O termo MRR tem origem inglesa e significa Monthly Recurring Revenue. Em português, podemos fazer uma tradução para Receita Recorrente Mensal. Essa é uma métrica usada por muitas empresas, de diversos segmentos, principalmente para SaaS (Software as Service). Essa métrica, por exemplo, é o que deixa a criação de um SaaS tão atraente! 

Em resumo, para ter esse número, é feito um cálculo a partir das mensalidades que as empresas recebem dos clientes pela prestação dos serviços de assinaturas.

Neste artigo, você irá aprender tudo sobre:


Como está o mercado Saas no Brasil?

O número de empresas que trabalham com SaaS, softwares como serviço, tem se expandido. Principalmente, quando se trata da implantação de um software dentro de outras empresas. Por isso, monitorar os resultados obtidos por meio de métricas se faz cada vez mais necessário.

Quem quer empreender usando uma plataforma SaaS precisa saber que as métricas que medem o desempenho do negócio são grandes aliadas quando bem aplicadas. Mas, para isso, é necessário conhecê-las, de fato, para que possam contribuir para o seu negócio.

Por isso, separamos as dúvidas mais comuns sobre MRR. Acompanhe até o final e saiba tudo sobre essa métrica para o seu negócio. 

O que é MRR?

O MRR é uma métrica utilizada por empresas que atuam com assinatura recorrente para calcular a previsão de ganho mensal. Quando bem feito, o controle dessa métrica também ajuda a avaliar o crescimento de MRR medindo a entrada, renovação e cancelamento de inscrições/planos.

O MRR é considerado um dos índices mais importantes de um negócio que tem a subscrição como modelo. Pois, auxilia no fornecimento de informações que possibilitam análises de crescimento e ganhos futuros da empresa.

Ele “une” as áreas financeira e gestão estratégica. Por isso, possibilita a identificação de setores da empresa que precisam de recursos para otimizar as vendas.

Aproveite e baixe o nosso e-book exclusivo sobre métricas SaaS e assinaturas!E-book sobre métricas SaaS e assinaturas.

Como calcular o MRR (Receita Mensal Recorrente)?

O MRR é uma métrica essencial para trazer uma receita previsível, mensalmente, para as empresas. Quando calculado de forma correta, é possível analisar os ganhos do seu negócio.

Mas, mesmo sendo um KPI feito através de cálculos e envolvendo dinheiro, não é uma questão apenas do departamento financeiro das empresas. É preciso agir e se unir com áreas estratégicas, conforme falado no tópico anterior. Existem duas formas de efetuar o cálculo do MRR, veja abaixo:

1ª forma para o cálculo do MRR

Essa primeira forma é feita a partir do número de pagamentos que você recebe de seus clientes, mês a mês. Isso é o que corresponde ao valor pago pelos assinantes do serviço que sua empresa oferece.

Você só precisa pegar a relação das assinaturas que têm vencimento para o mês subsequente, excluindo serviços variáveis. Por exemplo, as taxas de adesão ou quaisquer outros serviços extras. Pronto! Assim, você já tem seu MRR. Veja o exemplo:

MRR = valor total recebido

Se você tem 100 clientes que pagam R$ 100 em um plano, e mais 100 que pagam R$ 50 em outro tipo de plano, sua receita recorrente mensal é de: R$ 15.000

Importante: Nesse exemplo, cada cliente pode pagar valores diferentes por terem contratado planos diferentes.

2ª forma para o cálculo do MRR

A segunda “fórmula” para calcular o MRR é multiplicando o total de clientes ativos na sua base pelo valor mensal pago pelos contratos de assinatura recorrente. Veja o exemplo:

MRR= Média recebida * total de clientes

Uma empresa com 200 clientes ativos com contrato de fidelização de 12 meses, por exemplo, a um valor de assinatura mensal de R$ 80 por cliente,possui um MRR de R$ 16.000,00 mensais. E, consequentemente, R$ 192.000,00 anuais. Isso, sem a soma de novos clientes, ativação de assinatura ou churn rate.

