O Vindi Insights de abril de 2022 tem tudo o que você precisa para ficar por dentro do mercado da recorrência.

Os segmentos de maior destaque no mês foram Turismo e Hotelaria, Associação e Doações e Seguradora, como veremos ao longo dos tópicos.

Sobre as notícias, a grande novidade é que o Real Digital pode ser lançado em breve.

Então, continue a leitura para conferir todas as informações e se inspirar com dados de mercado. 

Notícias do mercado da recorrência

Vamos começar com as novidades do mercado da recorrência e pagamentos digitais.

Confira as principais notícias do mês:

Netflix tem 1ª queda de assinantes em uma década

A Netflix teve sua primeira queda de assinantes em mais de uma década, conforme divulgado em seu relatório do segundo trimestre de 2022.

Ao todo, a plataforma perdeu 200 mil assinantes, ao contrário da previsão de ganho de 2,5 milhões de novos usuários nesse período.

Já para o segundo trimestre, a empresa divulgou um cenário fraco, projetando a perda de 2 milhões de assinantes, apesar de novas temporadas de franquias de sucesso como “Stranger Things” e “Ozark” e da estreia do filme “The Grey Man”.

A explicação para a queda está no grande número de residências compartilhando contas e aumento da concorrência, além da decisão da Netflix de suspender o serviço na Rússia.

BC anuncia adiamento do Real Digital para 2024

O Real Digital, a moeda digital do Banco Central, teria seus primeiros testes no segundo semestre de 2022. No entanto, a greve dos servidores atrasou a programação. 

A expectativa é que os pilotos aconteçam entre 2023 e o primeiro semestre de 2024 e que o lançamento oficial seja no segundo semestre de 2024, contou ao Infomoney o Coordenador da Iniciativa do Real Digital, Fábio Araújo. 

A novidade deve “melhorar a eficiência do mercado de pagamentos de varejo e de promover a competição e a inclusão financeira para a população ainda inadequadamente atendida por serviços bancários”, disse Roberto Campos Neto, Presidente do BC. 

Ele afirmou que o valor do Real Digital será baseado no Sistema de Transferência de Reservas (STR), plataforma em que é feita a liquidação final de todas as obrigações financeiras no Brasil.

Confira no nosso podcast sobre o Real Digital as diferenças dessa novidade para as criptomoedas e como isso pode impactar o seu negócio nos próximos anos:

E-book gratuito traz dicas para combater a inadimplência nos negócios

A inadimplência não para de crescer, e o endividamento faz soar um sinal de alerta para os empreendedores em 2022.

De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada recentemente pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a média de famílias brasileiras endividadas em 2021 foi de mais de 70%.

Em dezembro, registrou um patamar máximo histórico de mais de 76%.

Já o Mapa da Inadimplência e Renegociação de Dívidas no Brasil, publicação mensal do Serasa, aponta que em março de 2022 foram contabilizadas mais de 65 milhões de pessoas endividadas.

Felizmente, a Vindi preparou um e-book gratuito repleto de dados sobre a inadimplência no Brasil, seus impactos sobre segmentos como varejo e e-commerce, além de dicas e estratégias para lidar com este problema e evitar que ele chegue até sua empresa.

Faça o download gratuito e aproveite o conteúdo.

Nextron cria energia solar por assinatura e levanta capital

A Nextron, uma energy tech brasileira, criou uma solução para clientes que querem investir em energia solar, mas não podem pagar mais de R$ 30 mil na instalação dos equipamentos.

Depois de oito meses desenvolvendo uma plataforma de energia solar por assinatura, a startup fundada por Ivo Pitanguy e Roberto Hashioka acaba de levantar US$ 2,3 milhões (o equivalente a R$ 11,5 milhões) para escalar o negócio.

A rodada seed da Nextron foi liderada pela Valor Capital a gestora de Clifford Sobel já havia investido na fintech Solfácil, conhecendo bem o mercado de energia solar.

Com o marketplace, os clientes da startup acessam a plataforma digital para assinar o serviço de energia solar, que pode gerar uma economia mensal de 10% a 20% no custo da energia.

