Inadimplência atinge taxa de 5,89% e bate recorde histórico

Segundo dados divulgados pelo <!–c505218304b50c59c3659f6dda43bae7-links-0–>na quarta-feira (26/10), a taxa de inadimplência de pessoas física e jurídica cresceu em setembro na comparação com agosto, quando a taxa foi de 5,87% contra 5,89% em setembro. Com esses números, o índice bateu recorde de crescimento desde que a série histórica do Banco Central foi iniciada, em março de 2011.

O número de inadimplência entre pessoas físicas subiu de 6,21% em agosto para 6,23% em setembro. Isoladamente, essa taxa não representa um recorde histórico. Já entre as empresas, a taxa foi de 5,5% em agosto para 5,52% em setembro.

Esses números são resultado do cenário de recessão que o brasileiro vive. Em agosto deste ano, a Pesquisa Nacional do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) apontou que 46,5% dos inadimplentes não teriam condições de pagar as dívidas pelos próximos três meses.

Entre os motivos da inadimplência, segundo o estudo “Perfil de Inadimplente”, estão: endividamento (24,4%), queda na renda (20,4%) e desemprego (16,4). A taxa de desocupação (desempregados) atingiu o índice de 11,8% no segundo trimestre do ano, terminado em agosto, de acordo com o IBGE. De junho a agosto de 2016, o número de desempregados somava 12 milhões, o que representa um aumento 36,6% quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

Ainda de acordo com o estudo, dos entrevistados, um em cada cinco teriam intenções de pagar as dívidas nos próximos 90 dias. Sem receber, consequentemente as empresas sofrem com a falta de pagamento dos clientes e entram na “dança da inadimplência”.

Na tentativa de colaborar com nossos clientes a driblar a inadimplência, a Vindi desenvolveu recentemente uma ferramenta que ajuda na redução na taxa. Leia aqui

vindi-banner

Jornalista que passou por redações de entretenimento, varejo e economia, mas acabou se apaixonando por marketing digital e hoje atua em suas principais vertentes.

Você vai gostar também

Coisas Realmente Complicadas – Sair do grupo... Cobrança recorrente não deve ser uma coisa complicada. Agora, sair de um grupo de WhatsApp da família...isso sim é uma coisa complicada. https://yo...
Quem são os profissionais que a Vindi quer? Na Vindi, não temos espaço para pessoas que só olham o seu quadrado. É preciso ter um interesse genuíno no processo como um todo - aqui temos uma caus...
Looke, o serviço de streaming, é do Brasil. Muitas pessoas já não utilizam sequer os serviços de TV a cabo e preferem o streaming pela variedade de opções e pela possibilidade de assistir soment...
Cliente Case: Academia Esporte Concentração A Academia Esporte Concentração é o que podemos chamar de "um exemplo de gestão" e já é uma das academias que lidera a mudança do mercado fitness no B...