Como melhorar seu controle financeiro empresarial

O controle financeiro empresarial é indispensável para que sua empresa mantenha-se ativa no mercado, além de garantir equilíbrio do caixa para evitar contratempos. Mas, para isso, é preciso ter uma boa gestão financeira, com uma série de procedimentos administrativos que vão desde o planejamento de estratégias básicas de negócio até o controle das atividades.

Na hora de elaborar o seu plano de ações, algumas medidas estratégicas são fundamentais. Pensando nisso, selecionamos oito dicas ideais para melhorar seu controle financeiro empresarial. Confira!

1 – Planejamento financeiro

Elaborar um planejamento é o melhor caminho para se ter total controle financeiro da sua empresa. Planilhas de gastos são indispensáveis para que você consiga programar quais serão os fluxos de caixa de um determinado período. Além disso, defina metas objetivas, claras e, acima de tudo, possíveis. Podem ser mensais, bimestrais, trimestrais ou semestrais. Entretanto, seu planejamento deve ser anual, incluindo todas as atividades realizadas.

2 – Projeções

Ter um controle financeiro empresarial eficiente exige esforço. Para isso, recomendamos que você faça projeções sobre possíveis cenários para alinhar os gastos com a receita da empresa. Para isso, é preciso antecipar todo o ciclo operacional até o recebimento de um produto ou serviço. Defina o valor das despesas geradas em cada etapa, como: compra, estocagem, produção, venda e recebimento.

Além disso, é importante ficar de olho em estoques muito cheios, pois significa que seu dinheiro está parado. Já estoques vazios são prejudiciais para o andamento do negócio. Busque armazenar apenas o volume correto para o fluxo da sua empresa.

Outra dica importante dentro de suas projeções é evitar recorrer a empréstimos, esta pode se tornar uma péssima escolha ― assim como confundir o caixa da pessoa física com o caixa da pessoa jurídica.

3 – Prazos

Fornecedores devem ser vistos como grandes aliados do seu negócio. Logo, para evitar contratempos e o acúmulo de juros, negocie uma alteração nos prazos para pagamentos caso necessário. Isso permitirá que você tenha um bom controle financeiro empresarial.

4 – Organização

Uma vez que o planejamento estiver pronto, separe cada função ou atividade da sua empresa por áreas. Assim você pode criar métricas para avaliar o desempenho de cada área, como:

Controle de caixa – para registrar a origem e destino de todo o dinheiro movimentado pela sua empresa.

Controle de bancos – para monitorar o fluxo de caixa.

Controle de contas a receber – para ter controle sobre:

  • Valores a receber;
  • Contas vencidas ou para vencer;
  • Clientes inadimplentes ou com pagamentos atrasados;
  • Programação de cobranças.

Controle de contas a pagar, permite que você se mantenha informado a respeito de:

  • Vencimentos;
  • Prioridades de pagamento;
  • Valores a pagar.

Fluxo de caixa, com projeção de entradas e saídas de recursos financeiros.

Com essas medidas, é possível prever suas necessidades e ter um panorama mais concreto sobre os lucros gerados (que permite traçar novas estratégias ou ampliar as atividades) ou prejuízos (que permite saber o que precisa ser melhorado e como fazê-lo).

5 – Controle de gastos

Para ter um controle de gastos impecável, nada pode ser deixado de fora. Do cafézinho da tarde até uma passagem aérea, tudo deve ser registrado. É preciso manter controle total tanto de gastos fixos quanto variáveis (ou de emergência), para poder fazer uma análise diária do fluxo de caixa.

Uma das melhores maneiras de evitar gastos desnecessários, como juros e multas, é pagar sempre suas despesas na data prevista. Para isso, é fundamental que o fluxo de caixa de sua empresa esteja sempre atualizado, assim você evita atrasos.

6 – Pagamentos com desconto

Verifique se há contas que oferecem descontos para quem realizar os pagamentos antes da data de vencimento. Além de antecipar uma despesa e gerar economia de recursos, você poderá conquistar crédito e construir uma boa imagem junto de seus fornecedores.

7 – Planilhas

Utilizar planilhas para realizar o controle financeiro da sua empresa é uma ótima medida. Pois, além de ser uma ferramenta acessível, você pode criar diversos modelos para cada tipo de atividade, como controle financeiro, fluxo de caixa, gastos diários, controle de estoque, despesas gerais, vendas, etc.

Ao organizar suas tarefas por planilhas, você ainda tem a vantagem de poder acessá-las em qualquer tipo de dispositivo (smartphone, tablet, etc) e sem a necessidade de estar conectado à internet.

E o melhor de tudo: ao contar com as planilhas, você economiza tempo e dinheiro.

8 – Automatizar o financeiro

Existem diversos softwares capazes de automatizar processos, como pagamentos de mensalidades, emissão de notas fiscais e boletos. Ter um planejamento estratégico é essencial para definir metas e os principais meios (e recursos) a serem utilizados para alcançá-las. Além disso, você terá benefícios como:

  • Controle total do fluxo de caixa;
  • Automação de processos;
  • Otimização de tempo;
  • Redução de inadimplência;
  • Projeções mais assertivas.

Abaixo, selecionamos duas ferramentas que vão ajudar você a emitir e gerar notas e boletos:

Aceita Fácil

O Aceita Fácil é a principal e mais completa solução de emissão e gestão de boletos do mercado, com controle de movimentação, processamento automatizado e reemissão, tudo em ambiente seguro e unificado. Com essa ferramenta, você acompanha todas as etapas da cobrança, sem esforços, com um sistema automatizado que identifica os pagamentos e exibe de forma prática e intuitiva. Além disso, o Aceita Fácil está 100% dentro da nova regulamentação do BACEN.

Fast Notas

O Fast Notas possui um sistema único, pensado de desenvolvedor para desenvolvedor, com API (REST) totalmente flexível e de fácil integração aos ERP’s existentes no mercado e a qualquer sistema desenvolvido pelo próprio cliente. Além disso, o Fast Notas oferece uma interface única que permite a emissão de notas fiscais online de forma automatizada para potencializar seu tempo.

E aí, o que você achou deste artigo? Compartilhe com a gente como você faz o seu controle financeiro empresarial!

Jornalista, escritor e redator publicitário. Atua com produção de conteúdo, inbound marketing e desenvolvimento de estratégias de SEO.

Você vai gostar também

10 respostas que seu financeiro precisa ter (na po... Fluxo de Caixa é o instrumento utilizado para controlar os movimentos financeiros (Receitas e Despesas de um determinado espaço de tempo), sendo objet...
Dicas práticas para fazer um bom controle financei... Qual a real situação financeira da minha empresa? Esse é o tipo de questionamento que todo empreendedor, empresário, dono do negócio - independente da...
7 Erros que podem estar matando seu financeiro A organização do departamento financeiro é um dos pilares fundamentais para o bom funcionamento de uma empresa. A falta de cuidado nesse setor pode co...
Controle financeiro: 8 passos para você começar a ... Otimizar o controle financeiro de um negócio exige organização e muita disciplina. Por isso, é importante estar atento aos números do seu negócio para...