Mais de 200 MIL PESSOAS sabem como vender mais e sempre.

Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos você também.

Não há uma empresa no mundo que nunca tenha perdido um cliente. Nas escolas, isso não é diferente em relação ao cancelamento de matrículas. O indicador para mensurar quantas pessoas estão cancelando, desistindo ou abandonando um serviço é chamado de churn rate.

Se, digamos, é impossível que um consumidor interrompa seu contrato, por outro lado, existem muitas formas de reduzir a taxa de cancelamento.

Obtenha feedback

A primeira maneira é simplesmente descobrir por que os alunos decidiram sair. Quando há muitos matriculados e, porém, um número grande de desistentes por consequência, talvez fique difícil falar com um por um. Mas, sendo isso possível, essa é a melhor forma: ligar, conversar e anotar por que cada um decidiu não prosseguir no curso. É uma forma de obter um feedback imediato.

O feedback é a chave para evitar uma alta churn rate!

Encontre quem oferece risco de churn

A melhor maneira de evitar churn é evitar que ele ocorra em primeiro lugar, certo?

Há sempre um grupo com maior probabilidade de sair do que outros – por isso, é do seu melhor interesse saber quem está colocando risco à sua cartela de alunos. Desta forma, você pode chegar a eles a tempo de mantê-los. Tenha atenção com esses tipos de alunos:

  • Notas baixas;
  • Baixa frequência;
  • Mensalidade em atraso;
  • Atrasos em entrega de tarefas;
  • Chegam atrasados à aula;
  • Moram longe.

Esse conhecimento pode ajudá-lo a prever se alguém, que agora se comporta de forma semelhante, provavelmente deixará sua escola em breve. Não negligencie isso apenas por que o faturamento ainda está normal.

Defina seus alunos mais valiosos

Muitas escolas distribuem bolsas aos primeiros colocados de seus processos seletivos ou àqueles que possuem as melhores notas. Essa é uma forma de garantir a qualidade sobre quem frequenta seus cursos.

Não adianta se animar de ter fechado um grande contrato se em poucos meses seu cliente, no caso o estudante, desanimar e declinar.

Da mesma forma, independentemente do preço que um aluno paga, se ele é notadamente engajado, demonstra um grande indicativo de que cumprirá toda a grade curricular e até mesmo podendo dar sequência em outros cursos ou níveis. Engajamento e satisfação andam lado a lado. Para isso, o próximo tópico aborda como valorizar esse grupo de alunos.

planilha cálculo do churn

Ofereça incentivos

Da mesma forma que deve se ficar atento ao grupo de risco, eliminando os fatores que podem causar cancelamentos, vale observar quem pode reagir melhor a incentivos, como descontos e benefícios, que são fundamentais em campanhas de retenção.

Uma forma bem comum de reter e engajar atualmente é usar recursos de gamificação, especialmente em atividades online.

Por exemplo, alguns aplicativos que oferecem ensino de idiomas exibem pontuações, níveis e badges para estimular seus usuários a se manterem na plataforma. Isso faz parte de novos modelos de educação, capazes de dar ao aluno um melhor e mais rápido aprendizado e um ganho em escala para os prestadores de serviço.

Modernize-se

Para mensurar os indicadores como churn, entre outros, em sua escola é preciso estar ligado às tendências.

Veja por onde seguir:

  • Procure conhecer exemplos de escolas que estão fazendo bom uso de gestão e tecnologia para transformar a vida de muitas pessoas;
  • Faça um comparativo entre professores de currículo com profissionais da área, além de considerar capacitar seus atuais instrutores;
  • Entenda por que o modelo de pagamento recorrente é mais atrativo que o de pagamento parcelado.

Para saber como ter uma educação inovadora, baixe nosso ebook gratuitamente!

Author

A Equipe de redação Vindi é formada pela área de sucesso do cliente, marketing, financeira e vendas. Todo mundo contribui para que você fique informado sobre tudo em assinaturas, pagamento on-line e Saas.