Mais de 200 MIL PESSOAS sabem como vender mais e sempre.

Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos você também.

Abasteceu, saiu.

Foi exatamente isso o que eu fiz ao parar num posto Shell há alguns meses e pela primeira vez, usar o SEM PARAR como forma de pagamento. Sem dinheiro, sem cartão, sem senha, sem sair do carro. Antes de sair do posto já havia chegado um SMS no meu celular com a confirmação do débito na minha conta do SEM PARAR. Eu chamo isso de fricção zero no pagamento.

Com o avanço da tecnologia em meios de pagamento, o comércio está se movendo para tornar mais fácil a vida dos clientes na hora de pagar. Cartão por aproximação, pagamento móvel, carteira digital e pagamento automático via tag, são algumas das tecnologias que vem tirando barreiras e mudando a experiência do varejo na hora de pagar.

Partindo para o mundo virtual, como cliente, seria fantástico ter uma experiência ‘padrão SEM PARAR’ ao fazer compras online.

Diferente do varejo, a taxa de conversão média do e-commerce brasileiro é de apenas 1,6%. Isso quer dizer que a cada 10.000 visitantes de um e-commerce, em média 165 irão realizar uma compra. Mas vale lembrar que essa é a média do mercado. Portanto, é normal encontrarmos lojistas iniciantes com 0,5% de taxa de conversão. A cada 10.000, somente 50 visitantes irão comprar.

O principal culpado por essa taxa ser tão baixa é o famoso abandono de carrinho, que tanto no pessoal, quanto no profissional, tiram o sono de quem administra um e-commerce. O cliente seleciona os itens que deseja, mas por alguma razão, não conclui a compra. Em 2017 a taxa de abandono de carrinhos foi de 82%, segundo uma pesquisa da E-commerce Radar.

É como se o seu time entrasse em campo, avançasse para o ataque diversas vezes, mas na hora de fazer os gols, por algum motivo, desistisse e chutasse a bola para escanteio. Uma, duas, três vezes… A cada 10 ataques, 8 desistências de chutar pro gol. Você ia ficar louco da vida! Ia xingar até a quinta geração daqueles jogadores!

No comércio eletrônico não é muito diferente. Ver seus clientes desistindo de comprar na cara do gol, no checkout, é desesperador. O cliente desiste da compra no checkout por motivos como, esquecimento da senha, ausência de barra de progresso, checkout muito extenso, botões ruins, segurança duvidável, taxas inesperadas, e muitos outros.

Mas a dificuldade de realizar o pagamento é um dos principais inimigos do checkout ‘goleador’. É que o chamo de fricção no pagamento. Quanto menos atrito, menos estresse seu cliente tiver na hora de pagar, maior a sua taxa de conversão.

Duas dicas para reduzir a fricção no pagamento do seu e-commerce:

Dê mais opções de pagamento, mas não muitas

Escolha uma solução de pagamento que lhe permita oferecer as principais formas de pagamento aos seus clientes, cartão de crédito, débito e boleto. Como o cartão de crédito é a forma mais segura e usada, ofereça várias bandeiras e opções de parcelamento.

Quem trabalha com assinaturas, mensalidades ou mesmo planos, pode optar pelo pagamento recorrente. Por meio dele, é possível cobrar clientes em cartão de crédito, débito bancário ou mesmo boleto de forma automática, sempre na data acordada em contrato.

Se você quiser saber mais, não deixe de ler nosso “Guia completo do Pagamento Recorrente”.

Ofereça o Checkout Transparente

O Checkout Transparente é aquele que ocorre diretamente no ambiente da sua loja virtual, não precisando redirecionar o cliente para um ambiente diferente a fim de concluir o pagamento.

Sabia que essa forma bem mais simples de pagar chega a aumentar em até 30% as conversões do e-commerce?

Para ter uma aula sobre Checkout Transparente, acesso o nosso “Guia Prático para Conversão”.

Realmente, boa parte dos abandonos de carrinho têm a ver com erros no processo de pagamento. Assim, por seguir essas dicas práticas e simplificar o pagamento na sua loja, você com certeza verá um aumento nas vendas. Mais do que isso, os clientes terão mais motivos para recomendar seu site e para voltar outras vezes!

Ou você acha que eu continuo abastecendo da forma tradicional?

Author

Mineiro radicado em SP, comunicador profissional formado pelo SENAC, é também formado em contabilidade e gestão comercial. Amante da vida e apaixonado por tênis. Atualmente é Head de Novos Negócios na Vindi e Coach de oratória e expressão verbal.