4 clubes de chocolate que faturam com a cobrança recorrente

Para a indústria de chocolates, 2018 é um ano positivo e de grandes expectativas. Isso porque o consumo de chocolates aumentou em 8% no primeiro semestre de 2017, um crescimento que é visto com bons olhos pelos empresários do ramo.

De acordo com a diretoria da Agrícola Conduro (empresa de cultivo de cacau no sul da Bahia), o mercado de chocolate e cacau premium também cresce em uma média de dois dígitos ao ano.

Para conquistar novos consumidores, empresas do ramo em todo o país passaram a investir em produtos inovadores e mais baratos. Se você possui uma empresa que fabrica chocolates, existe uma forma muito simples para fidelizar seus consumidores e evitar perder vendas: a cobrança recorrente.

O pagamento recorrente é feito em casos de serviços contínuos, em que existe uma “assinatura” ou pagamento de mensalidades. Isso significa que, enquanto o serviço for prestado, o cliente deverá realizar o pagamento regularmente.

Conheça quatro clubes de chocolate que trabalham no modelo de cobrança recorrente.

Chococlub

O Chococlub é um clube de assinatura que entrega chocolates produzidos em Gramado, na Serra Gaúcha. Os consumidores recebem diferentes tipos de chocolate artesanais todos os meses, enviados depois do décimo dia do mês seguinte à realização da assinatura.

O clube trabalha com três modalidades diferentes:

  • Plano básico (R$ 89,90 + frete);
  • Premium (R$ 119,90 + frete);
  • Entrega única, em que o cliente recebe uma única vez os produtos para experimentar (R$ 99,90 + frete).

Cacau Prime Club

A Cacau Prime Club é um clube de chocolate artesanal, em que os assinantes recebem chocolates nacionais variados todos os meses. Os produtos são selecionados sempre tendo em mente a qualidade, procedência e sabor.

Ao realizar a assinatura, os clientes receberão:

  • Caixa com bombons, barras, trufas, drágeas, etc (de 500g à 700g);
  • Produtos Artesanais de diferentes fabricantes do Brasil;
  • 1 item surpresa;
  • Embalagem térmica.

Candy in Box

O clube Candy in Box trabalha com chocolates, bombons e outros doces. Os assinantes recebem caixas com os snacks importados e até mesmo bebidas (que dependerá dos itens selecionados mês a mês). Assim como os outros clubes, a entrega é mensal e existem dois planos:

  • Mini (R$19,90/mês), que dá direito a três produtos na caixa;
  • Standard (R$59,90), que dá direito a nove produtos.

Cuore di Cacao

O clube Cuore di Cacao, de Curitiba, trabalha exclusivamente com chocolates premium e outros produtos inéditos, dificilmente encontrados em loja física. As entregas são realizadas sempre na terceira semana de cada mês. O assinante pode escolher retirar seus produtos na própria loja ou receber em casa.

A assinatura é trimestral e custa R$ 180, mais frete, as caixas possuem entre 200g e 250g.

E aí, que tal inovar a forma como sua empresa vende? Com a cobrança recorrente é possível criar clubes de chocolate (ou qualquer outro produto) e, mensalmente, fornecer diferentes experiências aos seus clientes ― uma excelente forma de fidelização.venda-por-assinatura

Jornalista, escritor e redator publicitário. Atua com produção de conteúdo, inbound marketing e desenvolvimento de estratégias de SEO.

Você vai gostar também

VINDI no CMEP – Congresso de Meios Eletrônic... A Vindi esteve presente no 8º CMEP. A convite da Abecs (Associação Brasileira de Empresa de Cartões de Crédito e Serviços), a Vindi foi o único gatewa...
Uber testa modelo de assinatura em serviço de deli... “Estamos constantemente testando” - foi a afirmação de um dos executivos da UberEats no Reino Unido, Toussaint Wattinne, durante uma entrevista ao Bus...
Vídeos online: essa publicidade pega? O maior sucesso recente do YouTube não é um garoto cheio de espinhas fazendo crítica afiadas de dentro de seu quarto. O buzz atual é o canal Porta dos...
Como funciona um gateway de pagamento na prática A gente já falou aqui os motivos que levam à necessidade de usar um gateway nas transações de compra e venda, mas existem pontos que só quem é especia...