A integração via API (Application Programming Interface) é uma forma de relacionar sistemas entre si.

Trata-se de uma interface de programação, um recurso muito conhecido por desenvolvedores.

Ela ajuda tanto as companhias que criam softwares a disponibilizarem seu produto no mercado, quanto as empresas a implementarem soluções.

Isso porque, hoje, trabalha-se com uma ampla gama de softwares voltados para negócios, com diversas linguagens de programação. 

Dessa forma, eles precisam estar integrados uns aos outros para conferir unidade ao trabalho realizado e automatizar processos. 

Assim, é muito importante que as soluções tecnológicas no mercado tenham uma API amigável, ou seja, de fácil implementação.

Você já percebeu que estar atento a esse processo é muito importante, principalmente nas áreas de tecnologia, certo?

Neste conteúdo, então, vamos explicar mais sobre o funcionamento da API, suas vantagens e tudo sobre a integração via API da Vindi.

Boa leitura!

O que é uma API e qual a sua função?

A API, sigla em inglês para Interface de Programação de Aplicativos, é um código que viabiliza a comunicação entre duas plataformas diferentes – que podem, até mesmo, ter linguagens distintas de programação.

A função da integração API é criar interfaces entre os diversos sistemas do meio, compatibilizando o fluxo de informações visando ao crescimento e à sustentabilidade do negócio.

Modelar e desenvolver efetivamente a integração é um processo de extrema importância e deve ser planejado com antecedência para garantir o controle de riscos e impactos.

Aqui na Vindi, temos um time de especialistas que focam em exatamente obter o melhor modelo de integração.

Trabalhamos com a sua equipe, planejando cada etapa de acordo com a melhor experiência para o seu cliente.

Saiba mais sobre APIs no vídeo abaixo:

Os benefícios de fazer integração via API

No início da pandemia, passamos por um momento de digitalização forçada.

Nesse novo contexto, vários negócios ainda não estavam preparados, o que levou a um processo indigesto de seleção natural do mercado mundial.

O poder de adaptação precisa estar conectado intrinsecamente com a tecnologia.

Ela deve permear os chamados “meios sistêmicos” de um negócio para manter uma conexão sustentável e otimizada entre seus recursos.

Assim, pode-se reduzir o tempo empregado em tarefas manuais da sua gestão.

Quando falamos do meio sistêmico, podem ser considerados o site, meio de pagamento, gestão de assinaturas/pedidos e logística, entre outros. 

Se esses meios não se comunicarem de forma efetiva, a gestão do negócio fica comprometida.

É aí que os benefícios de uma integração via API entram para flexibilizar, gerar economia e dar segurança para o seu negócio.

Por isso, ao chegar o momento de decidir sobre a melhor forma para gerenciar as cobranças ou vendas, considere os benefícios destacados a seguir.

Flexibilidade na venda

A integração com o seu site pode ser criada de acordo com a sua regra de negócio, considerando as particularidades e conectada ao sistema com as informações de que precisa.

Dessa maneira, a API é um caminho para gerar retorno de forma escalável, beneficiando também o seu cliente final. 

Com ela, é possível fornecer métodos de pagamentos, descontos personalizados, área logada, oneclick e até correlacionar descontos a clientes que já efetuaram outros pedidos.

Além da experiência contínua do consumidor no momento da compra, que impacta na sua conversão diretamente, a utilização do checkout transparente é um ótimo recurso para o seu negócio.

Nesse aspecto, uma API é indispensável para que esse processo transcorra sem interrupções e em um ambiente seguro.

Diversidade de pagamento

A disponibilidade de diferentes formas de pagamento é uma maneira de proporcionar conveniência e atrair públicos diferentes. 

Isso envolve não só as formas de pagamento em si, mas também as possibilidades de parcelamento nas compras. 

Ter todas estas opções por meio de apenas uma integração gera economia de tempo e recursos.

Assim, abre-se a possibilidade do retorno sobre o investimento acontecer em curto a médio prazo.

Nunca é demais relembrar que, hoje, o cliente é omnichannel, ou seja, compra e se relaciona por múltiplos canais, online e offline.

Entre os muitos aspectos que esse perfil de consumidor valoriza, está a experiência de compra, na qual a rapidez das transações e a segurança são essenciais.

Tudo isso pode ser proporcionado quando os processos de retaguarda estão integrados via API.

Automação do negócio

A integração com a ferramenta para gerenciar as cobranças pode impactar na experiência do cliente final além do momento da venda.

Nesse aspecto, ter uma regra de mensageria (e-mails/sms) customizada com a sua identidade visual e disparada seguindo essas regras pode gerar bons resultados na recuperação de clientes inadimplentes

Lembre-se que cobranças recorrentes aliadas à automação da cobrança garantem a organização financeira do negócio.

Isso sem contar o papel da retentativa em transações rejeitadas seguindo as melhores práticas do mercado para recuperação da inadimplência.

Vale frisar também a integração dos retornos automáticos (webhooks), que reduzem a complexidade do próprio processo de integração.

