Receba no seu e-mail as principais matérias publicadas no Blog Vindi

A inadimplência é um dos principais desafios enfrentados por empresas que oferecem aos seus clientes formas diferenciadas de pagamento. O controle da inadimplência é uma condição essencial para que o controle financeiro da empresa seja realizado com eficácia, evitando que seu fluxo de caixa seja comprometido. A situação econômica atual do país afeta diretamente o poder de compra dos consumidores, e a capacidade de pagar suas dívidas. Assim, é importante que sejam adotadas práticas de gestão que otimizem os processos de cobrança, e que o empreendedor esteja atento e se utilize de artifícios para fazer com que os clientes quitem sua dívida. Acompanhe, então, as seguintes dicas para o controle de inadimplências em sua empresa.

1. Controle de inadimplência

É essencial que a empresa realize um controle das vendas ou serviços prestados, de forma que seja possível uma análise do histórico dos clientes e a identificação daqueles que oferecem mais risco de inadimplência. O controle contínuo dos devedores permite uma redução das perdas, possibilitando prever um conjunto de ações a serem implementadas quando se verifica um atraso. Para clientes com histórico problemático, consultar o CPF ou CNPJ em órgãos como SPC e Serasa pode ser uma forma de proteger sua empresa de possíveis inadimplências.

2. Planejamento da sazonalidade

O controle de inadimplência através de planilhas pode indicar para a empresa as épocas do ano em que os clientes estão com as contas mais apertadas. Os três primeiros meses do ano costumam apresentar os maiores índices de inadimplência, de forma que os empreendedores devem estar atentos às ofertas de crédito facilitado nesta época. As planilhas de controle também contribuem para indicar os meses em que a empresa teve mais dificuldade em receber pelos serviços prestados, facilitando o planejamento financeiro e evitando surpresas.

3. Transparência

Quando é feita a negociação, é importante que a empresa deixe claro para o cliente as condições de negociação, ou seja, o valor total cobrado pelo produto ou serviço, as formas de pagamento, os prazos, e as consequências caso estes não sejam cumpridos, como multas, juros, ou até mesmo a interrupção dos serviços. O empreendedor deve estar atento às planilhas de controle e procurar entrar em contato de forma amigável com o cliente, lembrando-o dos prazos para a realização do pagamento.

3. Plano de ação

As empresas conseguem melhor ressarcimento das quantias devidas quando já apresentam uma espécie de manual para a cobrança e agem rapidamente frente às inadimplências. Quando uma dívida for diagnosticada, a empresa deve entrar em contato com o cliente para questionar o motivo do atraso e negociar uma nova data para o vencimento. O processo de cobrança da dívida deve ser documentado, ou seja, é importante que as informações acordadas com o cliente sejam formalizadas por e-mail ou fax, indicando um responsável com o qual foi feito o contato, e um novo prazo para o pagamento. A empresa deve procurar aplicar um novo plano de liquidação da dívida, ponderando quanto à aplicação de juros.

4. Plataformas profissionais

Existem empresas que oferecem plataformas ideais para lidar com o pagamento de clientes. Esses sistemas abrangem todo o processo até a efetuação do pagamento por parte do cliente, e possibilitam que o empreendedor tenha acesso a relatórios e levantamentos de inadimplentes, facilitando o acompanhamento do pagamento. Tais plataformas também possibilitam a utilização de diferentes formas de pagamento, contribuindo para que sejam realizados dentro dos prazos.

Quer ver como a Vindi ajuda empresas a controlar inadimplência? Clique aqui.

A inadimplência é um problema comum, sofrido por diversas organizações no mundo. De forma geral, é importante que as empresas estejam preparadas para lidar com as implicações financeiras dos atrasos de pagamento, e para chegar a soluções junto ao cliente.

A Vindi oferece uma plataforma de controle de inadimplência através de um poderoso sistema de notificações e inteligência nos métodos de pagamento. Confira em nosso site os recursos disponíveis!

economia da recorrencia

Você vai gostar também

9% de inadimplência no cartão de crédito Quer mais? A inadimplência aumentou 6% em 2014. São dados do Serasa. Alta do dólar, crise na Petrobrás e o índice de inadimplência subindo esse ano, p...
Como driblar a inadimplência nas escolas em um min... Problemas para cobrar? Pois entenda como driblar a inadimplência nas escolas em um minuto. Entre 2015 e 2016 houve um aumento de 8,5% e 8,8% na ina...
Desconto de pontualidade em boletos bancários Em negócios recorrentes, onde existe uma flexibilidade de venda de planos e modelos de cobrança diferentes, um dos maiores desafios para gestão de rec...
Instituições de ensino superior vivem pior crise e... Uma matéria do Jornal Hoje, publicada no começo de julho, destacou o grande aumento da evasão de alunos que as instituições de ensino superior vêm sof...
Author

A Equipe de redação Vindi é formada pela área de sucesso do cliente, marketing, financeira e vendas. Todo mundo contribui para que você fique informado sobre tudo em assinaturas, pagamento on-line e Saas.