Os consultórios odontológicos entraram na onda da recorrência e estão garantindo seu faturamento contínuo.

Tudo começou com o aparelho dental, que é um clássico recorrente da odontologia, e se espalhou para outros serviços como check-up bucal, implante dentário e procedimentos estéticos.

Agora, os dentistas contam com os privilégios do pagamento recorrente e têm um caminho promissor para expandir seus negócios.

Vamos explicar como a recorrência está transformando os consultórios odontológicos e como você pode adotar essa tendência a partir dos seguintes tópicos:

Continue lendo e aproveite a oportunidade para melhorar seus serviços.

Consultórios odontológicos: um negócio promissor

Os consultórios odontológicos estão entre os negócios mais promissores na área da saúde.

Com a pandemia, houve uma queda no setor devido às medidas de distanciamento social, mas as perspectivas são de uma recuperação rápida e consistente.

De acordo com o Conselho Federal de Odontologia (CFO), existem quase 600 mil empreendimentos odontológicos no país, entre consultórios, laboratórios, fabricantes de produtos e profissionais liberais. 

O faturamento registrado no setor nos últimos anos ultrapassou os R$ 38 bilhões, de acordo com dados do CFO publicados antes da pandemia pelo portal Terra.

Já a pesquisa Painel de Odontologia Suplementar, feita pela IESS, mostra que os procedimentos odontológicos cresceram mais de 388,5% no país em um período de 5 anos.

Uma tendência que está ajudando a alavancar o mercado odontológico no país é o aumento dos procedimentos estéticos em consultórios.

Segundo dados do Instituto Andrea Tedesco, mais de 30 mil cirurgiões dentistas ingressaram na área de Harmonização Facial desde 2019.

Logo, são várias as possibilidades para empreender na odontologia e lucrar com tratamentos e procedimentos diferenciados.

Como montar um consultório odontológico de sucesso

Para montar um consultório odontológico de sucesso, é preciso ter um bom plano de negócio e se atentar a uma série de requisitos.

Muitas vezes, os dentistas começam a carreira atuando como profissionais liberais ou contratados de clínicas e empresas e, conforme ganham experiência, partem para o empreendedorismo e abrem seu próprio espaço.

Para começar, você precisa de um bom capital para investir em toda a estrutura e equipamentos necessários.

De acordo com o Sebrae, o investimento inicial gira em torno de R$ 75 mil.

Isso porque a estrutura do consultório deve obedecer às exigências da Resolução RDC nº 50/2002 da ANVISA, que estabelece uma série de normas como área mínima dos ambientes, padrões de higiene, técnicas de descontaminação, materiais e superfícies, etc.

Na parte de formalização, o consultório também precisa de uma Licença Sanitária e registro em órgãos como Junta Comercial, Corpo de Bombeiros e Conselho Regional de Odontologia (CRO).

Além disso, é preciso se atentar à contratação de pessoal, capital de giro e definição de processos de gestão.

Quanto mais organizado e bem gerenciado for o consultório, maiores as chances de sucesso no mercado.

No que diz respeito às finanças, a recorrência aparece como uma ótima estratégia para garantir receita previsível e manter a saúde financeira da empresa.

Aparelho dental e recorrência: qual a relação?

Quando se trata de recorrência nos consultórios odontológicos, o primeiro serviço que vem à mente é o aparelho dental.

No caso, o tratamento ortodôntico é naturalmente recorrente, pois o paciente precisa voltar ao consultório periodicamente para fazer a manutenção do aparelho e obter a evolução esperada.

Por isso, muitos profissionais trabalham com a cobrança de mensalidades para esse tipo de serviço.

Logo, existe uma frequência de compra contínua e um modelo de assinatura que proporciona uma receita recorrente ao consultório.

Para o dentista, é uma grande oportunidade de manter o faturamento sempre em dia e não depender somente de consultas e procedimentos pontuais, que podem ter seus altos e baixos de acordo com o período.

