Os clubes de assinatura deixaram de ser um modelo de negócio promissor para se tornar um segmento relevante na economia brasileira.

O formato surgiu a partir da facilidade da economia da recorrência, pois o cliente pode fazer o pagamento online e receber seus produtos.

Como a empresa consegue fidelizar os clientes a partir do débito recorrente, pode cobrar um preço mais atrativo do que nas vendas avulsas.

Além disso, a receita recorrente gera previsibilidade financeira, o que facilita a gestão financeira e a gestão de assinatura do negócio.

Por outro lado, além de pagar menos, o consumidor ainda conta com uma curadoria e a experiência de receber um material personalizado.

Essa relação de ganha-ganha ajudou a aquecer o mercado de clubes de assinatura nos últimos anos.

Em 2021, o faturamento das empresas que trabalham com esse modelo de negócios cresceu 18% em relação ao ano anterior, como mostra reportagem da Revista Forbes.

No total, os clubes de assinatura faturaram em torno de R$ 1 bilhão.

Existem vários tipos de clubes de assinatura.

A maioria trabalha no modelo clássico, com entrega de produtos, mas existem outros formatos bem criativos.

Neste artigo, apresentamos uma lista com 20 clubes de de vários tipos.

Primeiro, explicamos melhor o modelo de negócio e suas características.

Portanto, se você pensa em criar um clube de assinatura, acompanhe o artigo para inspirar e ter boas ideias.

Clube de assinatura é um modelo de negócio em que a empresa oferece a entrega periódica de um conjunto de produtos.

O que é um clube de assinatura?

Clube de assinatura é um modelo de negócio em que a empresa oferece a entrega periódica de um conjunto de produtos.

O pagamento também é periódico, geralmente em mensalidades, embora alguns clubes façam cobranças quinzenais.

Boa parte desses negócios oferece também planos anuais.

Neles, o consumidor paga um pouco menos a cada mês, já que a empresa tem a vantagem de garantir a fidelização por 12 meses.

Portanto, este é um exemplo de negócio recorrente, que torna o consumidor um assinante.

Os produtos entregues são selecionados pela própria empresa, que realiza uma curadoria de acordo com seu nicho.

Existem clubes de assinatura de produtos bem variados.

Muitos apostam na gourmetização, selecionando itens com uma qualidade superior à encontrada no varejo convencional.

Alguns exemplos são clubes com  tipos especiais de café, cervejas e cervejas artesanais, vinhos, chocolate, produtos de beleza e produtos adultos, alimentos saudáveis. Grande parte são clubes de assinatura no ecommerce.

Outra prática bastante adotada é investir em itens duráveis e colecionáveis, como livros, móveis, carros, brinquedos, artigos relacionados à cultura nerd e itens de decoração.

Há também clubes mais focados em produtos usados no dia a dia, como itens de higiene, limpeza e até papelaria.

E, claro, para quem oferece serviço, as assinatura também se tornaram uma grande oportunidade de expansão como estão fazendo as barbearias, agência de viagens, moradias, empresas de energia solar, e os de programas de sócio-torcedor.

Se você tem interesse em investir nesse ramo, continue lendo o artigo para entender melhor o modelo de negócio.

Aproveite e baixe nosso kit completo sobre como escalar clubes de assinatura.

 

Principais características de um clube de assinatura

Como este modelo de negócio é bastante popular, a concorrência é grande.

Por isso, é preciso agregar valor ao seu negócio para sair na frente.

Agora, veja quais são as principais características de um clube de assinatura:

  • Produtos selecionados: em alguns clubes, o cliente já sabe o que vai receber. Porém, em outros casos, os produtos são surpresas! É claro que essa surpresa é uma curadoria feita com base no perfil de consumo do seu cliente
  • Segmentação: os clubes de assinatura miram em públicos-alvo específicos e segmentam seus produtos de acordo com o nicho escolhido, buscando atender à demanda de forma personalizada
  • Comodidade: essa é uma das principais características de um clube de assinatura, pois o cliente recebe em casa, algo de seu gosto, com facilidade
  • Exclusividade: outra estratégia dos clubes é oferecer itens exclusivos e diferenciados do que seu cliente encontraria em lojas tradicionais
  • Cobrança recorrente: o cliente não precisa se preocupar com o esquecimento da fatura, pois a cobrança é feita de forma automática no cartão de crédito no período acordado.

Aproveite e leia também como funciona a cobrança recorrente e quais são os benefícios dessa forma de pagamento.

20 clubes de assinatura para experimentar e se inspirar

O mercado brasileiro conta com vários exemplos de clubes de assinatura de diversos segmentos.

Alguns são bem populares, como clubes de vinhos e bebidas, enquanto outros têm formatos um tanto inusitados.

Confira agora uma seleção com 20 clubes de assinatura brasileiros.

1. TAG – Experiências Literárias

Um dos maiores clubes de assinatura do Brasil, a TAG comercializa livros e conteúdos impressos relacionados às obras, contando com uma editora própria para produzir edições exclusivas.

Para quem é indicado

O TAG é voltado para colecionadores de livros e interessados em literatura.

O que os assinantes recebem

A cada mês, os assinantes recebem um kit literário contendo uma edição exclusiva, uma revista sobre o autor e o tema da obra e outros brindes.