O que é preciso para fazer uma integração via API?

Existem, basicamente, duas formas de se fazer uma integração via API.

Uma, manual, em que uma equipe de profissionais de TI se dedica a escrever códigos com o objetivo de transformar, integrar e higienizar as informações com origem em diversos aplicativos usados ​​em uma empresa.

A outra, mais recomendada, é utilizar plataformas de integração capazes de trabalhar sem as limitações do trabalho manual de codificação.

Uma dessas plataformas é a Vindi que, como veremos mais à frente, é desenvolvida para ser fácil de usar, sem deixar de ser segura e robusta.

De qualquer forma, a integração de aplicativos e interfaces de trabalho por uma API é uma operação que requer bastante cuidado e planejamento.

Isso vale especialmente para as empresas que terão que lidar com sistemas legados e seus bancos de dados.

Quais erros podem aparecer em uma integração via API?

Falando em sistemas legados, eles são uma potencial fonte de erros ao fazer a integração via API.

Nesse caso, é preciso considerar que eles contam com bancos de dados que nem sempre estão integrados.

Assim, corre-se o risco de que, ao integrar esses sistemas via API, algum desses bancos se perca.

Além disso, há erros cabais na fase de testes que também precisam ser evitados.

Um deles é se limitar apenas aos testes de Interface Gráfica do Usuário (GUI), acreditando que eles já dizem se um app está integrado ou não.

Da mesma forma, é um erro achar que só a performance de um aplicativo no momento do teste é suficiente para atestar sua qualidade. 

Afinal, há falhas que podem surgir posteriormente, demandando retrabalho e todo um novo esforço de integração.

Como funciona a API de pagamento da Vindi?

Desde sua fundação, a Vindi tem um compromisso real de ter uma API de pagamento flexível, ampla e simples de implementar

Essa é uma das maiores preocupações da empresa, que construiu uma das melhores APIs de pagamento do país.

Sua API é voltada para negócios de alta escala e permite a construção de qualquer tipo de negócio online.

Em primeiro lugar, a API da Vindi funciona por REST e, portanto, pode ser utilizada por meio do protocolo HTTPS, um dos mais robustos, seguros e padronizados que existem. 

Conheça em detalhes no vídeo abaixo:

A empresa traz recomendações aos usuários para que tenham a melhor experiência com a integração via API. 

Uma dessas recomendações, por exemplo, é realizar a integração através de bibliotecas REST consolidadas em cada linguagem de programação.

Além da REST API, a Vindi também suporta o envio de webhooks (notificações), que facilitam a identificação de eventos que ocorrem na plataforma e tornam a comunicação com o usuário mais eficiente.

Também conta com campos personalizados, em que metadados são definidos e escolhidos pelo usuário, que pode inserir as informações mais importantes na hora de criar as soluções de pagamento.

Ao assinar a Vindi, você pode testar as requisições diretamente em uma documentação interativa ou então utilizar o Postman, plugin gratuito do Chrome.

Não menos importante, a API da Vindi oferece toda a segurança para o seu negócio, por métodos de autenticação e criptografia. 

Seguimos as normas de PCI Compliance Nível 1, que são procedimentos para empresas que transacionam cartões de crédito, garantindo a segurança de dados e informações de clientes em todo o mundo.

Quais integrações a plataforma da Vindi oferece?

Na plataforma da Vindi, integramos diversas formas de faturamento para os usuários: faturas avulsas, assinaturas e gateway de pagamentos são algumas delas.

O usuário define qual a melhor integração e constrói um checkout totalmente voltado às características do seu negócio.

Dessa forma, milhares de empresas usam a API de pagamento da Vindi, desde serviços por assinaturas, passando por empresas que usam recorrência até e-commerces.

Todas as principais adquirentes de cartões (Cielo, Rede, Stone, Getnet, PayPal e outras) podem ser integradas na Vindi em uma única API, sem a necessidade de realizar múltiplas integrações distintas.

Além disso, há centenas de integrações e extensões já disponíveis na plataforma da Vindi para os usuários terem uma solução completa:

  • Sistemas ERP (diversos segmentos)
  • Plataformas de e-commerce (como WooCommerce, VTex, Magento e outras)
  • Emissão de Notas Fiscais (como a Nfe.io)
  • Antifraude (como ClearSale e Konduto)
  • Conciliação de pagamentos (como Concil, Confere). 

E muito mais! Conheça todas as integrações da Vindi aqui.

Potencialize o faturamento de seu negócio através de uma plataforma totalmente online, com tecnologia robusta para gestão de pagamentos recorrentes, controle de inadimplência e gestão da carteira de clientes.

Se interessou pela Vindi? Faça uma demonstração gratuita da plataforma!

Você precisa de uma solução de pagamentos para o seu negócio? Conheça a Vindi! Faça uma demonstração gratuita! Imagem de mulher ilustrada de forma estilizada em fundo bege e laranja segurando notebook no colo.