Ao lado desse cálculo inicial, outros três elementos devem ser aplicados mensalmente para você conseguir comparar o quanto o seu MRR do mês mudou em relação ao mês anterior, sendo os novos MRR, MRR adicionados e o MRR cancelados

Se você ainda tiver dúvidas, criamos um vídeo curto e super explicativo sobre o que é e como calcular o MRR. Confira logo abaixo:

Como calcular o crescimento do MRR?

Se sua empresa adquire novos clientes, consequentemente, você terá mais mensalidades e o seu MRR irá crescer, certo? 

Então, para acompanhar esse crescimento, você pode utilizar os novos MRR, os MRR adicionados e MRR cancelados. Isso se deve ao fato de que você pode ter ganhos e perdas de clientes pelo caminho. Conheça cada um deles logo abaixo!

Novos MRR

São novas receitas trazidas por meio de novos clientes adquiridos. Por exemplo, se sua empresa adquiriu neste mês 5 novos clientes que pagam R$100,00 por suas assinaturas, e outros 2 que pagam R$200,00, então seu novo MRR para este mês será de R$900,00.

MRR adicionados

Imagine que você possui 3 clientes que atualizaram seus planos de R$100,00 para R$200,00. Isto significa que você terá expandido sua receita de clientes já existentes e, neste caso, seu MRR de expansão será de R$300,00. 

MRR cancelados

O Churn MRR representa a receita que você perde pelos clientes que cancelaram suas assinaturas ou reduziram seus planos. 

Então, digamos que em um determinado mês você teve 2 cancelamentos de planos de R$100,00 e outros 3 clientes reduziram seus planos de R$200,00 para R$100,00. Isto significa que seu Churn MRR será de R$500,00.

Crescimento MRR

Agora que você compreendeu o que significa cada item, vamos para o crescimento MRR. Para calcularmos o crescimento MRR, é necessário considerar todos esses três aspectos (vistos anteriormente) em uma fórmula:

Crescimento MRR = Novos MRR + MRR adicionado – MRR cancelado

Assim, você obtém o resultado que precisa para acompanhar sua taxa de crescimento mensal na comparação com os meses anteriores. Uma dica legal é você acompanhar esses dados usando um gráfico. Isso facilita a visualização de resultados!

Quais os impactos do MRR para o seu negócio?

Ao utilizar o cálculo MRR, é possível obter uma visão do que está por vir no futuro financeiro da empresa. Além disso, esta métrica auxilia na criação de estratégias para a fidelização de clientes. Por meio dela, é possível identificar momentos em que há queda no faturamento conforme a previsão.

Desta forma, a empresa consegue visualizar o que pode estar ocasionando a queda nos ganhos mensais e, a partir disso, criar planos de ação para contornar o cenário.

As empresas, às vezes, obtêm um faturamento alto em determinados meses, mas em outros acabam por ter um ganho menor.

A vantagem de usar essa métrica de receita recorrente mensal é que, por meio da receita, é possível prever os próximos faturamentos de maneira mais efetiva, de acordo com a quantidade de contratos existentes.

A vantagem para os clientes das empresas SaaS é que eles conseguem contar com um modelo de pagamento facilitado. Com isso, não precisam ter um gasto inicial muito elevado com a aquisição e implantação do software. 

E, isto acaba refletindo também como um benefício para a empresa, que terá maior facilidade na hora de conquistar novos clientes.

Qual é o MRR ideal para uma empresa?

Contudo, a taxa de MRR tende a variar de empresa para empresa, de acordo com o negócio. Por isso, é inviável estipular um valor exato para todos os modelos de negócio. 

Mas, é possível observar nos exemplos de cálculos citados anteriormente que o ideal é que sua taxa de receita recorrente esteja sempre positiva

Ou seja, os valores para aquisição e expansão devem ser sempre superiores aos de Churn. Assim, sua empresa consegue não só prever uma receita mensal, mas também crescer mês a mês com a expansão do número da receita originada pelo aumento de novos clientes e upgrades de contratos.

Agora que você já sabe o que é MRR e como calcular em sem negócio, que tal descobrir todas as métricas essenciais para quem vende por assinaturas? Preparamos um e-book gratuito para você, aproveite! É só clicar aqui.

