O fluxo de transação de pagamentos ainda é desconhecido por muitos empreendedores, mas de extrema importância quando falamos de segurança e Gestão Financeira.

Além disso, por vivermos em um mundo cada vez mais digital, entender como é esse processo em meio a diversas formas de pagamento é essencial.

Por isso, preparamos um artigo completo e objetivo, com tudo o que você precisa saber sobre como funciona o fluxo de transação de pagamentos.

Aproveite a leitura!

Como funciona o fluxo de transação de pagamentos offline 

Você chega em uma loja de moda e vestuário, escolhe as roupas que mais gostou e chega até o caixa para fechar a compra. 

Lá, a pessoa responsável pelo pagamento te pergunta se você quer pagar com cartão de débito, crédito ou dinheiro.

Então, você escolhe o cartão de crédito e, depois, precisa inserir esse cartão em uma maquininha e digitar a sua senha. 

Quando aparece a mensagem de aprovação, você sabe que a compra deu certo. Mas, você sabe o que acontece nos segundos daquela transação?

Integrantes de uma transação física

Vamos começar o processo da ponta final, que é a maquininha. Aqui, estamos falando da credenciadora, ou adquirente, e é ela a responsável por fazer a comunicação com as demais partes desse fluxo de transação de pagamentos.

Quando um cliente passa o cartão nessa maquininha, a adquirente repassa esses dados para a bandeira do cartão

Dessa forma, a bandeira pega as informações e transfere ao emissor, que pode ser um banco ou qualquer instituição financeira.

É esse banco emissor que aprova limites e saldos do cartão, aprova (ou não) o pagamento e devolve para a bandeira. A bandeira volta para a adquirente e a maquininha notifica se deu tudo certo.

Tudo isso em poucos segundos! Os fluxos de transação de pagamentos são grandes, mas extremamente funcionais e seguros, pensando em proteger lojistas e clientes contra fraudes. 

Se você quiser entender melhor qual o papel regulador de cada um desses personagens, clique aqui e leia esse artigo mais tarde!

No entanto, quando falamos de um pagamento online, temos mais dois agentes que entram nesse cenário: os gateways de pagamento e as subadquirentes.

Como funciona o fluxo de transação de pagamentos online

Quando um pagamento é feito nos ambientes digitais, o processo é bem parecido com o que falamos no tópico acima. 

Contudo, para que a transação seja mais segura e vantajosa para o lojista, ter um intermediador de pagamentos é essencial. Vamos conhecer as melhores opções, de acordo com o momento do seu negócio?

Subadquirente 

Uma subadquirente, ou subcredenciadora, tem o papel de transferir os dados do cliente, que são colocados online, para a adquirente.

Geralmente, essa subadquirente já possui um serviço antifraude integrado, facilitando a checagem e deixando a responsabilidade totalmente nas mãos dela.

Dessa forma, o processo pode acontecer como aconteceria em uma loja física, onde a adquirente, que recebeu as informações da subadquirente, repassa para a bandeira, que comunica ao banco e espera a validação do saldo.

Vale lembrar que, atualmente, a maioria das subadquirentes já não fazem mais o temido redirecionamento de página de checkout, o que fazia com que muitos lojistas perdessem vendas no e-commerce.

As subadquirentes atendem pequenas e médias empresas, além de empreendedores que estão começando agora e buscando taxas mais baixas por transação.

Gateway de Pagamento

Um gateway de pagamento fica no mesmo lugar que uma subadquirente ficaria, logo depois da loja e antes da adquirente. 

Aqui, é importante destacarmos que um gateway tem a vantagem da multiadquirência. Ou seja, é possível se conectar a várias adquirentes do mercado e escolher qual tem as taxas mais atrativas para rodar em determinado momento.

Dessa forma, o gateway pega as informações enviadas na página de checkout de pagamento, criptografa esses dados, transfere para a adquirente escolhida, que envia para a bandeira e solicita aprovação com o banco emissor.

Com tudo certo, o cliente recebe a confirmação da transação!

Por isso é tão importante que a sua empresa online tenha um hub de pagamentos, que consiga cuidar de todo o fluxo de transação de pagamentos com o cuidado que esse processo merece.

Receber online não é uma tarefa fácil. Nessas horas, contar com um parceiro que seja especialista em gestão de pagamentos e de cobrança é o que você precisa para crescer com sustentabilidade.

Com a plataforma da Vindi, você tem acesso ao nosso gateway de pagamento, que é o maior gateway independente do país

Além disso, você consegue fazer a gestão completa de todas as suas vendas, sejam elas avulsas, recorrentes ou parceladas.

Portanto, se você gostou dessa explicação sobre o fluxo de transação de pagamentos, clique no banner abaixo e conheça mais sobre a nossa solução. Nós estamos aqui para te ajudar a vender mais e receber sempre!