O Dia das Mães 2022 será no domingo, 8 de maio.

Essa data é considerada por muitos a segunda principal do comércio, perdendo apenas para o Natal.

Por isso, lojistas dos nichos mais variados aproveitam o impulso dos consumidores de presentearem suas mães para alavancar suas vendas.

Antes de mais nada, é preciso deixar claro que nenhum segmento precisa ficar de fora.

Afinal, os consumidores têm optado por produtos de vários tipos, ao invés de apenas flores e bombons.

Neste artigo, vamos mostrar quais nichos de produtos são os mais procurados.

Você vai se surpreender.

Antes, vamos apresentar alguns dados comprovando que as lojas – virtuais ou não – precisam investir nessa data se quiserem vender mais, e dar várias dicas de como fazer isso.

Em seguida, você vai aprender a montar uma estratégia para evitar qualquer tipo de contratempo que possa prejudicar seu desempenho.

Por fim, depois de descobrir o caminho do sucesso no Dia das Mães 2022, vamos mostrar uma maneira de aproveitar o bom desempenho para fidelizar novos clientes.

Então, se você quer vender mais, acompanhe!

Dia das Mães 2022: por que investir na data?

A cada ano, o Dia das Mães movimenta bilhões de reais em compras, e em 2022, não é diferente.

De acordo com um levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), as compras pela data devem render cerca de R$ 28,16 bilhões nos segmentos de comércio e serviços.

A pesquisa aponta que 127,2 milhões de brasileiros devem presentear alguém neste ano.

Embora as lojas físicas estejam na preferência de 75% dos entrevistados, as compras pela internet devem movimentar um bom valor, sendo a opção favorita de 44% dos consumidores.

No Dia das Mães de 2021, por exemplo, uma pesquisa da Neotrust mostrou que o varejo online brasileiro arrecadou cerca de R$ 7 bilhões, como mostra essa reportagem do Globo.

O resultado representa um aumento de 15% (ou R$ 1 bilhão) em relação à data em 2020.

Essa tendência não foi causada apenas pela pandemia, que em maio de 2021 estava em um momento mais crítico.

Esse fator pode até ter ajudado a alavancar a alta, mas a tendência de alto faturamento no e-commerce veio para ficar, de qualquer forma.

Além da segurança de comprar sem sair de casa, o consumidor tem muitas opções.

Por isso, tende a diversificar sua procura, buscando produtos de diferentes segmentos.

Você vai conferir isso no tópico em que mostramos os nichos mais procurados.

E então, você não está pensando em ficar de fora dessa tendência, está?

Continue lendo este artigo porque vamos dar dicas para seu negócio aproveitar bem as oportunidades geradas pelo Dia das Mães 2022.

Como vender mais no Dia das Mães

As cifras do Dia das Mães empolgam, não é mesmo?

Porém, não dá para pensar que basta fazer seu trabalho de forma normal e as vendas vão aumentar por si só.

Para que seu negócio tenha um bom desempenho na data, é preciso estar preparado.

Desde a divulgação, passando pelos preços e a apresentação dos produtos, até o abastecimento do estoque e a garantia de segurança do seu e-commerce.

Mas não se preocupe.

É perfeitamente possível deixar tudo pronto em pouco tempo.

Neste tópico, vamos dar algumas dicas que podem ajudar você a se preparar rapidamente para as vendas do Dia das Mães 2022.

Foque no público-alvo

Não se esqueça: no Dia das Mães, seu público-alvo é composto pelos filhos.

Por isso, é a eles que o foco de suas campanhas publicitárias deve ser direcionado.

Abuse da criatividade para atrair a atenção de jovens e adultos, mostrando a eles o caminho para agradar a mãe.

Esse comprador provavelmente precisará de ajuda, pois vai presentear uma pessoa de outra geração, que vive uma etapa diferente da vida.

Logo, tem interesses que ele pode não entender.

Aproveite para apresentar sua loja como a solução desse problema.

