ROI: como calcular o retorno sobre investimento?

Ter uma empresa e não calcular o ROI (Retorno Sobre Investimento) é como jogar, literalmente, dinheiro pelo ralo. Todos os esforços de venda, marketing, eventos e demais áreas de uma empresa devem ser medidos para que a empresa saiba onde, como e por que está investindo em algo.

Da pequena à grande empresa, todas devem ter em mente que o cálculo do ROI é inevitável. Exemplo disso é a gigante do fast food que há um tempo trocou de agência de publicidade porque ela era focada em resultados. Ou seja, o MC Donalds só pagaria mediante a apresentação dos resultados obtidos.

A pequena empresa (agência) ganhou a conta porque focava e entregava baseada no retorno por investimento e a gigante (Mc Donalds) ganharia porque pagaria apenas por resultados. E esse é o cenário dos negócios que se voltam para o ROI.

Tá, mas…

O que é ROI?

ROI (Return on Investiment ou Retorno Sobre Investimento) é considerada uma das principais métricas para medir os resultados dos investimentos de uma organização. As empresas aplicam esse método para entender e mapear em quais projetos vale a pena apostar.

O ROI pode ser usado em todos os projetos de uma empresa: ações de marketing, aquisição de novas ferramentas, aumento da estrutura física da empresa, etc. A ideia principal do cálculo do retorno sobre investimento é ajudar as organizações a mensurar o que faturam e o que investem para saber se estão perdendo ou, de fato, ganhando com as mudanças e projetos que aplicam dentro do negócio.

Desse modo, fica mais fácil tomar a decisão de manter os projetos ou planejar novas estratégias para otimizar os negócios e trazer número positivos.

Como calcular ROI?

Para calcular o Retorno sobre Investimento é simples. Você só precisa pegar o ganho obtido, subtrair pelo investimento e dividir o resultado, também, pelo investimento inicial. Vamos ver um exemplo para ficar mais claro:

ROI = (ganho obtido – valor do investimento inicial) / valor do investimento inicial

Vamos supor que você tenha feito o investimento para captar leads em um evento sobre seu segmento e isso tenha custado R$ 3 mil. Nesse evento você conquistou clientes que geraram um lucro de R$ 15 mil para a empresa. Neste caso, a “fórmula” seria:

ROI = (15.000 – 3.000) / 3.000

ROI = 4

O valor do seu ROI é 4. O que significa que seu ganho foi quatro vezes maior que o seu investimento nesse evento.

Algumas pessoas preferem ver esse resultado em percentual porque o ROI não possui unidade de medida. Para isso, é só multiplicar o valor obtido na conta final do ROI por 100.

Logo, fica assim:

Porcentagem = ROI x 100

Porcentagem = 4×100

400%

A sua receita foi 400% maior que o investimento nessa ação. A partir desses resultados você consegue analisar se vale a pena continuar apostando nesse ou não nesse modelo de promoção.

Diferente de outras métricas, não existe um percentual exato que te ajuda a identificar se os seus resultados estão acima ou abaixo do que é esperado pelo segmento. Os resultados variam de -100% ao infinito. Usualmente um resultado positivo já é bem visto porque já justifica o investimento.

É importante ressaltar que, no valor do investimento inicial, deve-se aplicar todos os tipos de gastos, até os mais aparentemente insignificantes.

Por que é importante calcular o ROI?

Parâmetros. Essa é a melhor palavra para explicar por que calcular o retorno sobre investimento é tão importante. Por meio dele, você consegue parametrizar os seus resultados e melhorar ou otimizar ainda mais sua gestão de projetos. E por ser uma métrica que abrange todas as áreas da empresa, ela é a melhor opção para isso.

Através dela você consegue:

  • Mapear quais são as principais fontes de obtenção de resultados positivos;
  • Mensurar o tempo de retorno dos investimentos, já que cada projeto tem uma curva própria de cada um;
  • Traçar melhores metas e planejamentos para cada ação baseados em resultados obtidos;
  • Otimizar o retorno dos lucros;
  • Identificar, no caso de ações de marketing, os canais mais efetivos para investir.

Quais são as principais vantagens de calcular o ROI?

Resultados financeiros

A proposta de calcular o retorno sobre investimento é saber o valor real dos projetos e ações dentro da empresa. Com essa métrica, você consegue comprovar se o projeto é viável. Se não for, você reduz custos porque deixa de investir desnecessariamente em canais que não funcionam para o seu negócio.

Contudo, é importante ressaltar que algumas ações não vão gerar lucro financeiro, mas valores intangíveis à empresa. Exemplo disso são as ações de marketing usadas para fortalecer ou promover a marca.

Investimentos mais assertivos

Como consequência do tópico anterior, analisando o que não traz resultados te faz enxergar também em quais ações investir. Você pode traçar novas estratégias para os canais que dão resultado e otimizar ainda mais seu negócio para conquistar mais clientes e, consequentemente, faturar mais.

Outra possibilidade é priorizar as ações. Às vezes sua equipe tem uma série de ideias muito boas e planejamentos focados em ajudar a empresa, mas como priorizar e fazer uma boa gestão dessas sugestões? Usando o ROI, claro. É a chance de você ser mais assertivo nas escolhas.

O ROI, como comentei no início deste post, vai servir para garantir que as empresas não gastem desnecessariamente com ações que não vão gerar resultados positivos. É claro que, de início, isso pode acontecer. Mas, aplicando essa métrica fica mais fácil identificar as soluções para resolução desse problema. Por isso, aplique-a!

Afinal, parafraseando o titulo do Meio & Mensagem, empresas sem ROI podem morrer: junte-se ou adapte-se.

 

Jornalista que passou por redações de entretenimento, varejo e economia, mas acabou se apaixonando por marketing digital e hoje atua em suas principais vertentes.