Quem trabalha com empreendedorismo e se envolve no meio digital ouviu falar bastante as palavras SaaS (Software as a Service), startups, CRM, automatização. Também viu que tem muita gente faturando bem cobrando um valor justo de seus clientes e oferecendo um serviço focado em soluções.

Após mais um ano de crescimento consecutivo do nicho de SaaS no Brasil, já foi possível se debruçar sobre métricas do mercado e conhecer melhor de onde vem o sucesso dos principais SaaS do país.

O relatório Brazil SaaS Landscape 2017, elaborado pela SaaSholic e a Rock Content, em parceria com a Redpoint eventures e a Signal Hill, traz um perfil completo sobre o ecossistema local de SaaS a partir de uma pesquisa com quase 600 empresas.

Se sua intenção é ficar mais próximo do ecossistema, o Sudeste e o Sul do país são os locais mais recomendados, especialmente o estado de São Paulo.

Locais da sede das empresas SaaS

  • São Paulo: 47,8%
  • Santa Catarina: 16,3%
  • Minas Gerais: 11,3%
  • Rio de Janeiro: 6,4%
  • Rio Grande do Sul: 5,4%
  • Paraná: 3,9%
  • Outros: 8,9%

“Startup enxuta”

Mais de 90% das empresas têm menos de 50 funcionários. Resultado da possibilidade de focar apenas no serviço de atuação e terceirizar, por exemplo, o suporte tecnológico. Também é possível fazer um crescimento escalável, de acordo com o número de clientes.

Número de funcionários

  • 1 a 50: 90,6%
  • 51-100: 6,4%
  • Mais de 100: 3%

Cartela gorda

Se o número de funcionários e, consequentemente, os custos de operação são baixos. O mesmo não se pode dizer do número de clientes. É claro que para o sucesso isso é relativo de acordo com o ticket médio, mas isso mostra a capacidade dessas empresas de atenderem e dar soluções a outras empresas.

Número de clientes

  • Até 100: 54%
  • 101-1000: 31,7%
  • 1001-10 mil: 13,4%
  • Mais de 10 mil: 1%

Focados em nicho ou no geral?

A diferença entre as empresas SaaS que atendem o mercado de maneira geral e aquelas que trabalham para um indústria específica é pequena. Respectivamente, de acordo com a pesquisa, 57,6% têm uma oferta horizontal e 42,4% uma oferta vertical.

O primeiro milhão

Das empresas SaaS que responderam à pesquisa e já chegaram a uma receita recorrente anual superior a R$ 1 milhão, a maioria (77,6%) levou menos de 4 anos para chegar a esse patamar.

  • Menos de 1 ano: 13,8%
  • 1 a 2 anos: 26,7%
  • 2 a 4 anos: 36,2%
  • Mais de 4 anos: 22,4%

Contratos mensais têm a preferência

Um dado interessante que mostra que essas empresas estão mais focadas em reter os clientes por um bom serviço prestado em vez de amarrá-los em um contrato longo é o tempo médio de duração desses contratos. Exatamente metade dessas empresas do país costuma trabalhar com contratos mensais.

  • Contratos mensais: 50%
  • Contratos anuais: 34,3%
  • Contrato plurianual: 6,1%
  • Licença perpétua: 5,1%

Dando nomes

RD Station

O RD Station Marketing, da Resultados Digitais, é o principal software brasileiro para trabalhar com Inbound Marketing. Ele reúne ferramentas essenciais para seu cliente fazer a gestão e automação de Marketing Digital de forma efetiva, atraindo visitantes para o seu site, transformando em oportunidades de negócio, fechando vendas e monitorando os seus resultados, tudo em um só lugar.

Ramper

Se o RD foca em Inbound Marketing, o Ramper oferece soluções para conversão e monitoramento através de Outbound Marketing. Como é estimado que a forma tradicional de prospecção de cliente costuma tomar 60% do tempo dos vendedores, o Ramper tem a intenção, através de automatização, de gerar mais leads em menos tempo.

RunRun.it

O Runrun.it se define como um software de gestão de projetos, tarefas e o fluxo de trabalho, prometendo relatórios poderosos sobre prazos e custos dos projetos e desempenho das pessoas. Com ele, é possível saber o custo de cada tarefa e projeto para conseguir precificar seus serviços de maneira estratégica.

PipeRun

CRM de Vendas personalizável que integra lista de contatos, leads, clientes, fornecedores, parceiros e ajuda o time de vendas a fechar mais negócios. Também oferece agenda de atividades e tem compatibilidade com RD Station, Google Calendar, LinkedIn e WordPress, por exemplo.

ContaAzul

O ContaAzul tem feito sucesso no Brasil por ser um sistema de gestão online para micro e pequenas empresas, no qual é possível controlar o financeiro, vendas, estoque e ainda emitir nota fiscal eletrônica sem complicação e a um preço justo. Além disso, o atendimento e suporte ao cliente por telefone, e-mail e chat incluído na assinatura tem atraído cada vez mais clientes.

iClinic

No atendimento a nichos, o iClinic se destaca como sistema de gestão online para clínica ou consultório médico, dando várias ferramentas, como agenda online, prontuário e prescrição eletrônicos, envio automatizado de lembretes para pacientes e controle financeiro da clínica.

SumOne

SaaS não é só pra quem trabalha online. A SumOne oferece soluções que atendem o varejo físico, especialmente o mercado de serviços alimentícios. Seus principais produtos são os aplicativos Bonuz (que gera cupons de desconto em restaurantes) e Companion (que mensura os resultados do Bonuz)

Quais as vantagens

Agora que você conheceu um pouco mais quem são as principais empresas SaaS do Brasil, confira quais os benefícios de investir em uma plataforma SaaS.