Preço inicial

O kit custa R$ 61,90 mensais, além da taxa de entrega.

2. Turista Literário

Também com foco na literatura, este é um exemplo de clube que vale a pena conhecer.

Baseado na ideia de que ler é como viajar, o Turista Literário oferece livros e brindes físicos e virtuais temáticos sobre viagens e mapas.

Para quem é indicado

Leitores e colecionadores que buscam uma experiência imersiva além da leitura.

O que os assinantes recebem

No plano mais básico, o assinante recebe um livro, um marcador de página e um brinde surpresa na caixa, além de outros conteúdos digitais.

Outras modalidades incluem brindes e conteúdos digitais diferenciados e a inclusão em grupos de discussão.

Preço inicial

O plano mais básico sai por R$ 44,90, além da taxa de entrega.

3. Vistame

O Vistame é um clube de moda que oferece consultoria e curadoria de roupas personalizadas para cada assinante.

Para quem é indicado

O foco é o público feminino, mas há opções para homens também.

O que os assinantes recebem

Cada caixa contém peças de roupas selecionadas com base nas preferências informadas em um questionário e os tamanhos das clientes.

Preço inicial

O preço único é R$ 18,90, com frete grátis para determinadas regiões.

No nosso podcast Dentro do Ringue, entrevistamos a CEO da Vistame, Carina Fernandes.

Você pode ouvir agora mesmo.

4. Leiturinha

O clube Leiturinha proporciona diversos vídeos e livros digitais voltados ao público infantil (até 10 anos).

Para quem é indicado

O público-alvo é formado por pais que querem incentivar os filhos a lerem.

Portanto, é um clube para toda a família.

O que os assinantes recebem

No plano inicial, a caixa chega com um livro infantil em português, e o assinante recebe um conteúdo digital relacionado.

Em outros pacotes, e-books e jogos pedagógicos são acrescentados.

Preço inicial

O pacote mini custa R$ 29,90 por mês na assinatura anual, além do frete.

5. Nerd ao Cubo

O Nerd ao Cubo é o maior clube de assinatura geek do Brasil, oferecendo itens diversos relacionados à cultura pop.

Para quem é indicado

Amantes da cultura geek, incluindo literatura, quadrinhos, filmes, animações e games.

O que os assinantes recebem

Mais de R$ 150 em produtos como camisetas, miniaturas, acessórios e itens de decoração temáticos sobre personagens e obras do mundo geek.

Preço inicial

A assinatura da caixa sortida custa R$ 119,99 mensais, mas os consumidores podem optar também por um box apenas com camisetas por R$ 54,90.

O frete também é cobrado.

6. Cegonha Box

Com a Cegonha Box, todos os meses são entregues produtos personalizados e exclusivos pensando na primeira infância.

Para quem é indicado

O Cegonha Box é indicado para famílias que estão esperando bebês ou têm crianças de até um ano de idade.

O que os assinantes recebem

Cada assinante recebe cinco itens para cuidados de bebês à sua escolha.

Preço inicial

O valor inicial é de R$ 119,90 mensais, além do frete, na assinatura anual.

Também é possível adquirir uma caixa avulsa por R$ 134,90.

Nós fizemos uma resenha muito divertida quando nossa Head de Pessoas, Fernanda Ramos, recebeu uma das caixas da Cegonha Box.

Dê um play e assista agora!

7. Best for You

O Best For You é um clube de alimentos saudáveis, com foco em itens industrializados alternativos.

Para quem é indicado

Pessoas com restrições alimentares ou que adotam um estilo de vida saudável.

O que os assinantes recebem

Cada caixa tem entre 11 e 13 produtos alimentícios saudáveis, veganos ou sem algum ingrediente, como açúcar, glúten e lactose.

Preço inicial

O preço único é R$ 64,90, com frete grátis para algumas regiões.

8. Box Viva!

O Box Viva! é mais outro exemplo de clube de assinaturas focado para um público que quer comer bem, porém fugir de ingredientes prejudiciais à saúde.

Para quem é indicado

Pessoas que buscam alimentos saborosos fabricados com ingredientes saudáveis.

O que os assinantes recebem

A caixa chega com itens sortidos, no valor de até R$ 160.

Preço inicial

No plano anual, o valor mensal é R$ 79,90, além do frete.

9. Glambox

O Glambox é um dos maiores clubes de assinatura do Brasil voltado para quem ama cosméticos e artigos para cuidados com a beleza.

Para quem é indicado

O clube foca no público feminino com interesse em moda.

O que os assinantes recebem

Cada caixa pode ter entre 3 e 11 produtos de beleza diversos, dependendo do mês e do plano escolhido.

O Glambox também produz conteúdos exclusivos sobre bem-estar, cuidados com o corpo e dicas de maquiagem.

Preço inicial

No plano anual, a assinatura do pacote mais básico custa R$ 39,90 por mês, com cobrança do frete para determinadas regiões.

De roupas, maquiagens a vinhos, existe uma variedade de clubes de assinatura no mercado.

10. Magenta

O Magenta é um clube de assinatura de cosméticos veganos que oferece uma experiência personalizada, com a entrega de produtos de acordo com características informadas pelos clientes.

Para quem é indicado

O Magenta é indicado para um público feminino que busca produtos fabricados sem crueldade animal.

