O roteamento de adquirente é mais um recurso para quem conta com as soluções Vindi.

Além de auxiliar a fechar mais vendas, ele é uma valiosa ferramenta para evitar e minimizar a inadimplência.

Esse é um problema enfrentado com frequência por empresas que trabalham com receitas recorrentes como escolas, cursos e serviços fornecidos por meio de assinaturas.

Afinal, no Brasil, o percentual de famílias endividadas é bastante alto, chegando a 70% dos lares

Entre as empresas, embora em ligeira queda, esse percentual também é elevado.

Nesse cenário, quanto mais alternativas você tiver para garantir seus pagamentos, menos riscos.

É isso que o roteamento de adquirente representa, entre muitas outras vantagens que você vai conhecer a partir de agora.

O que é o roteamento de adquirente?

Rotear significa abrir uma rota, navegar. 

Sendo assim, roteamento é todo processo pelo qual um novo caminho é aberto para estabelecer a comunicação.

Por sua vez, adquirentes são as empresas que fazem a ponte entre o ponto de venda e as operadoras de cartão – no Brasil, existem 8 delas.

Para não correr o risco de uma delas estar fora do ar ou recusar o pagamento na hora de fechar um negócio, o lojista pode contar com o roteamento de adquirente automático.

Assim, haverá uma nova tentativa de aprovar o pagamento com uma empresa diferente.

Para isso, é claro, é preciso que ele conte com uma solução capaz de interligar as diversas adquirentes.

E é exatamente isso que a Vindi faz para você e seu negócio.

Diferença entre roteamento e Retentativa com Troca de Adquirente

Sempre que um pagamento é recusado ou a maquininha (POS) não consegue estabelecer contato com uma operadora de cartão, ela faz a chamada retentativa com troca de adquirente

Já o roteamento, é uma funcionalidade que possibilita que o cliente faça as configurações de adquirentes de acordo com as regras do negócio. 

Por exemplo: compras parceladas de 1 a 3 vezes serão feitas com a Adquirente X e de 4 a 6 vezes com a Adquirente Y. 

Também é possível combinar bandeiras e adquirentes, por exemplo: Bandeiras Master e Visa serão realizadas com a Adquirente X e bandeiras Elo e Amex com a Adquirente Y. 

Tudo isso para que você possa garantir as suas vendas. Vale lembrar que não há limite para essas configurações na Vindi.

Como funciona o roteamento de adquirente

Cada adquirente trabalha de forma independente, portanto, nenhuma delas oferece o recurso de fazer retentativas com um equipamento de outra empresa.

Para que você tenha acesso a esse tipo de facilidade, precisa contar com uma tecnologia capaz de interligar essas empresas.

A Vindi possibilita não só que você roteie mais de uma adquirente, como permite retentativas com empresas diferentes.

Se você trabalha no crédito com a Elo, mas prefere receber no débito com a Rede, e no mês seguinte quiser mudar, sem problemas, a gente faz isso para você.

Principais vantagens do roteamento

Essa flexibilidade traz uma série de vantagens competitivas, não só para quem vende como também para quem compra.

Nada pior, afinal, do que você realizar uma venda e se ver impossibilitado de receber por causa de panes, equipamentos fora do ar ou quedas na rede.

Esses são alguns dos contratempos que o roteamento ajuda a contornar, até porque os cartões foram criados para ser uma solução e não um problema, certo?

Para o empreendedor:

Como destacamos no início, a inadimplência é um desafio para as empresas brasileiras, em especial para aquelas que operam no modelo da recorrência.

Nesse contexto, o empreendedor deve se “blindar” a fim de evitar que atrasos nos pagamentos prejudiquem a saúde financeira do seu negócio.

O roteamento de adquirente é um recurso muito bem-vindo nesse sentido, porque aumenta as chances de receber conforme o contratado.

Confira na sequência que outras vantagens sua empresa agrega com essa solução.

Mais vendas fechadas

Em muitos casos, a venda deixa de ser feita porque a adquirente está fora do ar ou apresentando instabilidades em seus servidores.