Como aumentar o MRR da sua empresa?

Existem várias estratégias que podem ajudar a aumentar o MRR da sua empresa. Afinal, é preciso elaborar estratégias e ações de marketing e/vendas que tragam novos clientes e fazer com que os existentes permaneçam. Fidelizar clientes e trazer novos, vai aumentar a sua taxa de MRR

Por isso, separamos algumas dicas especiais para você colocar em prática no seu negócio e colher bons resultados. Vamos lá?  

1. Ofereça trial e não a versão freemium

Oferecer uma versão gratuita do seu produto ou serviço é muito válido, mas isso não pode ser eterno. O seu cliente pode testar a opção freemium e permanecer com aquela funcionalidade, onde você não terá nenhum ganho ou aumento do seu MRR.

E, além de tudo, se ele tiver qualquer tipo de problema, vai exigir um atendimento personalizado e analisar aquilo como uma falha no produto, prejudicando suas próximas vendas.

Por isso, os planos freemium não são muito interessantes para empresas recorrentes.. Um trial é bem melhor, pois o cliente conhece seu produto e tem mais embasamento na hora de comprar.

Ou seja, ele começa sendo um cliente que não paga mensalidade, mas, em breve, passa a contribuir com a sua receita através da aquisição de um plano.  

2. Ofereça diferentes planos

Crie planos com diferentes preços e funcionalidades. Por exemplo: básico, pro e premium. Cada um terá um preço diferente e um upgrade de funcionalidades.

Assim, cada cliente pode escolher o que faz mais sentido para ele e, ainda, pode ir migrando de planos de acordo com a necessidade.

Com preços diferentes e soluções customizadas, é mais fácil de aumentar seu MRR. E não se esqueça, crie um objetivo para cada um desses planos. Exemplo: “Para aumentar minha receita, preciso de 150 clientes novos no plano pro”.

3. Atualize os valores dos seus produtos ou serviços

Muitas vezes, não damos atenção sobre atualizar os valores dos produtos e serviços da nossa empresa, né? 

Porém, é preciso que você faça os ajustes necessários com base na mensuração de resultados e na qualidade daquilo que você oferece para os seus clientes. Assim, nenhum lado vai se sentir prejudicado! 

4. Mantenha seus clientes atuais satisfeitos

Além de trazer novos clientes, manter aqueles que já consomem seus produtos e serviços, é muito importante! Existem modos de como trazer o seu cliente para perto para que ele permaneça ativo. Por isso, pensar na retenção é tão importante quanto a aquisição.

Seja solícito sempre! Ofereça um atendimento personalizado e ágil para seus clientes. Tenha uma equipe para resolver problemas de um jeito rápido. A satisfação de um cliente está relacionado, além da qualidade do produto ou serviço, mas, também, pela qualidade do atendimento. 

5. Uma plataforma para gerenciar e receber pagamentos

Para ter uma ideia da sua receita recorrente mensal, você vai em busca de cálculos matemáticos, como você viu neste conteúdo. 

Porém, ter uma plataforma online  que possa te ajudar a fazer a gestão de clientes, organizar pagamentos e gerenciar cobranças, contribui, e muito, na crescente do seu MRR

Como funciona a plataforma de pagamentos online da Vindi?

A Vindi é uma plataforma de pagamentos e gestão financeira. Através de recursos tecnológicos, é possível realizar o gerenciamentos dos clientes e recebíveis da sua empresa de forma online. 

Fidelize clientes, potencialize o faturamento, tenha maior previsibilidade da sua receita, controle todas as assinaturas e transações. Veja nossos diferenciais:

  • Ofereça diversos meios de pagamento;
  • Gateway de pagamento mais robusto do país;
  • API de fácil integração;
  • Gestão de assinaturas e cobrança recorrente;
  • Relatórios e dashboards;
  • Segurança nas transações. 

banner-para-contato-comercial-na-VindiSe você tem interesse em assuntos relacionados à métricas, confira outros materiais aqui no nosso blog.