Um grande desafio para quem vende online é saber como definir lances e orçamento no Google Ads, não é mesmo? Se você chegou até a este conteúdo já deve saber como criar campanhas, escolher palavras-chave e vender no Google Shopping, mas isso ainda não é tudo.

Se você ainda se pergunta quanto deve investir e qual deve ser o seu orçamento diário, não precisa se desesperara. Essa é uma dúvida muito comum, principalmente pra quem está começando.

Neste artigo, vamos te ajudar a chegar a um valor que faça sentido para sua operação, uma vez que não existe receita de bolo. Mas, com estudo e dedicação, suas campanhas trarão o resultado que você espera.

Boa leitura!

Como definir lances e orçamentos no Google do Ads?

Antes de começar de fato a definir lances e valores, precisamos ter muito bem definido o objetivo da campanha, quem vamos atingir e o local onde vamos anunciar. Feito isso, seguiremos adiante com as demais etapas.

Vamos pensar em dois pontos fundamentais aos quais devemos nos atentar:

  • O orçamento que você tem disponível no momento para investir.
  • Qual a estratégia de lances que mais se alinha com seus objetivos (pois isso vai definir a forma como pagar ao Google)

Como são dois pontos, e muito importantes, vamos falar sobre eles separadamente e de forma completa. Assim, certamente vai ficar mais fácil de você entender e assimilar o conhecimento.

Vamos começar pelo orçamento:

Definindo o orçamento no Google Ads

Uma das melhores qualidades do Google Ads é ser acessível a todo negócio, seja ele grande, médio ou pequeno. E o fato de você poder determinar o valor do orçamento diário aporta muito mais segurança e previsibilidade dos custos.

Se você está dando os primeiros passos dentro da plataforma, o melhor é ir devagar. Determine um orçamento diário pequeno, algo entre R$ 5,00 e R$ 50,00. Mantenha essa campanha ativa e o orçamento baixo por um período mínimo de três semanas, que é o período médio de aprendizagem do Google.

Neste período, o algoritmo vai começar entender público, segmentação, produtos e comportamento de conversão. Os resultados devem não ser os melhores, mas é aí que entra o seu trabalho de acompanhamento e otimização.

Como definir um valor diário?

Caso você já tenha um valor definido para seu orçamento mensal, o próximo passo é definir o orçamento diário. Para isso, você pode usar um macete que funciona muito bem: divida o valor do seu orçamento mensal por 30,4 (que é a média de dias que os meses do ano costumam ter). O resultado dessa conta é o valor do seu orçamento diário.

Por exemplo, se você tem um orçamento mensal de R$ 500,00:

500 / 30,4 = R$ 16,44: este é o valor do seu orçamento diário.

Fique atento aos detalhes na definição do orçamento

Na hora de definir o orçamento diário, você pode optar por tipos de método de exibição.

O primeiro é o método de exibição padrão, em que o Google distribui a exibição do seu anúncio de forma uniforme ao longo do dia, até sua verba se esgotar. Ao final da verba, o ad só volta a ser exibido no dia seguinte.

O outro método de exibição disponível é o acelerado. Como o nome sugere, ele vai mostrar seu anúncio de forma acelerada e o orçamento se esgotará mais rapidamente. Se você errar nessa escolha pode prejudicar o despenho de sua campanha, porque seu anúncio pode não atingir sua persona de forma adequada.

Quando trabalhamos com um valor de orçamento mensal, pode acontecer de o valor diário gasto ultrapassar em até 20% o montante que você definiu. Mas não há motivo para pânico: o Google deixa essa margem para poder entregar mais anúncios caso a plataforma acredite que isso será vantajoso para a sua campanha. A compensação é feita nos dias seguintes, gastando menos em dias com menor chance de conversão.

Agora que já falamos sobre a definição dos orçamentos diário e mensal, o próximo passo é a definição do lance.

Como escolher a sua estratégia de lances

Como você já deve ter notado, o Ads oferece várias opções de estratégias de lances. E você pode escolher a melhor de acordo com seu objetivo de campanha. Se você ainda não conhece as estratégias, vamos a elas:

  • CPA ou custo por aquisição: usada em campanhas com objetivo de aumentar a conversão no site ou e-commerce;
  • CPC ou custo por clique: é a melhor estratégia para quem quer levar o maior número possível de clientes em potencial para determinada página de destino, ou landing page (LP);
  • CPM ou custo por impressões: muito usada para aumentar o reconhecimento de marca, quando o foco da campanha é ser vista pelo maior número de pessoas possível e sem se preocupar com tráfego ou conversão;

Essas são as predefinições do Google, mas você pode optar, também, por CPC manual (em que você otimiza o valor ao longo da campanha e de acordo com os resultados).

As campanhas terão bom desempenho quando você conseguir acertar um valor de lances competitivo, aliado a boas escolhas das palavras-chave. E claro, muita otimização após a campanha entrar no ar.

E, para gerenciar o dinheiro originado com todas essas novas conversões que você vai conseguir agora que já sabe como definir lances e orçamentos no Google Ads, conte com a Vindi, a mais completa plataforma de pagamentos do mercado. Fale agora com um de nossos especialistas! 

Rate this post

Write A Comment

[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[data-image-id='gourmet_bg']
[data-image-id='gourmet_bg']
[data-image-id='gourmet']
[data-image-id='gourmet']