Melhor sistema de cobrança para empresas: como escolher?

Mas uma coisa que a maioria dos empreendedores negligencia é o sistema de cobrança.

Todo empreendedor sabe, por exemplo, que ao abrir uma loja – inclusive pela internet, sendo este o caso, é preciso não só se preocupar em um bom layout e vitrines que tragam boas informações e incentivem os consumidores, como também com as formas de pagamento que serão disponibilizadas e a segurança envolvida neste processo, para garantir tranquilidade tanto para quem paga, quanto para quem recebe pelas mercadorias comercializadas online ou presencialmente. Afinal, de onde vai vir o faturamento?

Melhor sistema de cobrança para sua empresa

Esta interação de forma prática, rápida e segura, inclusive, é o que torna bastante atrativa a forma de pagamento, pois os consumidores têm, com esta opção, maior facilidade e comodidade para adquirir produtos e interagir com as lojas. Os empreendedores que estiverem, portanto, bem preparados para oferecer interfaces de qualidade, terão ainda mais chance de retorno e bons resultados! O melhor sistema de cobrança é exatamente aquele que você consegue fazer uma interação inteligente e eficaz com seu cliente.

Logo, definir qual será o meio de pagamento é um dos grandes desafios destas pessoas. Mas, para te ajudar, neste post explicaremos as principais diferenças entres os chamados gateways de pagamento e os sistemas conhecidos como adquirente\sub-adquirente, a fim de que você possa entender melhor qual é a opção mais adequada para o seu negócio: A pergunta que gostaríamos de responder com esse post é qual o melhor sistema de cobrança para sua empresa.

Importante ter em mente que escolher esse sistema tem muito a ver com cada negócio, necessidade de segmento e tipo de cobrança. Tenha em mente os seguintes desafios para se escolher o melhor sistema de cobrança:

  • Segmento;
  • Forma de faturamento (recorrente, pontual, parcelado e etc);
  • Meio de pagamento escolhido (boleto bancário, cartão ou débito em conta);
  • Prazo;
  • Perfil do cliente.

Tudo isso influencia na conversão e no sistema de cobrança a ser escolhido. A Vindi pode de te ajudar nessa dúvida.

O que é gateway de pagamento?

A palavra gateway, em tecnologia, sempre teve o sentido de “portão”, uma “porta” pela qual algumas informações devem passar de forma segura para atingirem determinada finalidade com seu tráfego. No caso de gateway de pagamento, nos referimos então a um intermediador (tal como a porta), que dá passagem e faz a transferência dos dados relativos ao pagamento vindos do cliente e da plataforma (por exemplo) à instituição que irá repassar os valores.

Quando um cliente vai até uma loja, por exemplo, ou compra por um site e os vendedores processam o pagamento de sua compra por um gateway, significa que este sistema irá se comunicar com a operadora (do cartão deste cliente, por exemplo), analisando e processando a transação, de modo que seja liberada para o faturamento do vendedor. Daí então o adquirente, no caso, vai até o emissor verificar saldo e segurança\veracidade das informações.

Uma das maiores vantagens deste modelo, no entanto, continua sendo o elevado grau de confiança e segurança que ele pode conferir às transações, pois funciona também tal como um “filtro” dos dados, protegendo, por exemplo, informações confidenciais como senhas de cartões de crédito dos consumidores, evitando problemas com fraudes. No entanto, só funciona se houver comunicação com o adquirente (geralmente modelos assim são interligados – há credenciamento com uma empresa adquirente e também junção a um modelo de gateway anti-fraude).

E o que é adquirente e sub-adquirente?

Este termo, ao contrário do gateway, significa mais um facilitador do que um intermediador em si. Na prática, isto quer dizer que empresas que também possuem credenciamento com os adquirentes possuem gateway e antifraude próprio e disponibilizam ao comerciante um modo de cobrar o cliente mediante o desvio de uma pequena porcentagem.

Ou seja, este sistema (como o PagSeguro, por exemplo), se encarrega de cobrar os clientes e repassar os valores ao varejista, mas mediante a retenção de uma parte dos lucros. Para empresas pequenas, pode ser vantajoso por gerar menos custos ou burocracia com instalação, por exemplo, mas em contrapartida durante as transações as taxas cobradas podem ser desestimulantes (principalmente para lojistas pequenos, que ainda não praticam preços tão altos, para serem mais competitivos) e também os clientes podem até mesmo “se cansar” da operação e abandonar a compra, pois o pagamento é sempre direcionada à página deste sub-adquirente, o que pode desencorajar a navegação pela demora e\ou necessidade de confirmar muitas informações de autenticação\login.

Gateway de pagamento e adquirentes podem ser considerados sistemas de cobrança.

Qual a melhor solução para meu negócio?

A definição do melhor sistema de cobrança para seu negócio vai depender de fatores específicos de sua empresa. O estágio de faturamento, por exemplo, também é importante para a definição do modelo ideal.

Cabe a cada varejista ou empresa de serviço analisar a atuação de seu negócio e entender qual sistema melhor atenderia às suas necessidades e necessidades dos clientes. Isto tudo também vale, pois dependendo do serviço contratado incidem taxas que sua empresa terá de pagar e, portanto, analisar cuidadosamente sua situação e obter orientação de uma companhia especializada no assunto é o melhor caminho para fazer a escolha certa! Há modelos inovadores que podem propor ótima relação custo x benefício (no caso de serviços prestados e não necessariamente produtos, caso este seja o tipo de solução comercializada por sua empresa, há ainda as opções de pagamento recorrente) bastando analisar o que mais vale a pena e traz tranquilidade para sua empresa!

banner consultoria vindiE você, já tem um serviço de pagamento eficiente para seu negócio? Que tal conhecer os serviços da Vindi e saber por que temos o melhor sistema de pagamento recorrente? 

Sobre o autor

Rodrigo Dantas
Fundador e CEO da Vindi, plataforma líder em recorrência e criador do maior evento de empresas SaaS e Assinaturas do país, o “Assinaturas Day”.