Uma das principais dicas que posso dar agora é que empreendedores SaaS fiquem atentos com a renovação de contratos SaaS que vão acontecer nos próximos meses.

Da mesma forma, os contratos que vencem em Março, Abril, Maio e Junho desse ano merecem atenção especial. Portanto, esse é o maior ponto de atenção agora para a indústria de software.

Leia também: Se você tem clientes com planos de longo prazo, parabéns!

Renovação de contratos SaaS: vai doer e pode sangrar!

Nesse momento de pandemia, o principal objetivo de um gestor SaaS, especialmente equipes de CS (customer sucess), financeiras e de vendas, é olhar as renovações dos contratos SaaS que vão precisar de interferência nos próximos dias.

Além disso, a situação deve se agravar ainda mais para SaaS B2B Enterprise, já que as grandes empresas são bem categóricas em renovação de contratos em momentos de tensão como essas.

Dessa forma, se a crise é incontrolável, do ponto de vista de efeitos e causas de mercado, empreendedores desse setor devem chamar o time para calcular o impacto da não renovação e responder:

  • Quanto de MRR (e ARR) está em risco?
  • Como negociar a renovação antes do vencimento;
  • Qual será a estratégia e argumento para casos de cancelamento (pode postergar o contrato para o tempo em que a crise se estender)?
  • Descontos por prazos limitados?
  • Antecipação de contratos mensais para contratos anuais é uma possibilidade?

Afinal, se a solução SaaS é vital para o funcionamento do cliente, existe uma chance boa de renovação. Mesmo com uma recessão em tempos de crise.

Antecipe a situação.

Você também pode gostar de ler: Empresas recorrentes e a crise do coronavírus no mercado brasileiro

Se você gostou desse conteúdo e quer ficar por dentro de todas as atualizações do mercado financeiro, assine nossa newsletter agora mesmo! Clicando no banner abaixo, você receberá todas as publicações do blog da Vindi com exclusividade.banner_newsletter_blog_2

 

Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos você também.