O Vindi Insights de fevereiro de 2022 traz os impactos positivos da reabertura econômica que já reverberam na recorrência.

Você vai ver como o setor de Estética e Beleza disparou, por que Educação deve ser o próximo destaque em crescimento e quais setores caíram e subiram neste mês.

Além disso, vai conferir os principais indicadores econômicos do país e ficar por dentro das novidades do mercado da recorrência.

Então, siga a leitura e não deixe passar nenhuma informação.  

Notícias do mercado da recorrência

Vamos começar com as novidades do mercado da recorrência e pagamentos digitais.

Confira:

Negócios de assinatura cresceram 4,6 vezes mais rápido do que o S&P 500

Um relatório da Zuora revelou que os negócios de assinatura cresceram 4,6 vezes mais rápido do que o principal índice de ações dos EUA, o S&P 500, na última década.

Isso significa que as empresas recorrentes tiveram um desempenho superior ao das principais corporações norte-americanas listadas na bolsa no período.

Já em 2021, os negócios de assinatura tiveram um crescimento de 16,2% em comparação a 12% do S&P 500, mantendo a tendência de superação.

Essa performance notável foi observada mesmo durante a crise do coronavírus, quando o churn rate (taxa de cancelamento) demonstrou que os assinantes continuam ativos.

O destaque foi para SaaS, que é o segmento que cresce mais rápido na recorrência, com um avanço de 19,4% ao ano.

Brasileiros são os que mais aderem aos bancos digitais

Uma nova pesquisa global revelou que os brasileiros são os que mais aderem aos bancos digitais na América Latina.

Segundo o estudo, mais da metade (54%) dos brasileiros entre 18 e 35 anos usa um banco digital como sua principal instituição financeira, enquanto os 46% restantes optam por bancos tradicionais.

Os dados da pesquisa ainda mostram que os brasileiros de classe social mais baixa são os que mais optaram pelos bancos digitais e impulsionaram os resultados.

Entre brasileiros de nível socioeconômico mais baixo, quase dois em cada três (61%) usam bancos digitais como sua principal instituição financeira, enquanto os outros 39% ficam nos tradicionais.

No nível mais alto, o resultado é praticamente o oposto: 62% usam bancos tradicionais, e 38%, os digitais.

Já na América Latina, 83% dos consumidores ainda preferem bancos tradicionais, com Chile e Peru sendo os países mais fiéis aos “bancões”.

Não à toa, o Brasil se tornou referência em fintechs que vêm revolucionando os serviços bancários e facilitando a rotina do consumidor.

Metaverso: uma grande oportunidade para os serviços financeiros

O metaverso é definido como um novo ambiente virtual imersivo que combina o mundo físico com o mundo digital por meio de tecnologias como realidade virtual, realidade aumentada e óculos inteligentes.

Se essa nova realidade vingar como o esperado, pode ser uma enorme oportunidade de crescimento para os players de serviços financeiros. 

Para se ter uma ideia, somente as vendas de NFT (Non Fungible Token, ou token não fungível) atingiram US$ 2 bilhões no primeiro trimestre de 2021 – um aumento de mais de 20 vezes em relação ao trimestre anterior.

Olhando para daqui a cinco anos, imaginamos um mercado em que você terá ecossistemas inteiros gerados por usuários, com o metaverso dando origem a sociedades virtuais que realizam transações e se envolvem de maneira descentralizada.

Nesse cenário, os serviços financeiros terão grande importância em pagamentos e recebimentos, novas formas de investimentos em criptoativos e NFTs, e até mesmo no comércio de terrenos virtuais.

Destaques do mês na Vindi

Agora vamos conhecer os setores que se destacaram em fevereiro pelo crescimento aqui na Vindi.

Veja:

O boom de Estética e Beleza

O setor de Estética e Beleza teve um salto de 62% em relação ao último ano, merecendo o destaque do mês na Vindi.

A explicação para esse crescimento está no chamado “efeito Zoom”, que nada mais é do que o impulso de buscar uma melhora na própria aparência após ficar insatisfeito com o que vê nas chamadas de vídeo. 

Como as reuniões online se tornaram o padrão de comunicação durante a pandemia, muitas pessoas começaram a notar imperfeições na câmera e a demanda por procedimentos estéticos disparou.

Falando em beleza, temos um episódio do Dentro do Ringue sobre a Beauty Tech UAU Box:

Volta à aulas e o crescimento de Educação

Com a flexibilização das restrições impostas pelo governo, tanto escolas quanto universidades e cursos estão retomando as atividades presenciais.

Com isso, esperamos um crescimento contínuo do setor de Educação, que apresentou resultado positivo de 8,1% no mês de fevereiro.

>> Clique aqui e saiba mais sobre o crescimento das EdTechs

Indicadores econômicos

Em relação ao cenário econômico, ressaltamos que o Brasil saiu da recessão técnica no quarto trimestre de 2021, com um crescimento de 4,6% no PIB.

Em fevereiro de 2022, o Índice de Confiança do Consumidor subiu 2,9 pontos (o maior nível desde agosto de 2021).

Já os principais índices de inflação seguem em alta: 0,99% para o IPCA contra 0,58% em janeiro, e 1,83% para o IGP-M em relação a 1,82% em janeiro.

TPV Vindi

No TPV da Vindi, o destaque de crescimento mensal foi o setor de Turismo e Hotelaria, com resultado positivo de 26% em relação ao mês anterior. 

De acordo com dados do Governo Federal, o setor cresceu 12% em 2021, com um faturamento de R$ 152 bilhões.

Por último, mas não menos importante, tivemos um crescimento mensal de assinaturas ativas de 2,78% em fevereiro de 2022.

TPV por segmento

No TPV por segmento, vemos o crescimento já mencionado de Educação e a recuperação de Seguradoras, após alguns meses em baixa.

Já o TPV geral apresentou queda de 5,2% em relação ao último mês.

Vindi Insights - TPV Segmentos : imagem de gráfico em barras com os 12 segmentos analisados

Distribuição do mix

Após 4 meses em queda, SaaS apresentou pela primeira vez uma variação positiva de 0.61 pontos percentuais em relação a janeiro de 2022.

Em linhas gerais, os segmentos apresentaram um aumento na participação do TPV e a cada dia vemos como a flexibilização das medidas restritivas influencia na retomada das empresas dos principais setores da Vindi.

Vindi Insights - Distribuição do Mix : imagem de gráfico com os 12 segmentos analisados

E então, gostou das novidades do Vindi Insights de fevereiro de 2022?

Fique de olho nos próximos relatórios e acompanhe as tendências da recorrência.

Rate this post

Write A Comment

[data-image-id='gourmet_bg']
[data-image-id='gourmet_bg']
[data-image-id='gourmet']
[data-image-id='gourmet']