Em poucos cliques, o usuário faz a integração da conta de energia na distribuidora convencional com a Nextron e passa a pagar a conta a partir do sistema da startup.

Indicadores econômicos

Os indicadores econômicos merecem atenção devido aos desafios que enfrentamos no cenário atual.

Confira as movimentações dos principais índices:

IGP-DI (Índice Geral de Preços) sobe 0,41% em abril de 2022

O IGP-DI variou 0,41% em abril, percentual inferior ao apurado no mês anterior, quando cresceu 2,37%.

Com este resultado, o índice acumula alta de 6,44% no ano e 13,53% em 12 meses.

Confiança do consumidor sobe 3,8 pontos em abril e chega a 78,6 pontos

A confiança do consumidor subiu 3,8 pontos em abril de 2022, na série com ajuste sazonal.

Com isso, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) ficou em 78,6 pontos, maior nível desde agosto de 2021, quando era de 81,8 pontos.

IGP-M: inflação do aluguel sobe 1,41% em abril e tem alta de 14,66% em 12 meses

Recuo nos preços ao atacado de commodities agrícolas como soja, milho e café atenuaram o impacto da alta dos combustíveis e dos preços aos consumidores.

Com o resultado, o índice passou a acumular alta de 6,98% no ano e de 14,66% em 12 meses.

O IGP-M de abril ficou abaixo da expectativa, em pesquisa da Reuters de alta de 1,70%.

“Prévia da inflação”: IPCA-15 acelera a 1,73% em abril, maior alta desde 1995 para o mês

O IPCA-15 acelerou para 1,73% em abril.

O número é 0,78 ponto porcentual maior que a taxa de março (0,95%).

É a maior variação mensal do indicador desde fevereiro de 2003 (2,19%), além de ser a maior variação para um mês de abril desde 1995 (1,95%).

Transações por segmento

Em relação ao número de transações de nossos clientes, os destaques positivos foram Associações e Doações, com aumento de 56,6% no mês (graças a um player específico), e Turismo e Hotelaria, com crescimento de 9%.

A maior queda foi do setor de Saúde, com -7,9%.

Vindi Insights: Transações em %

Taxa de aprovação de intermediadores

Em relação à taxa de aprovação de abril de 2022, o Intermediador da Vindi teve um aumento de transações aprovadas em + 4,1%.

TPV Destaques

Agora vamos conhecer os destaques do mês de abril de 2022 em relação ao TPV.

Destaques positivos

No TPV por segmento, tivemos os seguintes destaques positivos:

  • Associação e Doações (+34%): a entrada de um player específico teve grande impacto no TPV do setor, com um crescimento de 144% em relação a março de 2022. 
  • Turismo e Hotelaria (+21,8%): o segmento retoma os holofotes com um crescimento de 21,8%, pautado em um player com variação de 14,3% no mês.
  • Seguradoras (+15,2%): o aumento se deve a uma das contas que teve crescimento impressionante de 473% em abril de 2022.

Destaques negativos

Já os segmentos com maior queda foram:

  • Clube de Assinaturas (-16,4%): a queda foi puxada por um player com variação negativa de 26,2%. Apesar disso, outro player conseguiu crescer 230% no mesmo período.
  • Saúde (-12,7%): um cliente específico motivou a queda com uma variação negativa de 15% em abril de 2022.
  • Serviços financeiros (-10,8%): é o terceiro mês de queda do setor, que teve um player com variação negativa de 53,3%.

TPV por segmento

Veja o gráfico completo com o TPV de todos os segmentos atendidos pela Vindi.

Vindi Insights: TPV por segmentos

Distribuição do mix

Por fim, confira a distribuição do mix do mês, que mostra a representatividade de Seguradoras e Associações e Doações em abril de 2022.

Vindi Insights: Distribuição do mix

Então, gostou dos resultados e novidades do Vindi Insights de abril de 2022?

Não perca os próximos relatórios e acompanhe todas as movimentações do mercado da recorrência!

Rate this post

Write A Comment

[data-image-id='gourmet_bg']
[data-image-id='gourmet_bg']
[data-image-id='gourmet']
[data-image-id='gourmet']