Para os clientes, também existem vantagens, como diferentes formas de pagamento e a possibilidade de usar o pagamento recorrente no cartão, que não ocupa o limite de crédito. 

E, felizmente, não é só o aparelho dental que pode ser adaptado às vendas recorrentes em um consultório odontológico.

6 serviços recorrentes de consultórios odontológicos

Existem vários serviços com potencial para a cobrança recorrente nos consultórios odontológicos. 

Confira os mais promissores.

1. Tratamento ortodôntico

Como vimos, o aparelho dental é um dos serviços recorrentes mais comuns em consultórios odontológicos.

Ele tem como objetivo corrigir o posicionamento dos dentes e ossos faciais, melhorando a mastigação e o sorriso.

O tipo de aparelho, duração e fases do tratamento variam muito, mas, de modo geral, os pacientes retornam às consultas por um período entre 6 meses e 3 anos

Além disso, o processo envolve etapas de alinhamento, correção, finalização e contenção.

Logo, é uma grande oportunidade para o dentista obter receita recorrente, pois os resultados dependem da frequência e consistência do tratamento.  

2. Check-up e profilaxia

O check-up bucal e a profilaxia (limpeza profissional) frequentes são indispensáveis para um sorriso saudável.

Essa é uma das principais recomendações dos dentistas, mas nem todo mundo se lembra de fazer visitas recorrentes ao consultório para prevenir problemas e manter a saúde bucal.

Por isso, a solução é oferecer planos de check-up por assinatura com visitas regulares pré-agendadas.

A frequência das consultas depende da situação de cada paciente, mas de modo geral é indicado trabalhar com planos semestrais ou trimestrais. 

Dessa forma, você garante a fidelização dos clientes e transforma os serviços mais básicos em receita contínua para o consultório.

3. Implantodontia

Outro serviço que se encaixa perfeitamente na recorrência é a implantodontia.

O tratamento dura entre 8 meses e 2 anos, dependendo da complexidade do implante (com ou sem enxerto ósseo, por exemplo).

O serviço consiste em implantar um pino (geralmente feito de titânio) que substitui a raiz do dente perdido, realizar a osseointegração e então instalar uma prótese dentária com a aparência mais próxima possível do dente natural.

Muitas vezes, o valor elevado do serviço afasta potenciais pacientes, e a recorrência é uma solução interessante para isso.

Em vez de cobrar de uma vez ou parcelar valores no cartão, você pode criar planos de implantes com pagamentos mensais ao longo do tratamento.

Ainda é possível estender o plano para a manutenção periódica do implante, de modo que a recuperação do paciente seja 100% satisfatória. 

4. Clareamento dental

O clareamento é um serviço muito popular na dentística, a área da odontologia que cuida da estética do sorriso.

O número de sessões necessárias para alcançar um resultado satisfatório depende da pigmentação e condições dos dentes, mas é comum que os dentistas realizem entre 2 e 6 sessões com a técnica a laser, por exemplo.

Existem ainda técnicas que utilizam um gel clareador e uma moldeira, que pode ser utilizada em casa durante o tratamento.

Em todos os casos, é possível utilizar a recorrência para cobrar mensalidades do paciente e criar planos de manutenção do clareamento.

5. Lente de contato dental e faceta de porcelana

As lentes de contato dentais e facetas de porcelana também estão entre os serviços estéticos preferidos nos consultórios odontológicos.

Elas permitem remodelar completamente o sorriso do paciente e corrigir qualquer tipo de problema, como escurecimento, desgaste, restaurações, desalinhamento, etc.

Enquanto a lente é usada para correções mais sutis e é mais fácil de ser colocada, as facetas exigem um desgaste maior dos dentes para fixação, mas têm um resultado superior.

Em ambos os casos, o tratamento pode ser longo, pois é preciso fazer exames prévios, realizar a profilaxia, planejar a cor e formatos dos dentes, fazer escaneamento e moldagem, desgastar os dentes e finalmente executar a confecção e cimentação.

