O Vindi Insights de julho de 2021 está cheio de novidades sobre o mercado da recorrência e números impressionantes da Vindi.

Para começar, que tal uma recuperação de inadimplência de R$ 222 milhões?

Foi o montante que retornou para o caixa das empresas com a ajuda da nossa plataforma, como você verá ao longo do artigo.

E não para por aí: nossos clientes brilharam com parcerias e aquisições no noticiário da recorrência, e as startups têm muito a comemorar em termos de investimentos.

Continue lendo e fique por dentro dos insights do mês.

Notícias do mercado da recorrência

Neste mês, os clientes Vindi brilharam nas notícias do mercado da recorrência e as novidades são ótimas para as startups.

Confira:

Imagem de Sergio Furio, CEO da Creditas (homem branco com camiseta cinza) apoiado na bancada do escritório da Creditas
Sergio Furio, CEO da Creditas – Foto: Divulgação/Creditas

Cliente Vindi Creditas compra a Minuto Seguros e fortalece nova vertical

A Creditas, unicórnio brasileiro de crédito que faz parte da base de clientes Vindi, acaba de comprar a insurtech (startup de seguros) Minuto Seguros, conforme divulgado na InfoMoney.

Com esse movimento, a empresa pretende fortalecer a vertical de carros, inaugurando a contratação de um pacote completo de serviços dentro do app: crédito com garantia de veículo, financiamento, compra, venda, troca e, agora, o seguro auto.

Atualmente, a Minuto Seguro acumula mais de R$ 250 milhões em prêmios anuais e possui 160 mil clientes – números que certamente farão diferença nos negócios da Creditas.

Smartphone com o aplicativo da Dotz aberto. Predomina a cor laranja no app. Dois cartões na frente do celular (imagem virtual/3D) nas cores laranja e cinza claro
Imagem do Aplicativo Dotz – Fonte: Divulgação/Dotz

Cliente Vindi Dotz traz 17 milhões de usuários em parceria com Premmia

A Dotz, também cliente Vindi, fez uma parceria com o Premmia, o programa de fidelidade dos postos BR.

A partir de agora, os clientes que abastecerem nos postos BR poderão acumular dotz para trocar por diversos produtos, fazer recargas de celular, comprar passagens aéreas, pagar contas e até converter os pontos em dinheiro.

Além disso, o lançamento terá uma oferta especial: 10 mil pontos Premmia por 5 mil Dotz.

O Premmia tem mais de 17 milhões de usuários, que serão somados aos 48 milhões da base atual da Dotz.

Esse é mais um passo importante em direção ao crescimento do nosso cliente, após um salto de 20% no faturamento no segundo trimestre de 2021. 

Negócios recorrentes ganham fôlego na América Latina durante a pandemia

Apesar de estar alguns passos atrás de regiões como Europa e América do Norte, a América Latina surpreendeu pelo crescimento da economia da recorrência durante a pandemia.

Conforme divulgado no CFO Dive (em inglês), antes da pandemia, já era esperado um salto anual de 25% no mercado SaaS.

Mas o que ocorreu na prática foi uma aceleração da transformação digital devido ao isolamento social e migração para o home office nas empresas.

Com isso, as assinaturas digitais e pagamentos no modelo SaaS cresceram impressionantes 31,5%, segundo dados da própria Vindi.

Além disso, a América Latina ganhou destaque pelo crescimento das oportunidades de crédito e aumento das soluções em nuvem.

Já que o assunto é o modelo SaaS, ouça o Dentro do Ringue e saiba como construir uma boa experiência do cliente neste mercado: 

Casas por assinatura trazem mais praticidade ao mercado imobiliário

Um novo modelo de locação conhecido como “moradia por assinatura” está atraindo cada vez mais adeptos em diversas cidades do país.

Em vez de passar por todo o processo burocrático das imobiliárias, o inquilino pode simplesmente assinar um imóvel já reformado e equipado, pagando um valor fixo com condomínio, IPTU, luz, gás e internet inclusos. 

Os valores variam entre R$ 900 e R$ 5 mil e é possível escolher um tempo de permanência entre dois dias e 36 meses. 

Entre as empresas que oferecem o serviço, estão Housi, Nomah e Casai.

Startups brasileiras recebem US$ 5,2 bilhões em 2021 com 11 megarodadas

As startups brasileiras receberam impressionantes US$ 5,2 bilhões (cerca de R$ 26,8 bilhões) em investimentos no primeiro semestre de 2021, superando em 45% o total investido em todo o ano passado, de US$ 3,5 bilhões (aproximadamente R$ 18 bilhões), segundo dados da Distrito divulgados na Labs News.

