MVP é a sigla para Minimum Viable Product – o mínimo produto viável, uma versão do produto que inclui apenas os recursos que permitem liberá-lo para o mercado, que solucionam um problema central para um conjunto de usuários. O objetivo é fornecer valor imediato ao mesmo tempo em que minimiza os custos de desenvolvimento, evitando desperdício de capital.

Eric Ries, autor do best-seller A Startup Enxuta, definiu um MVP como a versão de um novo produto que permite que uma equipe colete o máximo de aprendizado validado sobre os clientes com o menor esforço. Este aprendizado validado vem na forma de saber se seus clientes realmente comprarão seu produto.

Aplicativos de grande sucesso como Uber e Instagram têm isso em comum. Todos começaram como algo muito mais simples do que são hoje. Para chegar ao atual patamar, tiveram anos de desenvolvimento e grandes quantidades de capital, muitas vezes gradativamente conforme as funcionalidades. Desenvolver um aplicativo desse escopo exige muito tempo e um grande investimento.

O que um MVP implica pode ser muito subjetivo, diferente de empresa para empresa – ou startup para startup – com base nas necessidades do negócio, na indústria e no que a concorrência está fazendo.

>> 3 Direcionamentos que definirão o crescimento de um SaaS em 2018

Em alguns casos, o conjunto de recursos mínimos para um aplicativo já pode ser bastante complexo, pois é padrão da indústria. No entanto, existem grandes benefícios para escolher este processo.

Benefícios do MVP

Conjunto básico de funcionalidades que podem testar os principais conceitos de negócios de forma mais rápida. Em vez de você planejar o lançamento de um produto por muito tempo, com todas as funcionalidades, e esperar que os clientes o aceite, é melhor ter uma dosagem de cada solução.

O MVP permite que você obtenha uma versão do seu produto no início de seu mercado para testar seu conceito de negócio. Ao oferecer o conjunto central de recursos, em vez de um produto completo, você pode testar as hipóteses principais, reunir informações e informações do usuário, obter o seu produto no mercado rapidamente e manter os custos baixos.

Os MVPs são parcelas iniciais do que é ser um produto maior e mais complexo. Quanto mais recursos adicionados e mais recursos necessários para criar o aplicativo, maior será o custo. Os MVPs permitem que você demonstre a validade do mercado de um produto e crie um business case para investir mais em seu desenvolvimento.

Portanto, se você está buscando stakeholders para financiamento do projeto – seja dentro de uma empresa ou de investidores externos – você tem um produto forte e viável pronto que fortalecerá sua posição.

MVP permite a evolução do produto

Uma vez que um MVP envolve o mercado com características e funcionalidades básicas, ele permite que você comece a criar uma base de usuários e obtenha informações sobre o que funciona e o que não funciona.

Essa é uma informação vital, pois permite que as equipes de produtos usem dados para tomar decisões sobre futuros recursos do produto, quais aspectos ajudarão a aumentar as vendas e ROI (retorno sobre investimento) e exatamente onde você deve alocar o orçamento.

Investimento eficiente

Conforme mencionado acima, produtos mais maduros como o Uber e Instagram são o resultado de anos de desenvolvimento. Mas, como esses aplicativos foram criados gradativamente durante um período mais longo, o custo é distribuído ao longo do tempo, muitas vezes com um reinvestimento da receita gerada a partir de versões anteriores.

>> Pagamento online: desafios e oportunidades do mercado SaaS

Os MVPs permitem que você tome a mesma abordagem, conduzindo a um valor mais alto para o seu negócio, dentro do menor período de tempo, minimizando o custo. Fornecer valor imediato está no centro da liberação do MVP e, à medida que você ganha mais usuários e reúne mais informações para informar a direção do produto, você pode começar a investir mais – e de forma mais inteligente.

Por fim, o MVP permite que você comece pequeno, mas construa aos poucos para produzir um produto. Com cada versão de lançamento, o produto evolui para maximizar o ROI até se tornar uma aplicação totalmente sólida no mercado.

 

Você vai gostar também

5 Benefícios de investir em uma plataforma SaaS 19O modelo SaaS (Software as a Service) dá a oportunidade de empresas de todos os tipos e tamanhos a terem sucesso de uma forma escalável e com invest...
Life as a Service – Murilo Gun e a mudança d... O Murilo Gun, comediante pernambucano, é famoso por frequentar o programa Agora é Tarde do Danilo Gentili, criou uma palestra para falar de um negócio...
Venda Sempre, pense em Cobrança Recorrente! A expressão do título, que leva o slogan da Vindi - o Venda Sempre, é sem dúvida a chave mais importante para o sucesso de uma empresa consolidada ou ...
Do estágio à efetivação: como foi meu primeiro sem... Fazer estágio na Vindi foi uma das melhores experiências e oportunidades da minha vida. Me inscrevi numa vaga para estágio no WallJobs e não sabia que...