Não seria justo que você pagasse o preço por uma falha técnica que não causou.

Nesse sentido, o roteamento é a melhor maneira de evitar que problemas causados por terceiros impeçam seu negócio de vender.

Lembre-se que o papel da adquirente é apenas ligar você às operadoras de cartão, logo, quanto mais opções você tiver, mais vendas tende a fechar.

Aumenta a eficácia nas cobranças

Outro ponto a ser ressaltado é que o roteamento é um processo automático.

Ou seja, você não precisa ficar ali, digitando números na maquininha para que suas receitas recorrentes sejam creditadas.

Dessa forma, você fica tranquilo para se dedicar a aspectos mais estratégicos do seu negócio, deixando a parte da cobrança para os nossos sistemas.

Isso sem contar que, ao automatizá-la, sua empresa evita os difíceis contatos telefônicos para cobrar.

Significa que você poupa não só mão de obra e dinheiro, como também o tempo gasto com contatos que poderiam ser evitados com uma solução automatizada.

Diminui a inadimplência

O resultado esperado com a automação é sempre o aumento da eficiência.

Pois é isso que o roteamento de adquirente faz pelo seu negócio: torna-o mais eficiente na hora de cobrar, reduzindo a inadimplência.

É bom não só para garantir a entrada de receitas, como também para aumentar a capacidade de investimento da empresa, por meio dos recebíveis.

Para o cliente:

O roteamento também é uma solução muito bem-vinda para quem compra.

Afinal, quem vende um produto não está simplesmente passando uma mercadoria, mas entregando uma solução para alguém sanar um problema.

Dessa forma, um cliente que se vê impedido de comprar é uma pessoa que passa a ter dois “pepinos” para descascar, muitas vezes sem ter qualquer responsabilidade por isso.

Ao assegurar que o pagamento seja feito, esse tipo de ocorrência pode ser eliminada, trazendo vantagens para o consumidor.

Veja a seguir. 

Garante a melhor experiência de compra

Um levantamento da CNDL/SPC revela que, para 63% das pessoas, a agilidade no atendimento é o principal fator para uma marca ganhar distinção no mercado.

Esse é mais um ponto a favor do roteamento, já que ele ajuda a agilizar o processo de cobrança e de pagamentos em geral.

Com a Vindi, você pode trabalhar com as 8 adquirentes disponíveis, garantindo que nenhuma venda deixe de ser feita.

Assim, a satisfação do cliente é garantida, com uma experiência de compra sempre positiva e memorável.

Evita constrangimentos

Um comprador que tem o seu cartão recusado, seja por insuficiência de fundos ou falhas da adquirente, se vê numa situação difícil e constrangedora.

A verdade é que, hoje, ele pode até estar impossibilitado de pagar, mas amanhã ou no próximo mês não.

Ao evitar esse tipo de constrangimento, você protege o seu cliente de um imbróglio com consequências negativas para ele e para o seu negócio.

Evita a inadimplência involuntária

Boa parte dos casos de inadimplência são involuntários, ou seja, a pessoa deixa de pagar porque esqueceu ou porque não se organizou.

O roteamento permite que você mude não só a adquirente, como a própria bandeira do cartão usado para pagamento.

Então, se o cliente tiver mais de um cartão cadastrado, pode usá-lo para pagar, evitando assim se tornar inadimplente sem ter ciência disso.

Roteamento de adquirente na Vindi

O roteamento de adquirente com a Vindi permite que o cliente defina na própria plataforma um roteamento baseado em bandeiras e parcelas.

Assim que é definida,  a nova configuração já começa a funcionar. Isso é ótimo para trazer agilidade para o negócio.

Então, facilidades não faltam para você vender mais e melhor com as nossas soluções.

Para continuar por dentro dessas e de muitas outras soluções, não deixe de assinar nossa newsletter

É de graça e ainda ajuda o seu negócio a crescer usando a recorrência!

Rate this post

Write A Comment

[data-image-id='gourmet_bg']
[data-image-id='gourmet_bg']
[data-image-id='gourmet']
[data-image-id='gourmet']