O que os assinantes recebem

A cada mês, chega para o assinante uma caixa com cinco produtos de beleza veganos.

Preço inicial

No plano anual, a assinatura custa R$ 139,90.

11. Clube do Malte

O Clube do Malte é uma empresa que comercializa cervejas especiais.

A empresa surgiu em 2011 teve um grande crescimento em 2019, quando incorporou outros negócios do mesmo segmento como o Clubeer, um dos primeiros clubes de assinatura do país.

Para quem é indicado

Consumidores que buscam conhecer novas marcas de cerveja com qualidade.

O que os assinantes recebem

Dependendo da assinatura, o cliente recebe entre duas a seis garrafas de alguma cerveja especial, além de uma revista.

Em alguns planos, um copo especial é incluído.

Preço inicial

O plano mais barato custa 35,90 por mês.

13. Clube Wine

A Wine oferece vinhos de qualidade, com a possibilidade de escolha entre seis categorias: Essenciais, Surpreendentes, Notáveis, Singulares, Refrescantes e Espumantes.

Para quem é indicado

A Wine é atrativa para WineHunters, ou seja, consumidores que gostam de pesquisar diferentes rótulos de vinhos.

O que os assinantes recebem

Duas garrafas de vinho, uma revista e um brinde.

Preço inicial

No plano anual, a assinatura custa a partir de R$ 69,75 mensais além de frete.

14. Clube da Giu

As flores são o core business, ou seja, a atividade-fim da Giuliana Flores, um dos maiores clubes de assinatura do segmento.

Para quem é indicado

O Clube da Giu tem foco em consumidores que gostam de cultivar flores de várias espécies.

O que os assinantes recebem

Além de um buquê com uma composição de flores de espécies diferentes, o assinante recebe um sachê com flower food, um pó com nutrientes para fortalecer as plantas.

No primeiro mês, é enviado também um vaso.

Preço inicial

O preço do pacote com uma entrega por mês é R$ 119,90, com cobrança de frete para fora do estado de São Paulo.

15. YVY Brasil

A YVY está aí para provar que existem clubes de assinatura que você nem imagina.

Afinal, a empresa fabrica produtos de limpeza a partir de ingredientes naturais e livres de crueldade animal e oferece a possibilidade de assinatura.

Para quem é indicado

Os produtos da YVY são voltados para consumidores que querem evitar produtos sintéticos com cheiro forte ou que buscam alternativas sem crueldade animal.

O que os assinantes recebem

A YVY oferece quatro kits com os seguintes produtos de limpeza como desinfetantes, desengordurantes, lava louças e lava roupas, além de um conjunto de produtos para higiene de pets.

Preço inicial

A assinatura do kit mais barato custa R$ 83,48, além do valor do frete.

16. 4Ride Motorcycle

A 4Ride Motorcycle é um clube de assinaturas de moto com um formato diferente dos outros exemplos deste texto, com base no conceito de propriedade compartilhada.

Nele, o assinante adquire 25% do valor de uma moto e paga uma taxa mensal, ficando com o veículo por esse período.

Ao final do período, a moto é vendida e o cliente recebe sua parte do valor investido.

Para quem é indicado

O público-alvo do 4Ride Motorcycle quer poder andar em uma boa motocicleta por um período, mas não está disposto a investir o valor integral.

O que os assinantes recebem

O assinante do 4Ride Motorcycle fica por dois anos com a moto escolhida.

Preço inicial

No plano mais barato, o cliente faz um investimento inicial de R$ 15.215 e paga R$ 350 por mês.

17. Liga Retrô Royal Club

O Liga Retrô Royal Club é o clube de assinatura da Liga Retrô, uma empresa que produz e comercializa réplicas de camisas esportivas antigas de times.

Para quem é indicado

O clube da Liga Retrô é voltado ao público fã de futebol, com linhas masculina, feminina e infantil.

O que os assinantes recebem

Dependendo do plano, o consumidor recebe um kit com uma ou duas camisas por mês.

Preço inicial

No plano anual, o envio de uma camisa por mês custa R$ 69,90, além do frete.

18. Paper Heart Box

A Paper Heart Box realiza entrega de itens de papelaria diferentes, e a cada mês os produtos são referentes a um tema diferente.

Para quem é indicado

A Paper Heart Box é voltada para quem gosta de usar materiais para desenhar, colorir, estudar ou mesmo organizar seus pertences com etiquetas.

O que os assinantes recebem

A cada mês, o assinante recebe de 7 a 10 produtos no plano básico e de 14 a 16 no premium.

Alguns exemplos de itens enviados são canetas, corretivos, cadernos, agendas, marca textos, pastas e pequenos adesivos.

Preço inicial

A assinatura do plano básico é de R$ 69,90 além do valor do frete.

19. Phosfato

O Phosfato é um exemplo de clube de assinatura diferentão, pois em vez de enviar um produto, a empresa imprime e entrega fotos enviadas pelos clientes.

Para quem é indicado

O clube é voltado para diversos perfis de clientes, que queiram ter suas fotos impressas para guardar.

O que os assinantes recebem

A cada mês, o cliente recebe entre 6 e 50 fotos impressas em papel de alta qualidade, dependendo do plano contratado.

Preço inicial

No plano anual, a assinatura mais básica custa R$ 25,90.

