Os desafios da gestão de uma instituição de ensino privada, na atualidade, são inúmeros: vão desde infraestrutura, corpo docente preparado, administração de matrículas até o controle financeiro, dentre outras atividades.

Nesse sentido, a digitalização de processos, inclusive a gestão financeira escolar digitalizada, pode diminuir essa carga do administrativo das instituições.

A transformação digital na educação já estava em curso no setor desde antes da pandemia de Covid-19 que inviabilizou as aulas presenciais em 2020.

No entanto, milhares de instituições não preparadas para este cenário fecharam as portas, temporária ou definitivamente. 

Além disso, nestes tempos incertos, as que permanecem em atividade estão tendo que lidar com o aumento da inadimplência ou a evasão de seus matriculados.

Veja, hoje, um pouco do panorama do setor e insights valiosos para seu negócio de educação!

A onda das EdTechs

Na contramão dessa desestruturação do setor este ano, nunca se viu tantas iniciativas novas na área de educação.

É o caso das EdTechs, definidas como soluções que unem a tecnologia com a jornada de ensino e aprendizagem, tanto para professores e alunos, quanto para administradores e gestores de escolas, faculdades, cursos livres, corporativos e outros.

Só este ano, já foram mapeadas pela Abstartups (Associação Brasileira de Startups) mais de 440 empresas deste tipo ativas no Brasil.

As EdTechs podem atuar direta ou indiretamente com o ensino, abrangendo diversas categorias, como aplicativos, softwares, plataformas, cursos, conteúdo e muito mais. 

O momento, portanto, é favorável para a adoção de soluções voltadas tanto a uma forma de ensino-aprendizagem mais tecnológica quanto a um controle administrativo mais digital

Isso porque estudos e pesquisas apontam que as empresas que já possuem um grau de digitalização médio ou alto são muito mais resilientes à crise.

No post de hoje, então, você acompanha como a digitalização da gestão financeira escolar já tem trazido resultados para o setor e por que as instituições precisam olhar para esse processo. Siga a leitura e entenda mais!

E que tal você aproveitar para fazer nosso diagnóstico financeiro para avaliar a saúde financeira da sua empresa? É gratuito e pode trazer insights valiosos para a gestão. Clique no banner abaixo e realize o teste!

Por que ter uma gestão financeira escolar digitalizada?

Com taxas de inadimplência e evasão em alta, 30% das instituições do ensino superior brasileiro, por exemplo, podem fechar as portas até o final do ano. A projeção é do Semesp¹, entidade representante das mantenedoras do ensino superior no país, que apresentou em maio deste ano estudo sobre o impacto econômico da pandemia de Covid-19.

Segundo o Semesp, a taxa de inadimplência no ensino superior privado fechou o mês de abril com valor 72,4% maior do que o do mesmo período de 2019, somando cursos presenciais e EAD.

A taxa de evasão também começa a chamar a atenção. O número de alunos que desistiram ou trancaram matrículas no mês de abril aumentou 32,5% entre os anos 2019 e 2020. 

Com esse cenário, segundo a pesquisa, muitas instituições não conseguiram arcar com a folha de pagamento dos funcionários e, ainda, estão amargando um prejuízo superior a 20% do total de suas receitas em 2020.

Da mesma forma, essa lógica de problemas se aplica às demais escolas, colégios e instituições que atendem crianças, jovens e adolescentes, desde o ensino básico até o ensino médio, além de cursos de idiomas e outros.

É claro que, de certa forma, a crise econômica é o maior fator que leva à inadimplência e evasão estudantil.

Mas, você já parou para pensar como pode criar mais formas de facilitar o pagamento dos seus clientes, para eles não desistirem? 

Uma das maneiras de as instituições terem um papel mais ativo na redução de inadimplência e a evasão ocasionadas por falta de flexibilidade nos pagamentos é automatizando as cobranças e o controle financeiro. Acompanhe a seguir.

Vindi Insights para gestão financeira escolar

A Vindi, plataforma de pagamentos, atende diversos clientes do setor de educação. De acordo com pesquisa² realizada pela empresa no ano de 2020 com seus clientes (entenda mais sobre a pesquisa nas notas no final desse post), as empresas de educação que são altamente digitalizadas, levaram, nos últimos tempos, a melhor performance em pontos estratégicos como:

  • Redução de inadimplência escolar;
  • Churn (evasão) abaixo da média do mercado;
  • Menos fechamentos que o comportamento do mercado.

Nos gráficos abaixo, você vê como as empresas de educação mais digitalizadas, que transacionam seus recebimentos pela Vindi, têm menos cobranças em atraso e maior quantidade de clientes, mesmo em meio ao cenário deste ano:

Cobranças em atraso 2020

Curva de cobranças em atraso para negócios de educação altamente digitais x moderadamente ou não digitais, analisados na pesquisa da Vindi². Destaque para o controle maior de atrasos em negócios altamente digitais (Clique para ampliar).

Observe que, embora também as cobranças em atraso tenham crescido para os mais digitais, algo inevitável esse ano, foi a menor taxa de crescimento de todos os grupos analisados.

