Mais de 200 MIL PESSOAS sabem como vender mais e sempre.

Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos você também.

Você sabe quantos potenciais clientes passaram a ser alunos no último mês? E qual seu lucro diante do que investiu? Ou, então, quantas pessoas cancelaram a matrícula? Esses são alguns exemplos de métrica para academia que todo gestor precisa ficar de olho se quiser garantir o bom desempenho do seu negócio.

Ainda mais quando falamos de um mercado tão concorrido. Segundo dados da Associação Brasileira de Academias, o Brasil tem mais de 34 mil academias funcionando e cerca de nove milhões de clientes.

Não é fácil se sobressair da concorrência e garantir vendas. Mas, se você acompanhar as métricas para academia que vamos sugerir nesse texto, já é um primeiro passo.

O que é métrica para academia e sua importância

Qualquer negócio, independente de seu segmento, precisa estabelecer metas e investir em indicadores capazes de mostrar como está seu desempenho. Inclusive o segmento fitness. Pois uma empresa que não acompanha suas métricas é como um barco à deriva, sem saber para onde ir.

E o pior é que as chances de perder dinheiro e, até mesmo, precisar fechar as portas são grandes. Ainda mais quando se atua em um mercado com alta concorrência.   

Podemos dizer que uma métrica para academia funciona como indicadores, baseados em dados, que permitem avaliar o desempenho geral do seu espaço ou mesmo em áreas específicas, como: vendas, marketing, financeiro entre outras.

Pois é por meio delas que você pode, por exemplo, saber se o investimento em um novo software de gestão para academia valeu a pena ou, ainda, se o número de novos alunos superou a quantidade de cancelamentos.

E, com essas informações em mãos, fica muito mais fácil descobrir no que é preciso investir mais esforços e quais estratégias estão trazendo os melhores resultados. Se você quer assegurar a alta performance do seu espaço fitness, então abaixo listamos cada métrica para academia que você precisa acompanhar.

Principais métricas para academia

1 – Taxa de Leads

A palavra lead é muito usada no marketing digital, ela se refere a um potencial consumidor do seu serviço. E, a medida que você investe na atração de novos alunos, é preciso acompanhar quantos deles demonstraram interesse em sua academia.

Não estamos falando de pessoas que fecharam um plano. Mas, sim, daquelas que assinaram sua newsletter depois de ler um artigo em seu blog, baixaram um e-book sobre alimentação ou mesmo participaram de alguma palestra.  

É bem comum criar uma jornada do lead. Nela, é possível desenhar estratégias de conteúdo ou serviços que serão oferecidos com o objetivo de preparar um lead para se tornar cliente.

Como calcular

Calcular a taxa de leads não é difícil. Sendo que a melhor forma é definir um período, como uma semana ou um mês e levantar o número de potenciais clientes que sua academia conseguiu.

Acompanhar esses dados permite saber se os seus esforços em marketing e propaganda estão trazendo resultados para tornar sua academia conhecida.

2 – Taxa de conversão

A taxa de conversão é uma métrica para academia que permite medir quantos leads se tornaram alunos. Ela permite que você acompanhe o desempenho do seu time de vendas. E, também, para saber se as suas estratégias estão funcionando ou se precisam ser repensadas.

Como calcular

Para medir sua taxa de conversão, você pode dividir o número total de novos membros pelo número de leads conquistados durante um certo período.

3 – Custo de aquisição por cliente

Também conhecida pela sigla CAC, essa métrica para academia é essencial para conhecer quanto dinheiro é preciso investir para trazer um novo aluno. E esses números são importantes porque quanto maior for o seu CAC, menor deve ser sua lucratividade.

Assim, com essas informações em mãos, fica mais fácil para os gestores tomarem melhores decisões e, se precisar, ajustar sua taxa de investimento.  

Como calcular

O cálculo do CAC é um pouco mais complicado. Pois para se ter um dado correto é preciso considerar apenas os investimentos nas áreas envolvidas para trazer novos clientes; normalmente marketing e vendas.

Você deve considerar todos os gatos, como: salários, ferramentas pagas usadas pela equipe, custo com telefone, comissões, viagens entre outras.

Depois de levantado todos esses números, o cálculo do seu CAC é feito da seguinte forma:

CAC = custos da área de vendas + custos da área de marketing dividido pelo número de clientes conquistados.

4 – Taxa de retenção

É preciso investir esforços não só para atrair um aluno, mas também para que ele continue treinando com você. Afinal, o custo para conseguir novos clientes sempre é mais alto do que para manter os já conquistados.

Essa métrica para academia é importante para descobrir quantos alunos permanecem treinando com você. Ela afeta diretamente o faturamento.

Como calcular

Se você quer encontrar sua taxa de retenção, a melhor forma é definir um período, normalmente 12 meses. Depois, divida o valor de alunos que tem no final do ano pelo número de matriculados no começo do mesmo período.

5 – Member Lifetime Value

Ou MLV é a métrica para academia que permite saber o valor que um aluno vale ao longo do tempo que ele está matriculado no seu espaço.

Sua utilidade é, principalmente, ajudar os gestores a estimar quanto vale a pena investir em programas e atividades de retenção.

Como calcular

Para encontrar seu MVL, você deve somar o valor de todas as taxas e mensalidades que o aluno vai pagar durante seu tempo de contrato.

6 – Retorno sobre Investimento

O ROI é uma métrica para academia essencial. Pois ela permite medir os resultados dos investimentos que você faz em seu espaço fitness no geral ou mesmo para determinada ação.

Se quiser se aprofundar no assunto, não deixe de ler o artigo “ROI: como calcular o retorno sobre investimento?”.

Como calcular

Para encontrar o seu ROI você deve fazer a seguinte conta:

Ganho obtido – valor do investimento inicial / pelo valor do investimento inicial

6 – Churn

A última métrica para academia que você precisa acompanhar é o churn ou, em português, a taxa de cancelamentos. Ela é essencial para que você entenda quais os principais motivos que levam o aluno a cancelar. E, com base nessas informações, criar estratégias de retenção.

Já falamos bastante de churn aqui no blog, se quiser entender melhor, leia nosso artigo “O que é churn rate e sua importância para as empresas

Como calcular

Para encontrar a taxa do churn, escolha um período e depois use a seguinte conta:

Churn = quantidade de cancelamentos dividida pela base atual de clientes

Agora que você já conhece cada métrica para academia que é preciso acompanhar de perto. É hora de colocar a mão na massa!

Author

Especialista em Marketing de Conteúdo, escreve há mais de seis anos sobre e-commerce, meios de pagamento, tecnologia e viagens.