Como cobrar pacientes em odontologia?

O segmento de odontologia tem se modernizado e entendeu que oferecer mais opções de pagamento aos seus pacientes é importante para atrair mais pessoas e, também, fidelizar quem já gosta dos serviços prestados pelo consultório.

Muito além do pagamento em dinheiro e cheque; que eram os principais meios usados no passado. Hoje, a tecnologia permite facilmente que você inclua pagamento com cartões de crédito, sem nem mesmo tomar o limite do paciente.

Abaixo, separamos tudo o que você precisa saber na hora de responder a seguinte pergunta:

Como cobrar pacientes em odontologia?

Meios de pagamento e cobrança

Cartão

De acordo com dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), o valor movimentado por cartões de crédito aumentou 12,4% (mais de R$ 842 bilhões) no último ano. Já cartões de débito apresentaram alta semelhante, de 12,6% (R$ 508 bilhões). Segundo informações da Abesc sobre a modalidade, está previsto um crescimento de 15,5% ainda em 2018.

Portanto, pagamentos em cartão são mais populares, sobretudo por conta das vantagens. Como, por exemplo, praticidade e prazos. Além disso, é um meio seguro para se realizar transação por dispensar o uso de dinheiro em espécie.

Sendo assim, alguns dos benefícios que você terá ao aceitar o uso de cartões em seu consultório são:

  • Garantia do recebimento do valor total;
  • Redução na taxa de inadimplência;
  • Maior praticidade em suas transações.

Assim, você precisará contar com os serviços de uma rede adquirente ou uma plataforma de pagamento.

Adquirentes

Adquirentes, como a Cielo, Rede e GetNet, são responsáveis pela captura, transmissão, processamento e liquidação financeira das vendas. Elas também determinam quais serão as taxas cobradas por vendas, pois são encarregadas de realizar a comunicação com as bandeiras e pela distribuição de máquinas de cartão.

Para cobrar pacientes em odontologia, uma opção seria a máquina POS (Point of Service). Dessa forma, você será capaz de realizar transações dentro de seu próprio consultório.

Plataforma de gestão de pagamentos

Uma plataforma de gestão de pagamentos com um gateway completo é responsável por cuidar dos processos que envolvem uma compra ou contratação de um serviço. Com ela, você pode vender como quiser, seja cartão de crédito, boleto ou débito em conta.

Você também será capaz de controlar o faturamento do seu consultório de forma simples e eficaz, além de poder realizar todas as tarefas em tempo real. Seu consultório poderá conciliar, estornar, analisar e enviar notificações para seus pacientes com poucos cliques.

Outra vantagem de uma plataforma de gestão de pagamentos, como a Vindi, é a possibilidade de customizar e integrar diferentes softwares de consultas em um único ambiente. Assim você pode criar uma plataforma que tenha a cara do seu consultório, com todas as ferramentas necessárias para realizar uma boa gestão.

Boleto

Boleto bancário é um meio de pagamento relativamente barato, que também permite a negociação de prazos e descontos. Ainda em alta em grande parte do mercado brasileiro, essa opção é importante para clientes que não possuem cartões de crédito.

Algumas pessoas preferem boletos. Isso representa praticidade, já que pode ser pago em qualquer instituição bancária, lotéricas ou agências dos Correios.

Cheque

Apesar dessa ser uma modalidade de pagamento pouco utilizada, sobretudo pelo aumento na taxa de inadimplência, cheques ainda são uma opção para alguns consultórios na hora de cobrar pacientes em odontologia.

Contudo, há um Projeto de Lei da Câmara (PLC) que estabelece algumas regras para pagamentos com cheque. Comerciantes que aceitaram a forma de pagamento, somente poderão recusá-lo em duas situações:

  • Se o nome do emitente constar no de serviço de proteção ao crédito;
  • Se o consumidor não for o emitente do cheque e titular da conta corrente.

Antes de ser aprovada, a PLC ainda precisa ser analisada pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização, Controle e Defesa do Consumidor (CTFC).

Pagamento Recorrente

O pagamento recorrente é ótimo para casos de serviços contínuos, em que há o pagamento de mensalidades ou parcelas. Esse método é mais fácil e seguro, inclusive para cobrar pacientes em odontologia. Já que o consumidor não precisará se preocupar em pagar todos os meses o mesmo valor, uma vez que a transação será feita de forma automática.

Também existe um modelo de pagamento chamado de “assinatura parcelada”, que envolve aspectos do parcelamento e do pagamento recorrente. Ele acontece quando um paciente contrata um tratamento com duração de 6 meses, e paga em 12 parcelas.

Para um consultório de odontologia, há uma série de benefícios que esse modelo de pagamento recorrente traz. Por exemplo:

  • Cobrança por cartão de crédito ou débito;
  • Controle de pagamentos maior e mais simples, assim como realização de cobranças;
  • Redução da inadimplência, afinal, o paciente saberá quando deverá pagar cada mensalidade. Se a cobrança for pelo cartão de crédito, o pagamento é realizado de forma automática.

Para seus pacientes, o maior benefício do pagamento recorrente é que ele toma somente o limite do valor da parcela, e não o total do cartão de crédito do cliente.

Agora que você já conhece os principais métodos de pagamento, é preciso oferecer o mais adequado na hora de cobrar pacientes em odontologia.

banner e-book recorrente

Sobre o autor

Redação Vindi
A Equipe de redação Vindi é formada pela área de sucesso do cliente, marketing, financeira e vendas. Todo mundo contribui para que você fique informado sobre tudo em assinaturas, pagamento on-line e Saas.

Você vai gostar também

Meios de pagamento: como escolher o melhor para su... Na hora de montar um projeto de negócio eficiente você precisará elaborar uma estrutura eficaz que funcione em todos os aspectos, inclusive definir qu...
Compare os principais meios de pagamento eletrônic... A possibilidade de compra e venda através da internet disseminou o enorme fluxo de negociações online em todo o globo terrestre. A partir disso, surgi...
O que você precisa para abrir um e-commerce de suc... Começar seu próprio negócio não é uma atividade simples, mesmo que seja online. Abrir um e-commerce é a mesma coisa. Embora hoje não seja difícil ter ...
O que são adquirentes e quais trabalham no Brasil?... Você já ouviu falar em adquirentes? São companhias que efetuam as transações financeiras, ou seja, são instituições que aceitam o pagamento da compra....