Quantidade Média de Clientes 2020

Curva de quantidade média de clientes de empresas de educação, analisadas na pesquisa da Vindi², no decorrer de 2020.

Aqui, damos destaque para o crescimento de 27% de clientes de negócios de educação altamente digitais, em 2020, mesmo em meio à crise.

Preparamos um infográfico imperdível com esses e outros dados! Baixe agora gratuitamente clicando aqui! Veja uma prévia:

Vindi Insights: Métodos de Pagamento

O cartão de crédito é um dos meios mais usados nas transações financeiras para empresas de educação, independentemente do nível de digitalização, como mostra a pesquisa da Vindi.

Métodos de pagamento – Cartão de Crédito

Representatividade do uso de cartão em relação ao total de volume processado, em negócios de educação analisados pela Vindi² (Clique para ampliar).

A cobrança por cartão traz praticidade para pagadores e para a instituição. E, pela plataforma da Vindi, a cobrança já acontece de forma recorrente no cartão de crédito, uma vez que o estudante e seu cartão são cadastrados pelo período definido.

Assim, esta é uma maneira de facilitar a rotina de pagamentos. Mas há também como operar por boletos e outras formas de cobrança pela plataforma da Vindi, embora em menor escala:

Métodos de pagamento – Boleto Bancário

Representatividade do uso de boleto bancário em relação ao total de volume processado, em negócios de educação analisados pela Vindi² (Clique para ampliar).

Como ter uma gestão financeira escolar digitalizada?

A melhor maneira de digitalizar a gestão escolar é contar com softwares especializados em administração e cobranças. Isso quer dizer que a instituição passa a centralizar toda sua gestão financeira em uma só plataforma. 

Assim, o cadastro, mensalidades, aplicação de descontos e multas, envio das cobranças, baixa de pagamentos, controle de inadimplência, relatórios – todos esses processos acontecem em um só lugar.

Com uma plataforma de pagamentos, por exemplo, é possível ter mais facilidade na gestão financeira durante a crise, viabilizando ações que não são possíveis em cobranças não digitais. Nas melhores plataformas de cobrança o gestor conta com:

  • Aplicação de descontos automatizados;
  • Diversificação das formas de pagamento oferecidas, como cartão de crédito, DDA, boleto;
  • Recuperação de inadimplência de cartões vencidos ou de cartões sem saldo;
  • Uso de link de pagamento para cobranças à distância;
  • Uso de notificações de cobrança, por e-mail ou SMS, para lembrar os alunos dos vencimentos.

Se você quiser conhecer os principais softwares ERP de gestão escolar do mercado (que envolvem todo o processo pedagócico além de cobranças) acesse nosso post: os 12 principais softwares de gestão escolar. A Vindi possui integração com a maioria deles!

Conheça a Vindi

A Vindi, plataforma especializada em cobranças recorrentes, como as mensalidades, facilitou a transformação digital das empresas do segmento de educação, com diversos recursos:

  • Página de pagamento para envio de cobranças pela internet, Whatsapp e outros; 
  • Régua de Notificações para configurar mensagens de cobrança aos clientes;
  • Controle de valores a receber, com configuração de valores, multas e descontos;
  • Diversificação de formas de pagamento, operando com as principais formas de pagamento do mercado, inclusive com todas as bandeiras de cartões e emissor de boletos; 
  • Retentativas simples de cobrança em cartões, para que transações recusadas por falta de limite do cartão possam ser recuperadas em novas tentativas em outras datas;
  • Renova Vindi, funcionalidade que permite uma comunicação com os emissores de cartão, para que cartões vencidos e reemitidos sejam atualizados no sistema e a cobrança aconteça normalmente.

Conheça mais sobre essas ferramentas e como elas funcionam para resolver problemas de gestão financeira do seu negócio aqui: 8 ferramentas da Vindi que você precisa conhecer.

Se você se interessou, aproveite a Black Friday da Vindi para aderir à melhor plataforma de pagamentos recorrentes do mercado. Com descontos de até 30% nos planos! Corre, que é por tempo limitado:


Notas:

  1. Semesp: A pesquisa foi feita com 146 instituições de ensino superior privadas de pequeno, médio e grande porte no país.
  2. Pesquisa Vindi 2020 | INSIGHTS – EDUCAÇÃO (Comparativo janeiro-setembro 2020)O que são clientes digitais? São clientes que passaram por uma transformação digital, possuem modelo de negócios totalmente digital ou que já nasceram com modelos de negócios digitais na maior parte do ciclo de vida dos seus clientes e produtos, incluindo as etapas: de venda, pagamento, logística (seja o produto digital ou físico) e/ou suporte.
    Altamente Digitais: alta maturidade tecnológica, usam integrações personalizadas e/ou vendem via site próprio. 129 clientes analisados.
    Moderadamente Digitais: média maturidade tecnológica, usam algum sistema de gestão que automatiza parte de seu processo. 360 clientes analisados.
    Minimamente Digitais: baixa maturidade tecnológica, gestão e venda baseada em processos manuais. 506 clientes analisados.
    Tamanho total da base analisada: 995 clientes.