Com certeza você já precisou informar o número do CVV na hora de efetuar uma compra com <!–c505218304b50c59c3659f6dda43bae7-links-3–>, certo? As lojas de e-commerce costumam indicar onde ele fica para que você termine suas compras. Mas, você sabe o que é e para que serve o código de segurança de um cartão? Veja:

O que é CVV?

O CVV é uma sigla para Card Verification Value, que significa “Valor de Verificação do Cartão”, ou, como é chamado popularmente, Código de Verificação do Cartão.

Esse termo é utilizado pela empresa de cartões de crédito Visa para referir-se ao Código de Segurança do Cartão (CSC), que é utilizado pelos sistemas de pagamento com o objetivo de garantir que a pessoa que está realizando o pagamento tenha o cartão fisicamente disponível no momento da compra. Isso oferece proteção contra fraudes em transações feitas na Internet.

Existem algumas outras siglas diretamente relacionadas ao Código de Segurança do Cartão, que variam de acordo com a companhia de cartão de créditos. A Mastercard utiliza o (CVC ou CVC2 – Card Validation Code) Código de Validação do Cartão. A American Express utiliza o Identificação do Cartão (CID – Card ID).

Além desses dois casos, o código de segurança pode ainda ser denominado por: CVVC (Card Verification Value Code), V-Code ou V Code (Verification Code), CCV (Card Code Verification) ou CVD (Card Verification Data).

Onde fica o código de segurança?

A maioria das bandeiras, como Mastercard, Visa, Discover, JCB e Diners, adotam o código de segurança composto por um número de três dígitos no verso do cartão de crédito, imediatamente a seguir ao número principal do cartão.

Código de segurança

No caso específico dos cartões da American Express – popularmente chamados de Amex – o CVV podes ser encontrado na parte da frente do cartão, também no canto direito, e tem quatro dígitos.

Código de segurança Amex

 

Como funciona o código de segurança do cartão?

O número do código é composto por três ou quatro números e é calculado por meio de um algoritmo baseado em chaves criptográficas, que utiliza dados como o próprio número do cartão e a data de vencimento. Todos esses fatores são utilizados para garantir que o código do seu cartão seja exclusivo e seguro.

O código oferece proteção, mas é preciso utilizá-lo com segurança. Todos os arquivos ou dispositivos de armazenamento devem ser completamente removidos após a validação do CVV pela operadora.

Algumas bandeiras, como Visa, MasterCard, Discover e Amex proíbem expressamente o armazenamento dos seus CVVs.

Para que serve o CVV?

O objetivo do CVV é garantir que as compras sejam feitas apenas pelo proprietário do cartão. Por isso, a utilização mais comum do código de segurança é online.

Ao efetuar uma compra em um e-commerce, você deve informar seu nome, número do cartão, data de vencimento e também o CVV. Mesmo que outra pessoa tente realizar uma compra com os seus dados do cartão, ela não conseguirá terminar a operação se não tiver em mãos o número do seu código de segurança.

Se você estiver fazendo uma compra e lembrar de todos os dados de seu cartão exceto o do CVV, isso te impedirá de realizar a compra.

O CVV é seguro?

Há uma série de medidas que garantem que o CVV seja mantido em segredo, sendo apenas do conhecimento do portador do cartão:

  • Não é impresso ou registrado em nenhum lugar, além do próprio cartão;
  • Quando você realiza uma compra com o cartão de crédito, ele não aparece no recibo;
  • Ele não fica em relevo e só é impresso – na maioria dos casos – discretamente na parte de trás do cartão.

É importante que o proprietário adote algumas medidas de proteção para que o código de segurança permaneça sempre em segredo, como: comprar em sites com certificado SSL (uma chave ou cadeado que aparece na barra de status da página indicando que o ambiente é seguro), não usar computadores públicos ou de terceiros para efetuar a compra e troque as senhas frequentemente evitando o uso de senhas óbvias, como datas de aniversário. Dessa forma, você valida a função do CVV, que é oferecer compras seguras.

vindi

Você sabia o significado do CVV? O que achou das informações apresentadas? Deixe o seu comentário!

Você vai gostar também

Adquirentes, Subadquirentes e Gateways Esse é um post para explicar as principais diferenças entre os Adquirentes, SubAdquirentes e Gateways no Brasil. A demanda por tirar dúvidas sobre cad...
Redecard agora é Rede A Redecard  agora é REDE. A marca se posiciou com a sua principal mudança nos últimos anos. Assumiu de vez seu novo nome, depois de se integrar formal...
Bandeiras de cartão de crédito disponíveis no merc... Uma dúvida comum entre os usuários dos cartões de crédito é em relação à bandeira e operadora do mesmo. Você sabe a diferença? A bandeira é indicada p...
VINDI no CMEP – Congresso de Meios Eletrônic... A Vindi esteve presente no 8º CMEP. A convite da Abecs (Associação Brasileira de Empresa de Cartões de Crédito e Serviços), a Vindi foi o único gatewa...