E tome cuidado para fugir de clichês relacionados à maternidade, afinal, há mães de várias idades, profissões e interesses.

Trabalhe com essa diversidade e você conseguirá atrair filhos de mães com diferentes perfis.

Faça promoções

Embora o Dia das Mães seja uma data com demanda nativa (ou seja, não é obrigatório fazer promoções para vender nessa época), a concorrência é bem elevada.

É provável que várias lojas, tanto virtuais como físicas, criem promoções.

Portanto, não fique para trás.

Procure oferecer descontos e preços baixos por produtos atrativos, que tenham relação com a data.

Se for possível, una o útil ao agradável: aproveite para tentar se livrar de algum item que possa estar encalhado no seu estoque.

Outra dica é oferecer um desconto progressivo.

Em outras palavras: quanto mais o cliente compra, menos ele paga por cada presente.

Logo abaixo, você vai conferir uma boa alternativa para tornar seus produtos mais atrativos, mas já fica o alerta: crie descontos reais.

O consumidor atual sabe quando o comerciante eleva o preço de algum produto para, depois, oferecer um falso desconto.

E quando vê algo assim, logo compartilha nas redes sociais, o que pode prejudicar muito a imagem do seu negócio.

Organize produtos em kits e combos 

Essa dica está relacionada à anterior, mas vale o destaque.

Dentro da ideia de criar promoções atraentes, reúna alguns produtos que possam se complementar e crie o seu kit ou combo.

Essa estratégia serve para ajudar a aumentar o seu ticket médio, a média de gastos do cliente por compra.

Isso porque, mesmo que reduza os preços dos produtos, você estimula o consumidor a comprar mais.

E para cada nicho, há uma maneira de fazer isso.

Por exemplo: lojas de roupas podem criar conjuntos temáticos para diferentes perfis de mães, como “mãe executiva”, “mãe de bebê”, “mãe esportista” e por aí vai.

Para quem trabalha com produtos alimentícios, vale criar uma cesta de café da manhã com produtos artesanais.

Ou um kit de doces gourmet, se for o caso.

Qualquer que seja o ramo, o importante é embalar esses kits com capricho.

Crie uma embalagem especial e inclua diferenciais como cartões personalizados, brindes e belos materiais gráficos.

Você também pode usar a tecnologia do QR Code para que os filhos possam mostrar às mães uma bela mensagem.

A ideia é, além de um simples presente, proporcionar uma experiência inesquecível.

Como fazem os clubes de assinatura, que têm inovado cada vez mais nas caixas que enviam aos consumidores.

Torne o frete acessível

Bom, sabemos que em muitos casos é bem difícil baratear o frete.

Mas é bem provável que seu concorrente faça isso, e um frete gratuito ou a baixo custo é altamente atrativo para compras online.

Em meio a uma competição acirrada, o valor do frete é decisivo em boa parte das compras feitas pela internet.

Mas não se esqueça: o frete gratuito precisa ser bem planejado para evitar prejuízos.

Crie o clima

Se o seu público-alvo quer um presente de Dia das Mães, é preciso deixar bem claro que ele vai encontrar o que procura na sua loja.

Para isso, capriche no visual de sua página.

Banners e popups com imagens e conteúdo alusivos à data são uma boa pedida, mas não fique apenas nisso.

Para não deixar dúvidas de que sua loja está pronta para a data, espalhe essas artes por todos os seus canais de venda.

Aliás, campanhas específicas segmentadas com landing pages podem ser bem úteis na divulgação.

E não deixe de abastecer suas redes sociais com conteúdo relacionado ao Dia das Mães.

Criar um quiz ou uma enquete temática no Instagram ou Twitter pode ser uma boa ideia.

Ofereça várias opções de pagamento

Diversificar as formas de pagamento é essencial para atrair os clientes.

Diminua as chances de objeção na hora do visitante confirmar sua compra oferecendo possibilidades de cobrança como:

Prepare seu estoque

Não basta investir em divulgação se a sua loja não estiver pronta para a data.

