Um e-book sobre inadimplência pode mudar o destino da sua empresa neste ano de crise e incertezas no mercado.

Neste caso em específico, trata-se de um material elaborado pela Vindi que traz o panorama da inadimplência no país, os impactos desse cenário nos negócios e dicas valiosas para prevenir e combater o problema.

Afinal, todo empreendedor deve estar preparado para lidar com atrasos e não pagamentos nos próximos meses se quiser superar esse momento complicado.

Foi pensando nisso que preparamos este e-book completo sobre inadimplência com tudo o que você precisa saber para garantir pagamentos em dia na sua empresa.

Continue lendo e baixe o material exclusivo.

A inadimplência em 2022

A inadimplência vem crescendo gradualmente nos últimos anos e batendo recorde atrás de recorde no país.

Segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), publicada na CNN, 77,5% das famílias brasileiras estão endividadas.

O principal tipo de dívida é a de cartão de crédito, seguida pelos gastos com carnês, com 18,7%, e pelo financiamento de carro, que ocupa o orçamento de 11,2% dos entrevistados.

Já o Mapa da inadimplência e renegociação de dívidas no Brasil, publicado pelo Serasa, mostra que o país tem 65 milhões de inadimplentes e mais de R$ 263 bilhões em dívidas acumuladas.

Esses números deixam claro que o índice de não pagamento é bastante alto e tende a aumentar ainda mais daqui para frente.

Por isso, é fundamental que os empreendedores fiquem de olho na evolução desse indicador no país e tomem medidas preventivas para lidar com uma possível crise de inadimplência em 2022.

Para ajudar você a acompanhar esse cenário, preparamos um e-book completo sobre inadimplência, meios de prevenção e formas de combater o problema.

Por que o ano promete ser de alta inadimplência no Brasil?

É esperado que 2022 seja um ano de alta inadimplência devido a três principais fatores:

  • Juros altos
  • Inflação alta
  • Aumento do desemprego.

Com essas tendências na economia, o resultado é a perda de poder de compra do consumidor e a dificuldade no acesso ao crédito.

Consequentemente, a inadimplência deve aumentar em todo o país.

E quem tende a sofrer mais com essa alta é o varejo, uma vez que a população terá que priorizar gastos essenciais como alimentação e aluguel.

Além disso, as empresas também podem se endividar mais nesse cenário e terem dificuldades para negociar com credores e bancos.

No e-book, exploramos mais a fundo o panorama econômico e explicamos por que você deve se preocupar com as perspectivas da inadimplência.

O que fazer para prevenir a inadimplência?

Existem várias ações que as empresas podem tomar para prevenir a inadimplência e evitar que essa tendência afete gravemente os negócios.

Para começar, é preciso ter uma política de crédito eficiente e conhecer o perfil dos clientes.

Na hora de fazer a cobrança, vale utilizar meios de pagamento que ajudem a reduzir a inadimplência, automatizar processos e manter contato frequente com os clientes.

Saiba como o PIX pode te ajudar com a recuperação de inadimplência:

Além disso, as empresas também precisam se programar para facilitar o pagamento dos clientes, enviar faturas e boletos com antecedência, entre outras ações que reduzem o risco de não cumprimento das obrigações dos consumidores.

Listamos todas essas estratégias no e-book exclusivo para ajudar você a se organizar.

Qual a relação entre meios de pagamento e inadimplência?

Alguns meios de pagamento são mais vulneráveis à inadimplência do que outros.

Os pagamentos em dinheiro ou via transferência bancária, por exemplo, apresentam um risco maior, uma vez que a quitação do débito na data correta depende 100% da iniciativa do consumidor.

Já o boleto bancário e os carnês são um pouco mais seguros, pois podem ser protestados em cartório em caso de não pagamento.

Ainda assim, o consumidor pode optar por não pagá-los.

Logo, os meios mais seguros do ponto de vista do risco de inadimplência são os cartões de crédito e débito, já que a efetivação do pagamento não depende de uma ação do consumidor.

Mais uma vez, vale a pena ler o ebook completo para entender as vantagens e desvantagens de cada meio de pagamento e escolher o melhor para o seu negócio.

Saiba como a inadimplência afeta negócios recorrentes, e-commerce e o varejo físico

Por causa de seu modelo comercial diferenciado, os negócios recorrentes estão entre os mais afetados pela inadimplência.

Afinal, a ausência de pagamento de planos e assinaturas acaba com a receita previsível da empresa e dificulta sua gestão financeira.

No e-commerce e no varejo, as consequências são semelhantes: queda no faturamento, queda nas vendas e dificuldades financeiras.

No varejo, ainda há o agravante do crediário, que hoje é uma das principais estratégias para atrair clientes.

No e-book sobre inadimplência, você entenderá melhor os impactos em cada setor e saberá como lidar com eles.

18 dicas e estratégias para prevenir e combater a inadimplência na sua empresa

Criar um processo de cobrança eficiente, usar os meios de pagamento certos, automatizar uma régua de cobrança: são diversas as estratégias que você pode usar para prevenir e combater a inadimplência na sua empresa.

O importante é que você solucione o problema desde a raiz, pensando na forma como seus clientes são cobrados e buscando maneiras de garantir a adimplência desde o recebimento do boleto ou lançamento na fatura.

Em nosso ebook, mostraremos as melhores estratégias para alcançar esse objetivo — e você não pode perder as dicas que agilizam os pagamentos!

E então, será que você está pronto para a crise de inadimplência em 2022?

Baixe agora nosso ebook e tenha a base necessária para superar mais esse desafio no seu negócio.Ebook Inadimplência: não deixe a inadimplência atrapalhar o seu negócio

Rate this post

Write A Comment