O setor mais aquecido foi o das fintechs, que sozinho captou US$ 2,4 bilhões (algo em torno de R$ 12,38 bilhões) em 72 rodadas.

Logo em seguida veio o setor de real estate, que recebeu US$ 829,4 milhões (R$ 4,2 bilhões) em 11 rodadas.

Em terceiro lugar, as startups com foco no varejo, que receberam US$ 416,2 milhões (R$ 2,1 bilhões) em 36 rodadas, e as HRtechs (de recursos humanos), com US$ 231,8 milhões (R$ 1,2 bilhão) arrecadados em 12 aportes.

Nuvemshop é o mais novo unicórnio brasileiro com captação de R$ 2,6 bilhões

Há um novo unicórnio na América Latina: a startup de e-commerce Nuvemshop, criada na Argentina e radicada no Brasil, acaba de ser avaliada em R$ 16 bilhões (US$ 3,1 bilhões) em uma rodada série E.

A empresa captou cerca de R$ 2,6 bilhões e chama atenção pela rapidez dos investimentos, pois faz apenas cinco meses que levantou R$ 500 milhões em sua série D.

Antes disso, em outubro do ano passado, havia captado outros R$ 154,8 milhões (US$ 30 milhões).

Indicadores econômicos

Nos indicadores econômicos desta edição do Vindi Insights, as notícias não são tão boas assim.

A inflação segue em alta com os principais aumentos na energia elétrica, gás de cozinha e habitação.

Já o desemprego saltou para 14,7%, com um número estimado de 14,8 milhões de desempregados.

Mesmo neste cenário complicado, o índice de confiança do consumidor teve sua quarta alta seguida, mostrando que há esperança em dias melhores no pós-pandemia.

TPV da Vindi

Após uma queda de 2,1% em junho, o TPV Vindi voltou a crescer com o resultado positivo de 2,3%.

Em relação ao volume financeiro, o segmento fitness voltou a surpreender, com uma variação de 101% em relação a julho de 2020.

Já o e-commerce alcançou um crescimento anual de 30%, e mensal, de 13%.

Grafico TPV Vindi - Volume financeiro. Gráfico em barras coloridas mostra o crescimento mensal de TPV por segmento (11 segmentos)

Taxa de aprovação por segmento

Neste mês, trouxemos dados sobre a taxa de aprovação de pagamentos no cartão de crédito no Vindi Insights.

A melhor taxa de aprovação foi a do segmento de estética, que teve 84% das suas cobranças aprovadas. A média geral de aprovação foi de 47,4%.

Para melhorar esses resultados ainda mais, a Vindi desenvolveu uma nova ferramenta chamada retentativa com troca de adquirente.

Retentativa com Troca de Adquirente- fundo azul e detalhes em laranja. No canto direito a imagem de um foguete.

 

Basicamente, se o pagamento de uma assinatura for recusado, é feita uma nova tentativa automática de cobrança trocando a adquirente.

Dessa forma, as chances de ter o pagamento aprovado são muito maiores.

Recuperação de inadimplência

No quesito inadimplência, estamos comemorando o recorde de R$ 222 milhões recuperados para nossos clientes ao longo de nossa história.

Isso significa que todo esse valor que poderia estar pendente até hoje retornou para o caixa das empresas, graças aos recursos que a Vindi oferece para a recuperação de crédito.

Saiba mais sobre nossa ferramenta de recuperação de inadimplência:

TPV por segmento

Para fechar este Vindi Insights, vamos conferir a evolução do TPV nos principais segmentos da Vindi na comparação entre junho e julho de 2021

Variações de TPV por segmento (11)

  • Serviços financeiros: teve seu segundo mês de queda consecutivo com um resultado de -29,1%
  • SaaS: teve uma queda de 20,9%
  • Turismo e hotelaria: teve um crescimento expressivo de 89,7% encabeçado por um dos grandes clientes do segmento, que alcançou uma variação positiva surpreendente de 3148%
  • Seguradoras: apresentou uma alta de 28,1% motivada por um cliente que alcançou 953% de variação positiva
  • Saúde: teve alta de 21,7% por causa de um cliente que representa sozinho 80% do segmento e vem apresentando excelentes resultados.

Tivemos ainda um destaque interessante na análise dos TPVs de julho de 2021.

Um cliente do segmento de medicamentos canabinoides vem mostrando um crescimento exponencial desde sua entrada na Vindi, em fevereiro de 2021.

Então, é bom ficar de olho no potencial desse mercado para os negócios recorrentes.

Gostou do nosso Vindi Insights de julho de 2021?

Continue acompanhando nossas pesquisas e aproveite para assinar nossa newsletter.

Rate this post