O processo de checkout de uma compra online termina com a aprovação da transação e o direcionamento do cliente para uma URL de retorno. Essa URL pode ser tanto uma URL de dinâmica quanto uma URL fixa.

A loja pode configurar uma página de finalização específica. Nesse caso, o cliente será direcionado para uma página na qual é possível inserir uma mensagem e explicar, por exemplo, como funciona a aprovação do pagamento e o envio do produto.

Neste post, vamos abordar a importância da URL de retorno e como configurá-la. Confira:

O que é URL?

Antes de falar sobre a URL de retorno, convém explicar o que é uma URL em geral.

URL é a sigla que designa o termo Uniform Resource Locator. Em tradução literal, seria o localizador padrão de recursos, ou seja, o endereço de um recurso em uma rede. Isso é válido tanto para uma impressora ou um arquivo disponível em uma rede corporativa, quanto para um site na internet.

As URLs foram inventadas por Tim Berners-Lee, criador da World Wide Web, mais conhecida como internet. Com as URLs, a internet ganhou a capacidade de acessar todas as informações da rede após a inserção de um endereço (a URL) e um simples clique do mouse. Antes disso, era necessário passar por um processo tedioso de fazer login em vários servidores, cada um com as suas próprias interfaces.

A estrutura da URL remete a um protocolo, que por sua vez indica o local onde o documento se encontra, geralmente dentro de um servidor. O protocolo pode ser HTTP, HTTPS, FTP, entre outros. Dessa forma, a URL é composta por: protocolo://máquina/caminho/documento.

Qual é a importância da URL?

Muitos proprietários de lojas online trabalham muito para criar o site, colocar um conteúdo excelente, otimizar o e-commerce para dispositivos móveis e promovê-lo para aumentar a visibilidade. No entanto, um elemento que é frequentemente ignorado é a estrutura da URL, pois a maioria das pessoas as considera um componente técnico.

Contudo, a URL pode ser um componente que contribui para o sucesso ou o fracasso do seu site. Uma URL é o ponto de referência para o seu site e também o link ao qual as pessoas mais se referem.

Se você deseja que os seus clientes sejam atraídos para o seu site e continuem retornando regularmente, é necessário garantir que as suas URL sejam simples, curtas e fáceis de lembrar.

Alguns sistemas de gerenciamento de conteúdo geram URLs pobres e complicadas. Isso pode ter um impacto significativo no tráfego do site, pois URLs difíceis de lembrar tornam o processo de voltar a uma página bastante complicado para muitos usuários.

Portanto, é importante considerar alguns pontos quando se trata de URLs:

  • Sua URL comunica sobre o que é a página?
  • Sua URL é complicada de lembrar?
  • Está de acordo com a estrutura do seu site, dos seus produtos e das suas categorias?
  • É curta, simples e vai direto ao ponto?

Siga esse checklist e você terá uma boa estrutura de URLs na sua loja. Isso contribui para um bom ranqueamento da página em buscadores como o Google.

Quando a URL de retorno é acionada?

O cliente é direcionado para a URL de retorno após a conclusão da compra em um e-commerce. O nome URL de retorno se refere ao fato de que, durante a compra, o cliente é momentaneamente direcionado para a página do intermediador de pagamento, mesmo que o design ainda seja o da loja online.

Após a conclusão da transação, o cliente é então redirecionado para a página da loja online. Por isso, o termo retorno.

Quais são as opções de URL de retorno?

É possível utilizar algumas opções diferentes quando se trata de URL de retorno. Após o pagamento, a sua loja online pode tanto direcionar o cliente para uma URL fixa, válida para todas as compras, ou você pode configurar o seu site para gerar um endereço diferente a cada pagamento.

Outra opção a ser feita nesse momento é se você deseja ou não receber o código da transação realizada na URL do redirecionamento.

Como funciona a URL fixa?

A URL fixa é a forma mais simples de encaminhar o cliente após a compra. Depois de finalizado o pagamento, ele será direcionado para o endereço selecionado nas configurações do intermediador de pagamento.

No mesmo local, é possível configurar uma mensagem padrão para os clientes. O ideal é que essa mensagem contribua para tirar dúvidas e informar o cliente.

Dessa forma, a loja consegue ter um checkout transparente e dá mais um passo na direção de uma jornada de compra satisfatória e que fideliza o comprador.

Assim como para todas as URLs do site, é importante que o endereço da URL de retorno seja simples e fácil de lembrar.

O que é a URL dinâmica?

A segunda opção é configurar o intermediador de pagamento para direcionar o cliente para uma URL dinâmica após a compra. Isso significa que é possível informar URLs diferentes após cada pagamento.

Para utilizar essa opção, basta fazer login na conta do seu intermediador de pagamento e configurar a sua conta para aceitar apenas pagamentos gerados via API. API significa “Application Programming Interface”. A tradução literal seria “Interface de Programação de Aplicativos”. O termo se refere a um conjunto de padrões de programação para acessar um software ou uma plataforma baseada na web.

Para utilizar esse sistema, especifique a URL de redirecionamento no parâmetro redirectURL. Dessa forma, ao gerar uma requisição de pagamento via API de Pagamentos, a loja receberá o código da transação.

Receber esse código pode ser útil para obter dados sobre a transação durante a interação do comprador com o sistema de checkout. É possível utilizar esses dados para consultar o status da operação no intermediador de pagamento.

Abaixo temos um exemplo de URL de redirecionamento e do código de transação.

http://exemplo.com.br/conclusao.html?transaction_id=E888888-81B3-4419-8A8A-8A8A88888888

Neste caso, o código da transação é o trecho em negrito: 81B3-4419.

Portanto, a URL de retorno é a página para a qual o cliente será redirecionado após efetuar o pagamento da sua compra. Essa URL pode ser fixa ou dinâmica, dependendo da configuração do intermediador de pagamento.

Gostou do nosso post? Tem dicas ou dúvidas sobre a URL de retorno? Então assine nossa newsletter para receber semanalmente mais conteúdos sobre e-commerce e meios de pagamento!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar.
Aceitar consulte Mais informação Aceitar Leia mais

Política de privacidade e cookies
-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00