Por exemplo, de que adianta atrair compradores se seu estoque não tem ítens suficientes para todas essas vendas?

Mantenha seus depósitos abastecidos e evite erros que podem prejudicar a saúde financeira da sua empresa.

A escolha dos produtos pode ser o grande diferencial.

O Dia das Mães é uma data sazonal, o que significa que todo ano a mesma pessoa faz compras.

Por isso, é importante apostar em novidades.

Mas tome cuidado: uma escolha errada pode deixar produtos encalhados no seu depósito.

Prepare seu atendimento

Não é apenas com o estoque que você deve se preocupar.

É preciso ter um atendimento capaz de suprir todas as demandas.

Em lojas físicas, pode ser necessário contratar funcionários temporários.

Já no e-commerce, é importante dar bastante atenção aos seus canais de atendimento aos clientes.

Também é prudente alinhar com antecedência os processos com os parceiros que prestam serviços de TI.

Vamos falar mais sobre isso no tópico em que ensinamos a montar um plano de vendas.

Garanta a segurança nos pagamentos

No Dia das Mães de 2021, a empresa ClearSale evitou fraudes que somariam mais de R$ 131 milhões.

O valor é maior que o dobro do registrado na data em 2020.

Portanto, um sistema antifraudes para e-commerce integrado ao meio de pagamento é indispensável.

Além disso, todo site de vendas precisa de um certificado SSL.

E para ter certeza de que não haverá contratempos, conte com uma plataforma de pagamentos com certificação PCI Compliance.

O que vender no Dia das Mães?

Agora que você já conferiu as nossas dicas, é hora de planejar suas apostas para a data.

Os nichos que você vai conferir a partir de agora estão na ordem dos mais citados de acordo com a Pesquisa Dia das Mães 2022, elaborada em conjunto por Social Miner, All In e Opinion Box.

O percentual de cada um deles é sobre os 89% do total, que responderam que pretendem ou ainda não sabem se vão presentear na data.

Para cada categoria, vamos dar dicas de produtos que têm tudo para fazer sucesso no Dia das Mães 2022.

Moda e acessórios

Você se lembra da dica de criar conjuntos?

Lojas de moda feminina têm uma ótima oportunidade de lucrar assim.

Além das peças de roupa, você pode incluir em seus combos itens como bolsas e cintos.

O segmento foi o mais citado pelos entrevistados da pesquisa que pretendem ou pensam em dar presentes, com 52% do total dos que vão ou pensam em presentear suas mães.

Alguns itens que podem se destacar nas vendas são:

  • Bolsas
  • Sandálias
  • Vestidos
  • Blusas
  • Macaquinhos
  • Calças.

Produtos de beleza

Citado por 49% dos entrevistados na pesquisa, esse nicho também é bem propício para kits e combos.

Afinal, cada produto tem uma finalidade, o que abre a possibilidade de vender “combos de beleza”.

Um bom exemplo: um conjunto com óleo facial, um hidratante labial e um creme para os olhos.

Você pode criar variações, sempre tomando cuidado para que um produto não substitua outro, pois eles devem se complementar.

Também podem fazer sucesso:

  • Kits de maquiagem
  • Primer de lábios
  • Lápis de boca 
  • Batom cremoso.

Casa e Decoração

Se você vende seu artesanato, o Dia das Mães é uma ótima oportunidade.

O segmento Casa e Decoração foi citado por 24% dos entrevistados na pesquisa.

Não se esqueça que esse nicho inclui os chamados produtos DIY (sigla em inglês para “faça você mesmo”, ou seja, produtos de fabricação caseira).

Isso não significa que lojas de produtos industrializados de decoração não possam aproveitar a data para vender também.

Entre os itens desse segmento estão:

  • Porta-retratos
  • Móveis
  • Sofás
  • Utensílios de cozinha
  • Quadros decorativos
  • Caixas organizadoras
  • Porta-joias
  • Vasos personalizados.

