Modelos recorrentes: o sonho de qualquer empresa que espera crescer muito.

Uma das frases que fortalecemos no último Recorrência, foi “nosso negócio é dar poder aos recorrentes”.  Mas, por que citamos isso pelo menos umas dez vezes no palco? Porque nossa missão é ajudar empresas e empreendedores venderem mais e sempre (isso está escrito na entrada da empresa).  E, a gente conhece como ninguém as empresas de “modelos recorrentes”.

Isso vem virando um mantra, internamente, aqui na Vindi. Depois de 5.000 clientes, marca que atingimos no último mês, podemos falar com orgulho que ninguém conhece recorrência como a gente.

Mas, isso tem uma variável importante: os nossos clientes são os responsáveis pelo conhecimento que os mais de 130 vindianos têm sobre o tema.

modelos recorrentes
Um pequeno passo para você, um grande salto para sua empresa.

Por isso, e para ilustrar melhor o que fizemos no palco do nosso evento, fiz um apanhado dos setores que já estiveram com a gente e que fizeram história no Recorrência também!

Serviços financeiros acompanham momento do mercado

No mercado financeiro, a gente tem quase uma centena de cases que usam nossas soluções de billing e cobrança recorrente. Desde casas de research, como a Empiricus (um colosso no mercado), até plataformas como Traders Club, Eleven Financial, Gorila, Kinvo, Nord Research, Levante e projeto novo da Luciana Seabra, o Spiti. E até mesmo grandes conglomerados financeiros, como a Thomson Reuters e a Latam Airlines confiam na gente. A Vindi atende o mercado financeiro de ponta a ponta: de softwares, consultorias, bancos e seguradoras.

SaaS escalam como ninguém

Quando a Resultados Digitais anunciou a maior rodada de investimentos em uma empresa SaaS no país, ficamos bem felizes. Um dos nossos maiores segredos é continuar crescendo, com o próprio crescimento dos nossos clientes. Atendemos a RD, Arquivei, idwall, Social Miner, Konduto, Clicksign, Teravoz, Playkids entre outras das empresas que mais crescem no país. A maior parte do nossa evolução de produto está nesse segmento de software como serviço. SaaS escalam como ninguém.

A gente dá poder para as empresas da 8ª economia do mundo!

Educação as a service

A maior transformação digital do mundo está na educação. Nunca vimos tanta empresa boa nascendo em todos os tipos de ensino. E educação, hoje, não se limita ao ensino fundamental e obrigatório. Cases como a imparável Alura e Braz Cubas, a inovadora Conquer, Cers, Senac e DevMedia confiam na Vindi a estratégia de cobrar seus alunos e clientes. Apoiamos, também, a transformação digital da Wiseup, CNA, Wizard, Kumon e Cultura Inglesa. Para nós, é uma contribuição nobre para uma das maiores responsabilidades do país.

Saúde e Seguros: diminuindo o churn dos setores!

Dois dos setores que mais sofrem com churn e a inadimplência, são os de seguros e de saúde. Especialmente porque tem, em sua grande maioria, o método de pagamento de boletos na forma de cobrança. Grandes grupos como a HDI, além de insurtechs como a Health4pet, escolheram a Vindi para cobrar seus milhares (e até milhões de clientes). As sensacionais Sorridents, Odonto Company e Sistema Prever, abrem para que todas pessoas possam ter saúde, democraticamente. De cuidado com dentes aos pets (como o case NoFaro), saúde é um tema sério na Vindi.

Mercado fitness no Brasil: um dos maiores do mundo!

Do medalhista olímpico, Gustavo Borges, dono da metodologia de natação mais usada no Brasil, ao crescimento vertiginoso das entrantes BluefitPanobianco, a Vindi consegue, com a mesma tecnologia, ajudar uma academia no Capão Redondo (periferia de São Paulo), até grandes redes de academias. Campeões como os irmãos Nogueira (com a rede Team Nogueira), até os irmãos Gracie, também confiam na solução de pagamento recorrente.

Ecommerce de assinaturas: tendência do varejo online

Todo gigante do varejo online está de olho em recorrência. E, as indústrias que vendem online também! A Whirlpool lançou com a gente a “água como serviço“, no produto da Brastemp. E, o nascimento das startups ensinaram, parte delas, a modelar os negócios recorrentes. Cases como os sensacionais Leiturinha, Home Shave Clube e Nerd ao Cubo, além de todas startups que estão com a gente, ensinaram os grandes como lançar, dentro de casa, clubes de assinatura. A Giuliana Flores inovou junto com gente, criando um clube único de presentes.

A revolução do conteúdo!

Não há algo mais poderosos do que conteúdo bom na internet. Centenas de cases conseguiram achar um modelo para monetizar seu conteúdo. E, o modelo mais poderoso é a recorrência, acredite. MeuSucesso.com, Administradores.com, AAA Inovação (do Ricardo Amorim) e a tradicional Clima Tempo, produzem conteúdo para pessoas e escalam com o modelo de assinaturas na Vindi. Boa audiência com conteúdo bem produzido é certeza de crescimento no modelo recorrente.

Indústria e varejo offline descobriram os modelos recorrentes: que bom.

A BRF lançou, com a gente, o clube Gud.Pet (muito bom por sinal); a E-Moving, veio direto do Shark Tank para a economia da recorrência; a conhecida Carglass também tem um clube, a Espaço Laser, que só cresce no mercado de beleza! Além, claro,  do famoso Octavio Café. Desde indústria de ferramentas e de carros, até peças, as indústrias estão atrás de modelos recorrentes.

Uma potência no terceiro setor

Apae e Amigos do Bem, são duas ONGs que confiaram na gente lá atrás. E viraram cases de doação recorrente aqui na Vindi. Além disso, grandes associações religiosas e grandes instituições, como a Igreja Universal, são algumas das instituições que ajudaram a gente a melhorar o produto de arrecadação de contribuições mensais. Com mais de duas centenas de clientes do terceiro setor, a gente conhece a dor desse ambiente.

Mais do que marcas como XP, Cubo Itaú e TOTVS (clientes que temos o orgulho de anunciar), a Vindi acredita na transformação da 8ª maior economia do mundo: o Brasil. E, nossos clientes, sabem como ninguém o que isso significa.Bannter de produto