20. RDC Viagens

O RDC é mais um exemplo de clube de assinaturas com um formato diferente: o membro paga uma taxa por mês e viaja quando quiser!

São mais de 200 mil hotéis no mundo todo à disposição dos assinantes.

Para quem é indicado

Os consumidores da RDC são chefes de família que planejam programar uma viagem a cada ano.

O que os assinantes recebem

Conforme o plano escolhido, o membro utiliza para hospedagens, passagens aéreas, cruzeiros, pacotes ou produtos turísticos.

Preço inicial

O plano de sete diárias para até três pessoas custa R$ 268,90 por mês, além de uma taxa de adesão de R$ 880 que pode ser parcelada em quatro vezes.

Vantagens dos clubes de assinatura para clientes e empresas

O clube de assinatura vem se tornando uma tendência porque traz inúmeras vantagens, tanto para os clientes quanto para o empreendedor.

Confira as principais.

Vantagens para empreendedores

Não faltam benefícios para quem escolhe empreender com clubes de assinatura:

  • Fidelização de clientes por se tratar de um contrato com longevidade e grandes chances de renovação da assinatura, diferente de uma venda pontual
  • Melhora no relacionamento com o cliente graças à geração de valor contínua
  • Previsibilidade de receita por ser um recebimento de forma contínua
  • Taxas baixas de inadimplência (quando associado ao pagamento com cartão de crédito)
  • Otimização da gestão financeira em clube de assinatura graças às ferramentas de automação e processos padronizados
  • Maior potencial de escalabilidade devido à receita recorrente e padronização operacional
  • Gerenciamento de estoque facilitado por saber quais produtos os seus assinantes vão consumir
  • Controle de custos por saber o que e quanto vai vender, por períodos, e ter o pagamento antecipado.

Vantagens para consumidores

Para os consumidores, a comodidade e experiência dos clubes de assinatura são imbatíveis.

Confira as vantagens:

  • Conforto e comodidade de receber os produtos preferidos sem sair de casa, cada vez mais valorizados pelo consumidor
  • Exclusividade na experiência de compra e seleção dos produtos
  • Ótima relação custo-benefício
  • Entregas programadas para maior conveniência
  • Acesso a descontos, produtos e condições exclusivos.

O que não pode faltar no seu plano de negócio de clube de assinatura

É preciso traçar um cuidadoso planejamento antes de dar início ao seu clube de assinatura.

O planejamento do seu clube precisa começar muito antes do lançamento efetivo das caixas de assinatura.

Engana-se quem acha que só é preciso uma boa ideia, porque com um clube de assinaturas, existe toda uma logística para encantar um cliente.

Lembre-se que um clube não vende produtos e serviços: um clube de assinaturas vende experiências.

Dito isso, vamos entender quais pontos não podem faltar em um plano de negócio para clube de assinatura?

Um produto realmente recorrente

O primeiro ponto-chave de um bom plano de negócios para clubes de assinaturas é a ideia de produto, que deve ser coerente com esse modelo de negócio. 

Afinal, não adianta você tentar vender um produto ou um serviço que não tem aderência ao mercado de consumo recorrente.

Aqui na Vindi, nós acreditamos que um clube de assinaturas precisa ser escalável, e que os produtos e serviços oferecidos precisam ser consumidos com frequência pelo público-alvo. 

Além disso, tenha em mente que criar um novo hábito de consumo é muito difícil.

O ideal é que você já saiba que aquele clube é realmente recorrente e tenha certeza de que o produto tem demanda contínua no mercado.

Por exemplo: materiais de limpeza doméstica são extremamente recorrentes.

Criar um clube que entrega produtos criados a partir de ingredientes naturais, com menos química, no conforto da sua casa é uma solução recorrente.

Foi exatamente essa a ideia da YVY!

Hoje, esse clube é uma das referências no mercado em vários sentidos, mas a verdade é que eles viram no mercado uma grande oportunidade de venda em um produto que já tinha esse apelo.

Portanto, sua solução precisa fazer sentido para o seu público e ter um gatilho natural para estimular o comportamento de consumo.

Com isso em mãos, será muito mais fácil construir uma marca de sucesso.

Conhecimento do mercado

Conhecer seu TAM, SAM e SOM (total, disponível e endereçável) é o segundo ponto essencial do plano de negócios para montar um clube de assinatura. 

Basicamente, seu TAM é o tamanho total de potencial de mercado

Seu SAM é um grupo um pouco menor, mas mais qualificado deste público. 

E o SOM é o primeiro mercado que deve ser atacado.

Conhecimento sobre a concorrência

Analisar a concorrência é importante para visualizar qual deve ser o seu diferencial competitivo dentro do segmento. 

Quer abrir um clube de cerveja?

Bem, já existem alguns muito bacanas no mercado.

O que você pode oferecer mais do que eles?

Quer entregar caixinhas de cosméticos?

Também existem concorrentes fortes, então quais parcerias você pretende trazer?

Qual é o seu jeito de gerar valor e se destacar?

Além disso, também é possível identificar fraquezas na concorrência, fazendo uma análise mais detalhada.

Por isso, dê uma olhada no Reclame Aqui, nas redes sociais e descubra o que os clientes estão achando da solução.

