecnologia seja nas nuvens, não implicando na necessidade de processos burocráticos de instalação, aquisição de hardware e mesmo treinamentos densos e longos.

Já para as empresas que comercializam produtos, é importante definir um diferencial que estimule o consumidor a querer receber o produto periodicamente. Pode ser a praticidade ou a inovação: o importante é que o seu cliente veja um diferencial em assinar para receber constantemente estes produtos.

Tenha a certeza que seu produto possui a necessidade de consumo recorrente. Isso é primordial. Se o seu potencial cliente consome seu produto mensalmente, semanalmente ou diariamente, é um bom caminho para elaborar um bom plano de negócios.

Defina planos e preços que permitam o pagamento recorrente

O preceito básico para um negócio baseado em assinaturas é o pagamento recorrente. Por isso, é preciso definir planos para opção de seu cliente – e consequentemente, os preços. Neste contexto, 2 questões são de extrema importância: a primeira é incentivar a escolha pelos planos mais avançados, que trará uma maior margem de lucro ao seu negócio – e isto é definido pelo preço cobrado e valor agregado ao plano. A segunda questão é embutir no valor cobrado pela assinatura tudo o que possa vir a desanimar o cliente de realizar a assinatura. A exemplo podemos citar o frete para produtos e treinamento ou consultorias para serviços.

Preço é um fator determinante para ganhar uma boa quantidade de clientes.

Para assinatura de produtos, a logística é um fator crítico e merece atenção

Se o seu negócio de assinaturas contempla produtos com uma entrega recorrente, a logística se torna um fator crítico e precisa de extrema atenção. Isto porque, você terá uma data fixada para cobrar de seus clientes e em contrapartida, a expectativa de recebimento dele é maior. Por isso, conte com opções diversas de fornecedores para que você não tenha problemas com a entrega e consiga, ao mesmo tempo, otimizar os custos. Um plano B é sempre imprescindível para garantir a satisfação de seus clientes.

No texto “Como escolher uma transportadora para seu clube de assinaturas”, uma das nossas especialistas deu algumas dicas importantes na escolha do parceiro ideal para entregar o produto/box.

Defina processos de cobranças recorrentes e conte com o auxílio de um software adequado para o modelo do negócio

É importante dar opções de datas e formas de pagamento aos seus clientes garantindo, assim, que você não perca oportunidade de negócio por um destes fatores. Por isso, é preciso definir processos de cobrança para que toda a logística esteja integrada ao faturamento em prol do crescimento escalável.

Para isto, uma plataforma de pagamentos recorrente tem muito a contribuir não apenas pela facilidade de gestão, mas também pelo ganho de eficiência e maior controle dos recebíveis. Além disso, elas já trabalham com gateway de pagamentos validados no mercado, o que reduz o trabalho de negociação e integração com seu sistema. Ele auxilia automatizando cobranças, indicando inadimplências, gerenciando clientes, emitindo boletos e notas fiscais, dentre diversas outras funções indispensáveis para o sucesso de seu negócio baseado em assinatura.

A escolha da plataforma e-commerce também é ponto decisivo para que e-commerces possam fazer a gestão de forma eficaz desse negócio de assinaturas. Veja esse post.

E então, preparado para iniciar ou transformar o seu negócio em um modelo baseado em assinaturas? Temos um time de especialistas pronto para auxiliá-lo!

como montar um clube de assinatura

Você vai gostar também

Gilette entra no mercado de assinaturas Uma prática que vem ganhando cada vez mais espaço no cenário internacional é a oferta de produtos por assinatura. A ideia de “assinar” a sua cervejinh...
Como calcular o preço certo do meu clube de assina... Quanto devo cobrar pelos meus planos de assinatura? Essa deve ter sido a pergunta que muitos dos empreendedores que abriram um negócio de subscrição f...
Modelos de precificação em Assinaturas Sabe-se que a tecnologia evolui anualmente, trazendo a inovação em diversos segmentos do mercado. Por outro lado, com as mudanças nos hábitos dos cons...
Netflix coloca pra dentro mais 4,3 milhões de assi... O Netflix registrou nessa terça feira (20/01) informação sobre o último trimestre de 2014. Entre outubro e dezembro, a empresa cresceu cerca de 4,3 mi...

Fundador e CEO da Vindi, plataforma líder em recorrência e criador do maior evento de empresas SaaS e Assinaturas do país, o “Assinaturas Day”.

Site Footer