Enquanto alguns negócios estão preocupados com a instabilidade e a crise pelo novo Coronavírus, outros segmentos veem nas vendas na internet uma possibilidade de continuar existindo.

Relatórios recentes da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) mostraram um crescimento de 111% no setor de saúde.

Mas, esse não é o único segmento que está em uma crescente considerável. Os supermercados tiveram um aumento de 80% em suas vendas nos últimos dias. Além disso, os streamings e os portais de notícias também estão elevando seus número de assinantes.

Em contraponto, o mercado de turismo e viagens teve uma queda de mais de 40%. Da mesma forma, o mercado imobiliário está enfrentando uma crise, com uma queda de mais de 30%.

Alguns especialistas apostam que os mercados que já estavam em ambientes digitais estão se favorecendo em tempos de isolamento social.

Isso, pela facilidade de continuar entregando o produto ou serviço de forma segura e sem precisar do contato físico para isso.

Por isso, se o seu negócio está sofrendo os impactos dessa pandemia, talvez seja importante você começar a considerar as vendas pela internet. Conseguir colocar o seu produto ou serviço de forma online pode ajudar, e muito, a sua empresa a continuar a vender.

Dicas para quem está começando

Para começar suas vendas na internet, alguns pontos precisam ser destacados, principalmente em cenários de crise como o que estamos vivendo:

De olho nas promoções das vendas na internet

Com todo mundo mais conectado e precisando fazer compras virtualmente, as promoções e vantagens voltadas ao consumidor são o foco para quem quer se destacar neste momento.

Dessa forma, tenha em mente que o importante não é visar o lucro, mas sim manter sua empresa funcionando, sabendo que algumas promoções podem ser muito eficientes. Vamos dar o exemplo de uma rede de farmácias. Em uma rápida busca no e-commerce da Ultrafarma, por exemplo, é possível entender como essas promoções podem funcionar:página inicial das vendas na internet da ultrafarmaSão kits, combos e fortalecedores de imunidade em páginas de destaque, que garantem fácil acesso ao consumidor e rápida conversão.

A Ultragaz também é um exemplo disso, já que as vendas e a procura aumentaram entre 10% e 15% nos últimos dias, segundo o diretor da empresa Aurélio Ferreira.

Da mesma forma, o setor de eventos está buscando alternativas para continuar com o faturamento. São renegociações datas de festas, prazos com fornecedores e até oferecendo descontos para quem fechar agora eventos que só acontecerão no segundo semestre.

Portanto, se você quer se destacar, é hora de investir em facilidades que façam sentido para seu público-alvo.

Destaque seu produto em vendas na internet

Boas fotos, vídeos ensinando a usar, depoimentos de quem comprou e dicas que aumentem a curiosidade do cliente são alguns dos pontos que podem destacar seu produto nos ambientes virtuais.

Além disso, é fundamental que sua plataforma funcione bem em qualquer gadget, seja computador, tablet ou celular. Nós já falamos sobre o assunto aqui no blog, e você pode ler mais clicando aqui.

Priorize o relacionamento com o cliente

Invista não só no produto ou serviço oferecido ao cliente, mas em como você vai se comunicar e em como será a jornada de venda.

As informações são encontradas facilmente? O valor está em destaque? O checkout da página é transparente? A página de compra é segura?

Em tempos onde todos estão mais sensíveis e isolados em suas casas, atender com qualidade e acertar o tom de voz das vendas na internet continua sendo fundamental.

Link de pagamento e vendas recorrentes: a aposta da vez

Para quem está pensando em vender online, a opção do link de pagamento pode facilitar muito as chances de conversão.

Além disso, esse link serve para vendas avulsas, parceladas e recorrentes, em um ambiente seguro e estável para seus clientes.

É um jeito rápido de vender em todas as redes sociais e que pode ser a ferramenta que faltava para a sua empresa.

A recorrência também pode te ajudar

Um ponto interessante a ser analisado é que os negócios recorrentes estão sofrendo muito menos do que os modelos tradicionais nesta crise.

Nosso CEO, Rodrigo Dantas, escreveu um artigo contando mais sobre os impactos econômicos do Covid-19 em empresas recorrentes, e você pode ler a íntegra clicando aqui.

Com a Economia da Recorrência, é possível ter uma maior previsibilidade da sua receita nos próximos meses, dependendo dos planos que quiser oferecer.

É essa a receita de sucesso de gigantes do mercado como Netflix, Adobe, SmartFit e outros tantos serviços que se tornaram essenciais para nós.

Se você quer saber mais sobre como o mercado está se comportando e como as vendas na internet podem impactar ainda mais a sua empresa, inscreva-se na nossa newsletter e receba todos os conteúdos do blog da Vindi em primeira mão!banner-newsletter-vendas-na-internet

Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos você também.