Perfil de Cliente Ideal (ICP)

Seu Perfil de Cliente Ideal (ICP) está totalmente atrelado ao TAM, SAM e SOM

Por isso, ele vem logo depois do reconhecimento de mercado.

Basicamente, é a representação do melhor cliente possível para o seu negócio – aquele que valoriza seu produto, compra com frequência e tem potencial de se tornar um promotor da marca. 

Com um cenário macro bem estabelecido, é muito mais fácil encontrar seu ICP e estabelecer as personas que seriam potenciais clientes do seu clube de assinaturas.

Plano de marketing e vendas

Agora que você já passou pelos pontos anteriores, é hora de pensar em como vai se comunicar com o seu segmento e como pretende vender para esse público. 

  • Qual será seu modelo de vendas?
  • Como a oferta chegará até o público-alvo?
  • E se você estiver vendendo um serviço, terá um trial?
  • Uma opção gratuita, em um modelo freemium?
  • Você investirá em marketing de conteúdo?
  • Venderá pelas redes sociais?

Responder a essas e outras perguntas é fundamental para criar um plano de ação eficiente e que traga resultados para o seu negócio.

Principais desafios de um clube de assinatura

Se você está se perguntando “como montar um clube de assinatura de sucesso?”, saiba que a pergunta é muito ampla para ter uma resposta simples.

Os clubes de assinaturas são uma vantagem do ponto de vista de aquisição de cliente, controle de estoque e projeção do fluxo de caixa, porém os desafios são enormes – tão grandes como num e-commerce tradicional.

Veja o que você terá que superar.

Garantir a qualidade do produto e da entrega

Tem um produto de fato atraente?

Ainda assim, tem exclusividade sobre ele? 

São duas perguntas importantes para se fazer.

Esse é o ponto que faz a barreira de entrada de concorrentes aumentar.

O cliente de um site de assinatura de produtos exige qualidade nos produtos, marcas e fabricantes – pode acreditar nessa afirmação.

Como você vai conviver com ele por algum tempo, já que é um cliente recorrente, ele vai analisar mês a mês o nível de qualidade de cada entrega.

E vai exigir cada vez mais da experiência.

Por isso, é um grande desafio para donos de clubes de assinatura cativar mensalmente seus associados. 

Além disso, tenha a certeza do fornecimento rápido.

É muito comum alguns clubes estrearem bem e não terem capacidade de entrega dos primeiros kits, já que o poder de fornecimento dos produtos não é bom.

Na prática, o fornecedor não consegue atender à demanda ou o produto tem uma complicação de distribuição (como importação e demora na entrega) que impede que o clube venda mais.

Dentro dessa questão ainda tem embalagem, comunicação e logística, que são por si só, um grande desafio.

Quanto mais exclusivo for, mais flexibilidade de preço o clube pode ter.

Se você vende um produto que ninguém consegue acessar para fazer concorrência, é hora de cobrar quanto vale.

Lembre-se que a experiência é o item que mais conta nesse modelo de assinatura, então: venda a experiência.

O valor percebido por um assinante feliz é superior ao preço que ele paga, pode acreditar. 

E claro: não falhe na entrega.

Investir o suficiente em marketing

“Estreei e ninguém veio”. 

Normalmente esse é o sinal para recomeçar a estratégia do zero, desde criar um novo site até uma nova marca.

Se você conhece o ramo em que está atuando, conhece bem o público-alvo, tem um bom produto e ninguém veio, você deve estar errando na palavra mágica “marketing”.

Estamos falando do site, da marca, da estratégia comercial e da atitude do clube.

O site é apenas um detalhe para clubes de assinatura de sucesso, porém é o cartão de visitas.

A regra de atração do potencial assinante é: gostei do site, da ideia e do produto.

Ele precisa ter a confiança que no mês que vem a caixa vai chegar.

Não é regra que sites conceituais (design matador, inovadores e extremamente profissionais) dão mais certo.

Seja direto na mensagem: “esse é um site de assinatura” e logo em seguida conte das vantagens exclusivas de se obter esse serviço, fale de economia de preço, de conveniência e de comodidade.

Implementar a tecnologia necessária

Tenha uma equipe ou um sócio de TI – isso faz a diferença, pode acreditar.

A tecnologia (plataforma, sistema ou CRM) a ser escolhida é um detalhe crítico.

Além disso, o conhecimento na contratação de ferramentas SaaS, pode influenciar diretamente no sucesso do clube.

Ter o domínio da tecnologia (com um sócio CTO), então, é diferencial.

A escolha da melhor plataforma de gestão de assinatura faz muita empresa nascer e morrer na mesma velocidade.

Por isso é importante ter o conhecimento de que suas escolhas são, de fato, as melhores.

Se você não tiver um sócio técnico, vale a pena contratar uma empresa ou software acostumado a ter nas mãos um sistema full service para oferecer a projetos de assinatura.

A Betalabs, que é uma parceira da Vindi, integrando as soluções de recorrência que clubes de assinatura necessitam ter, oferece um serviço incrível de como ajudar a solucionar a questão tecnológica.

A Vindi e a Betalabs juntas, oferecem o melhor projeto de assinaturas para um clube.

Procure soluções que tenham as melhores integrações, tecnologia e flexibilidade na API de pagamento.

