O tema de hoje é multiadquirente! “Mas, eu não sei nem o que é adquirência, muito menos multi.” Se isso passou pela sua cabeça, fique tranquilo! Nós vamos explicar tudo para você. Saiba como é o processo de ter uma multiadquirente a e conheça as principais vantagens. 

Alguns anos atrás, quando a gente ia fazer alguma compra em um estabelecimento, o vendedor tinha que ter diversas maquininhas para passar cartão, pois cada cartão era aceito em suas determinadas bandeiras. Por exemplo, os cartões Visa eram capturados apenas pela Cielo, já a Rede, era exclusiva dos cartões MasterCard, e por assim em diante. Era até comum chegar com o seu cartão e receber a resposta “infelizmente, não trabalhamos com esse cartão”.

Com o passar do tempo, esse mercado tornou-se cada vez mais competitivo e foi preciso mudar! No ano de 2010, o Banco Central do Brasil e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica liberaram para que a Cielo e Rede aceitassem as principais bandeiras. Além dessa facilidade no momento das compras, muitas outras novas adquirentes entraram no mercado, como a Stone, aquecendo a concorrência do ramo.  

Em 2015, houve uma liberação geral! Assim, tornou-se possível passar diversas bandeiras de cartão em uma mesma “maquininha”, sem exclusividade como era anteriormente. Foi aí que começou a ser possível trabalhar no modelo de multiadquirente. 

Agora, vamos entender melhor sobre os termos, para entender sobre multiadquirente

Acima, você compreendeu que adquirentes podem ser a Cielo, Stone, GetNet e muitas outras. 

O que é adquirência 

A adquirente é o credenciador. Sendo assim, ele é o responsável por processar o pagamento, seja em uma “maquininha”, em uma compra na loja física, ou em uma compra online quando você coloca os dados do seu cartão. Logo, é a principal ponte de contato entre o comerciante, as bandeiras de cartão e os bancos. 

Ou seja

A adquirência para uma compra offline, em um estabelecimento físico, pode ser considerada a “maquininha”, pois ela que realizará toda captação de informação para dar sequência ao pagamento. Pensando em uma compra online, a adquirência está integrada ao e-commerce por meio de um gateway de pagamento. 

A importância de ser multiadquirente

Quando o consumidor realiza uma compra online, muitas coisas acontecem quando as informações do cartão são analisadas. Com isso, você vai entender a importância de ser  multiadquirente e como, isso,  minimiza a chance do cliente desistir da compra.  Veja o passo a passo.

Ao realizar um pagamento, é possível que exista algum tipo de falha no pagamento. Esse erro pode ser ocasionado pela conexão com o banco ou adquirente, internet, erro no número do cartão e entre outros;

Quando essa falha é detectada, a API do gateway pode enviar uma nova tentativa de pagamento para uma outra adquirente;

O comprador não fica nem sabendo disso, o que é bom para o e-commerce. Pois, ele não abandona a página sem finalizar o pagamento. Assim, não perde a venda! 

Mais vantagens para o seu negócio 

Além disso, ao ser um multiadquierente, você pode transitar por melhores taxas, com maior gama para negociação. E, você tem maior liberdade de escolha para o seu negócio.

Bônus 

Quer ler mais conteúdo sobre este tema? Fique com a gente aqui no blog. Saiba a diferença entre adquirente, subadquirente e gateway.banner_newsletter_blog_2