Flores

Embora tenham perdido espaço para outros segmentos, as tradicionais flores continuam lembradas e procuradas.

Assim como itens para Casa e Decoração, elas foram citadas por 24% dos entrevistados dispostos a presentear.

Floriculturas online e presenciais podem apostar em conteúdos que apelem para a emoção, como cartões, para entregar junto com os ramalhetes, buquês e arranjos.

Por exemplo, um material impresso citando o significado das flores, como mostra essa reportagem da Revista Cláudia.

Veja algumas:

  • Tulipa: prosperidade, liberdade e reconciliação
  • Violeta: paz e simplicidade
  • Girassol: alegria, luz e integridade
  • Gérbera: renovação e pureza
  • Hortência: dignidade, obstinação e potência
  • Lírio: nobreza e proteção.

Eletrodomésticos e eletroportáteis

Esse segmento tem a preferência de 22% dos entrevistados considerados na pesquisa.

Há produtos para todos os gostos e, principalmente, todos os bolsos.

Enquanto alguns consumidores podem comprar itens mais caros, como geladeiras e fogões, outros optam por itens mais baratos, como liquidificadores e torradeiras.

Portanto, vale diversificar bem suas opções de presentes.

Também são boas alternativas:

  • Batedeiras
  • Ventiladores
  • Fritadeiras (as famosas “air fryers”)
  • Máquinas de lavar e secar.

Joias

O nicho das pedras preciosas também foi citado por 22% da preferência na pesquisa.

Assim como as flores, as joias têm um apelo sentimental.

Por isso, além de entregar o produto junto com um bom conteúdo, vale apostar na personalização.

Um colar de joias com os nomes dos filhos e das mães pode ser encantador, não é mesmo?

Veja agora mais algumas alternativas de produtos com joias e semijoias:

  • Aneis personalizados
  • Pingentes
  • Brincos
  • Pulseiras
  • Separadores.

Outros nichos

Você viu acima os seis segmentos mais lembrados pela Pesquisa Dia das Mães 2022.

Outros que também foram citados são:

  • Alimentos e bebidas (14%)
  • Eletrônicos e informática (13%)
  • Produtos artesanais (13%)
  • Viagens e turismo (11%)
  • Multicategoria (7%)
  • Supermercado (6%)
  • Farmácia e saúde (5%).

Como montar um plano de vendas para o Dia das Mães

Bom, até aqui mostramos por que sua loja precisa investir no Dia das Mães, demos dicas para garantir um bom desempenho e mostramos os segmentos mais procurados e alguns dos seus produtos.

Para que tudo isso dê certo, elaborar uma estratégia é indispensável.

Afinal, não adianta fazer uma boa divulgação se a sua estrutura não estiver preparada e seu estoque não estiver abastecido.

Por isso, a partir de agora, vamos dar algumas dicas para ajudar a planejar o Dia das Mães 2022.

Avalie datas anteriores

Esse não é o primeiro Dia das Mães da sua loja, certo?

Mesmo se for, sua loja já passou por alguma outra data festiva?

Se a resposta a pelo menos uma dessas perguntas for afirmativa, avalie o que deu certo e errado nas experiências anteriores.

Alguns fatores a serem levados em conta são:

  • Comportamento do consumidor
  • Horários de pico
  • Desempenho do seu site
  • Eventuais falhas e como evitar que se repitam.

Garanta um site responsivo

Em síntese, um site é considerado responsivo quando é carregado em um dispositivo móvel com a mesma facilidade com que abre no navegador de um computador.

Se sua loja virtual não se encaixa nessa definição, pode perder cerca de metade dos acessos que poderia receber.

Afinal, o Relatório Dia das Mães 2021, que também foi feito por Social Miner, All In e Opinion Box, mostra que os acessos de computadores e celulares tiveram números bem parecidos.

E uma curiosidade: embora a audiência em desktops tenha sido ligeiramente maior, a situação se inverteu aos finais de semana, quando o consumidor costuma ficar mais longe dos computadores (mas continua perto dos celulares).