Isso é exatamente o que faz a Vindi ter os maiores cases de assinaturas do país.

Aumentar as vendas e crescer

Crescer de forma sustentável no mercado de clubes de assinatura é um desafio.

Os gastos de marketing aumentam, a infraestrutura precisa de maior atenção e o fornecedor precisa estar preparado.

Queremos chamar a atenção para um dos problemas mais críticos dos clubes de assinatura: crescer.

Pode parecer besteira, mas atingir 100, 200 ou 300 assinantes é apenas um sinal.

Não pense que esse “primeiro teste”, será a certeza de atingir 1 mil, 5 mil ou 20 mil assinantes.

Crescer a base de assinantes significa aumento do “churn rate”, necessidade de alta gestão e aumento dos desafios.

A mítica dos 300 assinantes

Parece um número cabalístico, mas chegar aos 300 assinantes e parar neles é uma grande coincidência para os clubes que estreiam.

A maioria dos clubes estreantes sofre para ultrapassar a marca de 300 assinantes, e quando conseguem, encontram a dificuldade de crescer além disso.

Não se engane achando que chegar a esse número é sinal de prosperidade.

Já vimos dezenas deles chegarem aos 300 e não crescerem mais.

O curioso é que muitos acham que investir em Ads (Google, Facebook), faz com que o crescimento venha automaticamente.

Ele virá, mas a saída de novos assinantes também acompanhará o crescimento, a famosa taxa de churn.

Faça diferente.

Faça como vários clubes de assinatura de sucesso e invista em curadoria.

A maioria dos clubes têm as mesmas ideias e práticas: montar o site, embalagem bonita, bom preço, bom produto e entrega programada.

Mas é basicamente isso que todos os clubes fazem.

Por que não fazer diferente?

Quando o clube começa a ter retorno?

Quantos assinantes são necessários para o break even?

São perguntas difíceis de responder. 

A dica final é: converse com as pessoas.

Tenha a humildade de pedir ajuda, e vá além: converse com seu concorrente.

Se vocês estão criando um novo segmento, nada melhor que desenvolverem juntos esse mercado. 

O Brasil é grande, cheio de oportunidades.

Costumamos comemorar junto com os nossos clientes quando eles atingem os 300 assinantes, mas também lembramos que eles estão apenas no começo.

Como criar um clube de assinatura em 8 passos

Se você tem interesse em criar um clube de assinatura, deve estar se perguntando por onde começar tudo isso, né? 

Fique tranquilo, vamos te explicar tudo com detalhes logo abaixo. 

Antes, recomendamos que você confira uma aula online gratuita com os melhores especialistas em Clube de Assinaturas do Brasil – Marcelo Ebert (CEO na YVY), Fábio Lewin (Sócio na Coco Legal) e Andrea Marqueto (nossa Executiva de Contas Enterprise).

É só clicar no vídeo abaixo:

1. Defina o produto que você irá trabalhar com recorrência

O primeiro passo para montar um clube de assinatura é definir o produto que você irá trabalhar.

Por exemplo, produtos pet, bijuterias, comidas gourmet entre outros.

O principal ponto é: tenha algo de valor para o seu potencial assinante. 

Faça uma pesquisa de mercado para saber as necessidades de cada público.

Com isso, fica mais fácil o desenvolvimento do produto e criação de planos.

Ótimos exemplos de negócios de clubes de assinatura que, ainda são poucos explorado no Brasil, são:

  • Produtos veganos
  • Mercadorias sustentáveis
  • Itens para gamers
  • Acessórios de carros
  • Roupas plus size.

Tente pensar também em públicos que consomem produtos exclusivos de seus nichos. 

Por exemplo, o mercado geek e o público LGBT, que são grandes consumidores.

Se possível, ofereça algo que ele não encontre com facilidade, como já citado anteriormente.

Antes de gastar em um site, estoque e divulgação, tenha certeza de que está fazendo o correto para não perder tempo e dinheiro.

O ideal é iniciar com cautela e ir devagar

Por isso, faça testes e pesquisas para avaliar a aceitação do seu produto no mercado e o potencial dele.

Com certeza, tendo essas preocupações, você dá o primeiro passo com maior segurança. 

2. Crie planos e preços

O valor a ser cobrado dos clientes depende muito do produto e da quantidade de assinantes do seu negócio. 

Não basta estimar um número qualquer e sair vendendo assinaturas, porque a precificação é um ponto decisivo para a saúde financeira do clube.

Para o cálculo de quanto cobrar pela assinatura, é importante computar os custos com logística, frete, marketing, produto, entre outros, encarando os custos como em um e-commerce tradicional.

Quando você conhece seu mercado de atuação, tem uma solução com aderência, identifica as personas e conhece os valores oferecidos pela concorrência, consegue precificar seu clube de forma mais assertiva.

Para isso, é muito importante seguir processos e não se antecipar em fases tão desafiadoras do negócio.

Além disso, você também precisa considerar que aumentar seu LTV (Lifetime Value) dará muito mais estabilidade ao seu clube.

E como fazer isso?

Com planos de longo prazo, que ofereçam vantagens aos assinantes!

