Os feriados bancários precisam estar no radar dos empreendedores todos os anos.

Afinal, quem depende do processamento dos bancos para pagar contas, receber dinheiro e compensar boletos deve ficar atento às datas de recesso das instituições financeiras.

De modo geral, os bancos fecham agências e interrompem as atividades em todos os feriados nacionais, aos sábados e aos domingos.

A seguir, vamos conferir quais são os feriados bancários e por que você precisa acompanhá-los de perto no seu planejamento.

Continue lendo e evite problemas por indisponibilidade de serviços financeiros.

O que são os feriados bancários?

Feriados bancários são datas em que não há expediente em instituições financeiras como bancos, cooperativas e corretoras.

Nesses dias, todos os serviços bancários são suspensos devido a comemorações nacionais.

Além dos feriados bancários, também são considerados dias não úteis no setor financeiro os sábados e domingos.

Essas regras são determinadas pela Resolução 2.932/2002 do Banco Central do Brasil, que trata do horário de funcionamento das instituições financeiras em todo o país.

No Art. 5º da lei, fica claro quais são os dias de recesso:

“Não são considerados dias úteis, para fins de operações praticadas no mercado financeiro e de prestação de informações ao Banco Central do Brasil, os sábados, domingos e feriados de âmbito nacional, bem como:

I – a segunda-feira e a terça-feira de Carnaval

II – o dia dedicado a Corpus Christi

III – o dia 2 de novembro.”

É importante ressaltar que não são apenas as agências bancárias que ficam fechadas nesses dias: os sistemas de processamento dos bancos também são interrompidos, impedindo operações como transferências eletrônicas.

Logo, todos que utilizam serviços bancários como compensação de boletos, pagamento de contas e pagamento de benefício previdenciário devem ficar atentos às datas dos feriados bancários para se planejar durante o ano.

Principais feriados bancários no Brasil

Confira agora quais são os principais feriados bancários no Brasil:

Data Feriado
1º de janeiro Dia Mundial da Paz
Entre o final de fevereiro e o início de março Segunda-feira de Carnaval
Entre o final de fevereiro e o início de março Terça-feira de Carnaval
Sexta-feira anterior ao domingo de Páscoa Sexta-Feira da Paixão
21 de abril Tiradentes
1º de maio Dia do Trabalhador
Quinta-feira após o domingo da Trindade (entre o final de maio e início de junho) Corpus Christi
7 de setembro Independência do Brasil
12 de outubro Nossa Senhora Aparecida
2 de novembro Finados
15 de novembro Proclamação da República
25 de dezembro Natal

Além disso, anualmente, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) emite recomendação aos bancos quanto ao horário de atendimento das agências bancárias na Quarta-feira de Cinzas (dia seguinte ao Carnaval).

Tradicionalmente, não há atendimento ao público no último dia útil do ano – são autorizadas apenas operações entre bancos e serviços de compensação de títulos.

Para consultar as datas dos feriados bancários em qualquer ano, você pode acessar o site da Febraban ou o site da Anbima.

Por que ficar de olho nos feriados bancários?

Todo empreendedor deve ficar de olho nas datas dos feriados bancários a cada ano e incluí-las em seu planejamento.

Afinal, nada pior do que depender de um serviço bancário bem no dia em que as instituições estão fechadas.

Veja a seguir os principais serviços que merecem atenção:

Compensação de boletos bancários

Se você usa o boleto bancário como meio de pagamento na sua empresa, sabe que é preciso aguardar o prazo de compensação bancária para que o pagamento caia na sua conta, certo?

No caso dos boletos, esse prazo é de até 3 dias úteis – tempo necessário para realizar a conferência dos dados e repassar o dinheiro.

Se houver um feriado bancário no meio desse período, ele não contará como dia útil.

Logo, você precisa ter essas datas em vista para se programar, ou pode demorar mais do que o esperado para receber o dinheiro das vendas e comprometer seu planejamento financeiro.

Da mesma forma, os feriados bancários podem atrapalhar o pagamento de contas pessoais e da empresa.

Quando isso acontece, você pode pagar multas e juros por causa do atraso – uma situação facilmente evitada com o acompanhamento do calendário.

Atenção no envio e recebimento de mercadorias e promessas de prazos

Outro ponto importante é considerar os feriados bancários na hora de passar um prazo de entrega para um cliente.

Isso porque o recesso dos serviços financeiros também afeta empresas logísticas e pode gerar atrasos no envio e recebimento de mercadorias.

Então, você deve considerar essas datas quando for calcular um prazo de entrega ou quando precisar receber um produto em uma data específica.

Dicas para se organizar em meses com feriados bancários

Agora que você conhece os principais feriados bancários, confira algumas dicas para se organizar em relação a eles:

  • Marque os feriados bancários na sua agenda e lembre-se de incluí-los no planejamento anual da sua empresa
  • Comunique seus clientes com antecedência sobre as datas de recesso bancário, evitando situações de inadimplência causadas pela suspensão dos serviços financeiros
  • Use meios de pagamento que não dependem do processamento bancário e funcionam também em feriados, como o Pix, que permite transferências e pagamentos instantâneos 24 horas por dia
  • Informe seus clientes sobre eventuais atrasos em prazos de entrega causados pelos feriados
  • Utilize o recurso de agendamento de transferências e pagamentos oferecido nos aplicativos e sistemas de internet banking, no caso de contas a pagar com vencimento em feriado bancários
  • Sempre que possível, programe o pagamento de contas por débito automático, garantindo, assim, que as datas de vencimento não coincidam com feriados bancários.

A importância de uma plataforma de gestão de pagamentos

A melhor forma de se organizar em relação aos feriados bancários é contar com a tecnologia para ajudar no seu planejamento.

Com uma plataforma de gestão de pagamentos completa como a Vindi, você consegue automatizar o processo de cobrança e se programar com mais agilidade de acordo com o expediente bancário.

O sistema oferece recursos avançados para cobrança recorrente, gestão de assinaturas e recuperação de inadimplência, além de um gateway de pagamento independente e fácil de integrar.

Assim, você sempre saberá qual a data de recebimento do dinheiro das suas vendas e poderá criar sua própria régua de cobrança personalizada para notificar seus clientes.

Além disso, poderá oferecer diversos meios de pagamento aos seus clientes, inclusive o Pix Vindi, que não depende do processamento bancário para a liquidação.

Entendeu por que é importante acompanhar os feriados bancários?

Aproveite e fale com um dos nossos especialistas para otimizar sua gestão de pagamentos.

Rate this post

Write A Comment