Por isso, é fundamental que sua loja tenha um bom desempenho em smartphones e outros aparelhos portáteis.

Converse com a equipe de TI

Está tudo pronto para a data.

Atraídos pelas ofertas, os consumidores começam a acessar sua loja virtual e fazer as primeiras compras.

Eis que, quando a demanda começa a aumentar… cai o site!

Problemas assim são mais comuns do que você imagina.

De acordo com um estudo realizado pela Sofist na Black Friday 2021, mais de 83,7% das 43 lojas virtuais monitoradas tiveram instabilidade durante a data.

Imagine que a cada segundo de lentidão ou queda, você pode perder vendas.

Portanto, converse com todos os seus parceiros e prestadores de serviço ligados ao desenvolvimento e à hospedagem do seu e-commerce.

E antes de mais nada: conte com uma plataforma de pagamentos segura.

Leia até o final para saber mais sobre isso.

Conheça (e teste) o caminho da venda

Você conhece o comportamento do seu consumidor nas páginas do seu e-commerce?

Onde seus clientes costumam clicar para conferir seus produtos?

Como chegam à página de confirmação das compras?

A experiência do usuário é essencial para você vender bem.

Cada varejista deve conhecer bem os caminhos que as pessoas costumam fazer.

Faça de conta que você quer comprar seus próprios produtos e tente fazer isso de todas as formas possíveis.

Se for possível, peça para algum amigo ou parente, que não tenha a estrutura da sua página automatizada na cabeça, fazer isso.

Todos os caminhos devem ser testados à exaustão, para que possam ser corrigidos a tempo.

Como aproveitar o Dia das Mães para fidelizar o cliente

Você leu neste artigo tudo o que precisa para fazer sucesso com sua loja online ou física no Dia das Mães 2022.

Desde bons motivos para se investir na data, passando por dicas de estratégias e os nichos mais procurados.

Seguindo estas sugestões, você tem boas chances de melhorar suas vendas.

Além de fazer encher o bolso, esse resultado pode render bons frutos no futuro.

Na parte final do nosso artigo, vamos dar algumas dicas para que, depois da correria do 8 de maio, você possa fidelizar novos clientes:

  • Mantenha cadastros atualizados para conhecer seus consumidores e, assim, traçar o Perfil de Cliente Ideal (ICP, na sigla em inglês)
  • Conheça a jornada de compra para proporcionar uma boa experiência ao comprador em todas as etapas
  • Ofereça pesquisas e peça feedbacks sempre que possível para monitorar a satisfação do cliente
  • Deixe todas as informações de seus produtos, incluindo preços e algum termo contratual, sempre bem claras
  • Crie um programa de fidelidade ou recompensas para oferecer vantagens em novas compras.

Por fim, a dica definitiva: seja flexível na cobrança.

Afinal, esse é um momento delicado da jornada de compra.

Deixar o consumidor à vontade para escolher entre várias formas de pagamento é uma maneira de se destacar e aumentar a chance de fidelização.

Para isso, você vai precisar de um processo de cobrança avançado, especialmente nos pagamentos recorrentes.

Acima de tudo, sua plataforma precisa:

  • Facilitar o processo de cobrança, para incentivar o pagamento em dia e evitar esquecimentos
  • Fazer uma cobrança eficiente e amigável em caso de atrasos
  • Garantir a segurança dos dados.

A solução da Vindi é capaz de oferecer tudo isso.

Com ela, sua loja pode oferecer as principais modalidades de pagamento disponíveis no mercado, do tradicional boleto ao moderno pagamento digital.

Os clientes podem fazer seus pagamentos online com comodidade e segurança.

E para evitar atrasos, o sistema envia notificações.

Desta forma, sua empresa reduz a inadimplência e controla melhor o fluxo de caixa.

Conheça a Vindi e fature muito mais!

Rate this post

Write A Comment