Vamos dar um exemplo para ilustrar como pode ser a sua atuação:

  • A (Mensal): custo de R$ 49,90 que são cobrados automaticamente do cartão de crédito do assinante
  • B (Semestral): custo de R$ 269,90 (dando 10% de desconto à vista) ou R$ 45,90 por mês, durante 6 meses
  • C (Anual): custo de 508,90 (dando 15% de desconto à vista) ou R$ 43,90 por mês, durante 12 meses.

Lembre que as vantagens não precisam de uma ligação específica com a precificação dos planos.

Você pode oferecer mais serviços, como agregadores daquele plano, e muitas outras formas de retenção para aumentar o tempo de relacionamento daquele assinante.

Outra dica é oferecer poucos planos de início, pois fica mais fácil de administrar.

Tenha em mente que o assinante não quer ter dúvidas.

Então, crie planos simples e flexíveis

3. Tenha uma logística impecável

A logística é um ponto que merece muita atenção na hora de criar um clube de assinatura.

Seu produto é incrível, sua solução é diferenciada, mas sempre atrasa na hora da entrega?

Esqueça, esse cliente tem tudo para dar churn e desistir daquela assinatura.

Além disso, também é possível que esse cliente vire um detrator da marca, e o marketing negativo boca a boca é muito poderoso.

Por isso, uma logística ágil e eficiente é fundamental para quem quer ter sucesso no ramo de clubes de assinatura.

Mais precisamente, a transportadora, que será a responsável por levar os produtos até o seu cliente.

Antes, faça uma pesquisa com várias opções e negocie questões como:

  • Peso médio dos produtos
  • Medidas dos produtos
  • CEP de destino.

Essas são informações fundamentais para calcular o valor do frete.

Além de tudo, é preciso que seja uma empresa de confiança que garanta a entrega dentro do prazo estipulado (não crie nenhum tipo de ansiedade com a entrega do seu produto).

Porém, há também, clubes de assinaturas que fazem a entrega com a própria frota, principalmente quando estão iniciando no ramo. 

Conforme o negócio vai crescendo, é importante terceirizar este serviço para ter maior escalabilidade.

Aprenda também a calcular o frete e conheça os tipos de tarifas.

A logística é um ponto que merece muita atenção na hora de criar um clube de assinatura, assim como ter uma rede de bons parceiros.

4. Faça parcerias de sucesso

Ter parceiros dentro do seu clube de assinaturas é importante não só para oferecer vantagens e diferenciais aos assinantes, mas também para que você consiga crescer com escalabilidade.

Dessa forma, conte com uma plataforma que automatize seus recebíveis, ter um antifraude reconhecido no mercado dentro do seu site, uma plataforma para clubes de assinatura user friendly e uma transportadora ágil.

Não abra mão de contar com especialistas no seu segmento.

Você não precisa (e nem deve) internalizar todos os seus processos se quiser crescer rapidamente.

5. Apresente um MVP ao mercado

Parece que tudo está pronto para começar a vender, não é mesmo?

No entanto, também é importante que você consiga validar a sua solução antes de lançá-la completamente.

Por isso, crie uma caixa que representa totalmente a sua solução.

Aqui no blog da Vindi, já ensinamos como colocar um MVP (Minimum Viable Product, ou Produto Mínimo Viável) em prática.

6. Coloque um site em perfeito funcionamento no ar

Como já dissemos, seu site precisa ser user friendly.

Além disso, ele precisa rodar tanto no desktop quanto no mobile, ter todos os botões funcionando, uma estética unificada e uma experiência encantadora.

Quanto mais páginas e cliques seu cliente precisar dar para chegar até a assinatura efetivamente, mais chances tem de abandonar aquele carrinho.

Da mesma forma, seu site precisa ser totalmente seguro e ter uma página de checkout de pagamento transparente.

7. Fique de olho nas métricas

As métricas para clubes de assinaturas vão te ajudar a visualizar se as estratégias estão dando certo, quais times precisam de mais atenção, como você está crescendo e o que pode melhorar.

Nós temos um e-book completo para te ajudar a conhecer e calcular essas métricas. 

Faça o download gratuito agora mesmo!

8. Adquira uma plataforma de pagamento recorrente 

Ter uma plataforma para receber o pagamento recorrente ou até um gateway é de extrema importância.

Isso contribui muito para a organização e, consequentemente, a saúde financeira do seu negócio. 

Então, se você busca por algo eficiente, aí vai uma grande dica: a plataforma da Vindi.

Com a Vindi, é possível gerenciar pagamentos, fazer a gestão de clientes e enviar notificações com uma régua de cobrança usando e-mail e SMS. 

Além disso, a solução possui um gateway independente, API de fácil integração, multiadquirência e muito mais.

Leia sobre as funcionalidades da plataforma Vindi no nosso blog.

Preparamos um Roadmap com todas essas informações para você salvar e colocar em prática:

Clube de Assinatura: roadmap com 8 passos para criar o seu. Esquema visual em azul marinho e laranja que exemplifica os 8 passos citados no blogpost.

As melhores plataformas para clube de assinatura

Quando pensamos em como criar um clube de assinaturas, o primeiro passo é criar uma verdadeira experiência de consumo.

Esse é o pontapé inicial, que vai direcionar todas as outras decisões estratégicas do seu clube.

Depois, é hora de pensar na integração da plataforma para clube de assinaturas e todos os outros recursos e ferramentas dele.