Então, vale a pena criar planos recorrentes para lentes de contato e facetas de porcelana, tornando o serviço ainda mais atrativo e acessível. 

6. Harmonização orofacial

A harmonização orofacial é um dos serviços estéticos mais procurados do momento nos consultórios odontológicos.

O serviço inclui vários procedimentos como bichectomia, botox, preenchimento com ácido hialurônico e MD Codes (preenchimento de certas partes do rosto que se deseja realçar).

Tudo para alcançar um rosto mais harmonioso e melhorar os sinais de envelhecimento da pele.

A duração do tratamento varia muito e, de modo geral, os retoques precisam ser iniciados a partir dos 8 meses após o procedimento. 

Logo, é mais uma oportunidade para usar a assinatura no consultório e garantir a manutenção dos efeitos da harmonização nos pacientes. 

Como precificar serviços no consultório odontológico

Para utilizar a recorrência no seu consultório odontológico, você precisa seguir boas práticas de precificação para não sair no prejuízo.

O importante é que os preços das assinaturas sejam mais vantajosos para o paciente do que a contratação avulsa dos serviços, ao mesmo tempo em que são suficientes para manter a saúde financeira da empresa.

Veja algumas dicas:

  • Calcule a hora clínica do seu consultório (soma dos custos fixos mensais dividida pelas horas disponíveis para atender pacientes) e use como base para precificar
  • Considere os custos variáveis de cada procedimento, incluindo tempo de execução, mão de obra, materiais utilizados, energia elétrica e água consumidas, etc. 
  • Consulte a tabela de valores referenciais do CRO da sua região
  • Alinhe os preços cobrados com o mercado local e as práticas da concorrência
  • Considere seus anos de estudo na graduação e em cursos de especialização para cobrar um valor justo
  • Leve em conta critérios como situação socioeconômica do paciente, circunstância de realização do tratamento (horário normal ou urgência) e cooperação do paciente.

Cobrança recorrente na odontologia: como funciona?

A cobrança recorrente é um conceito simples: você irá cobrar seus pacientes de forma contínua para a realização de procedimentos recorrentes, como nos serviços por assinatura.

Em vez de cobrar pontualmente pelas consultas e serviços, você poderá fechar um contrato de longo prazo com os pacientes e receber pagamentos mensais (ou bimestrais, trimestrais, etc.).

Os meios de pagamento mais usados para cobrar na recorrência são boleto bancário e cartão de crédito, mas também é possível utilizar o débito automático, cartão de débito ou transferência, por exemplo.

É importante ressaltar que pagamento recorrente no cartão é diferente de parcelamento.

No parcelamento, o cliente precisa ter um limite de crédito alto, correspondente ao valor total do plano, enquanto a  recorrência permite que os valores sejam lançados mensalmente na fatura sem comprometer o limite do cartão.

As vantagens da recorrência são a receita previsível para o consultório, maior facilidade na gestão financeira e conveniência para o paciente, além de resultados mais satisfatórios.

Se você mantém um faturamento contínuo, é muito mais fácil planejar o crescimento do negócio, enquanto os pacientes são facilmente fidelizados.

Além disso, é uma forma de combater a temida inadimplência e ficar sempre no azul.

Para colocar tudo isso em prática, você precisa de um bom sistema de gestão de pagamentos.

Acerte na cobrança em seu consultório com a Vindi

A Vindi tem a solução perfeita para implementar a recorrência no seu consultório odontológico.

Nosso sistema conta com o melhor gateway de pagamento do mercado, que permite oferecer as principais formas de pagamento aos seus pacientes com total segurança e conveniência. 

O sistema permite que você personalize sua régua de cobrança e tenha um processo 100% automatizado. 

A plataforma ainda inclui recursos para gerenciar suas assinaturas, fazer o controle de recebíveis, combater a inadimplência e manter o controle financeiro do seu negócio.

Viu como os consultórios odontológicos só têm a ganhar com a recorrência?

Então, garanta a venda, mesmo que seu cliente não tenha limite no cartão!

Kit Completo para negócios de Estética