Por isso, na hora de escolher qual plataforma usar para clube de assinatura, o ideal é pensar no que melhor se encaixa no seu nicho e no momento do seu negócio.

Betalabs

Ágil, descomplicada e na nuvem, a plataforma foi eleita em 2013 como o melhor sistema de gestão pela Folha de S. Paulo.

Além disso, hoje conta com alguns dos clubes de assinatura mais legais do país, como a YvY, a Tag Livros, a Faber Castell, entre outros.

A Betalabs foi desenvolvida por alunos da FGV em 2010, com o intuito de otimizar e tornar menos burocráticas as vendas online para pequenas e médias empresas.

A ideia deu tão certo que hoje conta com empresas de todos os tamanhos.

Da mesma forma, a plataforma dispensa integrações com outras ferramentas, tornando o fluxo mais rápido e trazendo vantagem competitiva aos clubes.

Os clientes reduzem gastos com equipes e prestadores de serviços de TI, além de ter um ótimo ERP e um layout bem amigável.

VTEX

Líder para grandes negócios online no país, a plataforma da VTEX é uma das que a gente indica, principalmente para grandes cases de produtos por assinatura.

Ela possui uma grande capacidade de modularização de funcionalidades como venda omnichannel, integração com uma grande variedade de ERPs e um dos times mais importantes do e-commerce no país.

Atualmente, a plataforma da VTEX atua em 24 países atendendo mais de 2 mil lojas.

Cases como Boticário, Época Cosméticos e outras empresas usam a plataforma em seus e-commerces.

Agile Commerce

A Agile Commerce foi desenvolvida pela JN2, empresa pioneira em Magento no Brasil, e é baseada na plataforma de código aberto Magento, umas das mais flexíveis e escaláveis do mercado e-commerce.

Além disso, a Agile oferece acompanhamento contínuo ao e-commerce e tem soluções de treinamento, suporte, manutenção, hospedagem, otimização de vendas e evolução da plataforma.

Entre as vantagens de contratar a Agile, vemos a velocidade de implementação, significativa redução de custos, suporte e atualização constantes da plataforma, além de mais de 60 módulos pré-instalados.

A JN2 conta também com uma área de sucesso do cliente extremamente ativa para ajudar seus clientes a encontrar melhores resultados.

Linx Commerce

Com um bom histórico de atuação no mercado brasileiro de e-commerce, atualmente a Linx Commerce atende mais de 50 mil empresas.

A proposta da Linx é fornecer uma solução completa para a venda digital, desde a plataforma até serviços adicionais que são indispensáveis para obter sucesso e crescimento sustentável no mercado.

Uma das estratégias utilizadas para otimizar a etapa de implementação é o atendimento feito por agências

Desse modo, o cliente ganha agilidade nesse processo, além de ter uma equipe de desenvolvedores robusta que sempre inclui novas funcionalidades.

Signashop

Desenvolvida pela Signativa, empresa com mais de 10 anos de experiência em Magento, a Signashop é a plataforma mais Open-SaaS do mercado brasileiro.

Da mesma forma, ela oferece o desenvolvimento baseado também em Magento, aproveitando toda flexibilidade e escalabilidade fornecida pelo modelo.

A Partir do Plano Signashop Master, você tem diversas funcionalidades disponíveis para vender assinaturas.

Rits SignUp

Criada pela Rits, empresa focada em produtos digitais e com mais de uma década de atuação no mercado, a SignUp é uma plataforma white label para desenvolvimento de assinaturas digitais.

Aberta para integrações com outros sistemas, a SignUp permite novas personalizações e funcionalidades de acordo com a necessidade do negócio do cliente.

Além disso, a equipe SignUp entende do negócio para oferecer soluções e consultoria em todas as fases de implantação do sistema de assinaturas.

Vindi

Na Vindi, nós oferecemos uma solução completa para gerenciar pagamentos e administrar os recebíveis do seu negócio.

Com o gateway de pagamento independente mais robusto do mercado, certificação máxima de segurança PCI Compliance e uma equipe de suporte especializada em ajudar empresas a crescerem, fazemos parte da história de milhares de negócios pelo Brasil afora.

Além disso, nós temos integração completa da nossa solução com uma plataforma para clube de assinaturas.

Com a nossa plataforma, você consegue automatizar, ao mesmo tempo, o processo de pagamentos do seu e-commerce e do clube de assinaturas.

Além disso, é possível criar vários planos, acessar seu histórico de clientes, oferecer várias formas de pagamentos e contar com uma API flexível e que se integra com todas as suas necessidades.

Se um cliente não pagar um boleto no seu clube ou trocar de cartão de crédito, a plataforma Vindi te dá suporte para combater a inadimplência.

Isso porque nós também temos funcionalidades que são fundamentais para cobrar por e-mail, SMS, renovar automaticamente os dados de cartão de crédito e muito mais!

Tudo para permitir que você automatize as suas assinaturas com segurança e praticidade.

Esperamos que este guia tenha ajudado você a dar os primeiros passos para entrar no mundo dos clubes de assinatura.

Para facilitar sua jornada e aumentar suas chances de sucesso, conte com a solução completa de pagamentos da Vindi.

Solução de Pagamentos Completa

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar.
Aceitar consulte Mais informação Aceitar Leia mais

Política de privacidade e cookies