Qual é o seu Plano de Desenvolvimento Individual?

Se ainda não tem um, proponho uma reflexão sobre esse assunto tão importante para a sua carreira.

Comece respondendo a si próprio sobre suas metas:

  • Mais uma semana acabou, mais um mês se inicia e o que você fez?
  • Quais estudos realizou?
  • Quais projetos você entregou?
  • O que pretende começar a estudar?
  • Já fez uma lista do que já pode compartilhar de conhecimento?

Essas são algumas das anotações que você já deveria estar fazendo – se ainda não fez, comece agora mesmo.

A verdade é que é muito importante ter um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI). 

Independentemente do incentivo de terceiros, isso te ajudará a ter automotivação na carreira.

Eu tenho a graça de ser incentivado e apoiado no meu trabalho para que meu PDI se torne realidade. 

E é sobre isso que vou falar neste conteúdo.

Mas, antes, algumas informações básicas para você entender o que é o PDI, para que serve e por que é importante.

O que é Plano de Desenvolvimento Individual?

Um Plano de Desenvolvimento Individual é um roteiro que o profissional ou empresa define para a sua carreira.

Como todo planejamento, o PDI parte de um objetivo central e, a partir dele, são estabelecidas as ações necessárias para que seja concretizado.

Esse instrumento serve como referência para o profissional alcançar aquilo que deseja para a carreira – muitas vezes, de forma alinhada aos objetivos da empresa onde atua.

Dessa maneira, o crescimento profissional do colaborador traz ganhos não apenas individuais, como também coletivos para a organização como um todo.

Como funciona um PDI

Como destaquei antes, o PDI pode ser elaborado tanto pelo profissional quanto pela empresa onde ele trabalha.

O documento parte sempre de um objetivo específico a ser alcançado, como ocupar um determinado cargo em nível sênior na organização.

Com base nessa definição, é estabelecido um roteiro de ações que vão levar a esse objetivo, incluindo o desenvolvimento de habilidades técnicas exigidas para o posto.

Ao colocar um PDI em prática, não apenas o profissional se compromete com o objetivo traçado, como também a empresa, já que é dever dela o apoiar em todas as etapas.

E as vantagens são muitas, como conto a seguir.

Qual a importância do Plano de Desenvolvimento Individual?

O Plano de Desenvolvimento Individual é importante para o profissional, pois traz mais clareza para a sua carreira.

Fica muito mais fácil crescer profissionalmente se você sabe aonde quer chegar e o que fazer para isso acontecer.

Isso sem contar que cada passo em direção ao objetivo é uma injeção de ânimo para seguir em frente – ainda neste texto, vou contar a minha história e esse ganho na motivação vai ficar mais claro.

Já para as empresas, a importância do PDI se dá muitas vezes na retenção de talentos.

Ou seja, é muito melhor para a organização manter no time os melhores colaboradores, ainda mais quando os objetivos estão alinhados.

Agora que expliquei rapidamente o que é o Plano de Desenvolvimento Individual e seu funcionamento, é hora de compartilhar a minha história.

Meu PDI: uma história de desenvolvimento para se inspirar

Há mais ou menos um ano, comecei a estudar sobre “Developer Relations” ou apenas #DevRel

Meses depois, conversei sobre o assunto com meus líderes de engenharia de software.

Em dezembro de 2021, quando estava preste a finalizar um projeto social na empresa, a Diretora de Cultura e Pessoas chegou em mim e disse:

“Tenho uma ideia e até já sei o cargo ideal para você. Vamos conversar, ver se você gosta e, quando estiver preparado, montamos seu PDI”.

Eu, extasiado, pensei: 

“Mano, é real! Essa parada de PDI por aqui também funciona.”

Já que vamos investir tempo de vida em uma empresa, que ela também nos dê as ferramentas necessárias para nosso desenvolvimento para que de fato as trocas continuem justas e sejam passíveis de serem realizadas.

Continuei me preparando, anotando tudo que era preciso para que, assim que eu estivesse preparado, chama-lá para estruturar o meu PDI. 

Eu já fazia controle de minhas realizações e do que precisava para dar o próximo passo – e esse já era o meu plano de desenvolvimento. 

Eu estudo os assuntos que relacionei como importantes, compartilho conteúdo nas redes e procuro um grupo de pessoas que possam validar minhas ideias sobre o que é e como ser um #DevRel.

Minhas expectativas aumentavam a cada passo que eu dava nos estudos, pois eu percebia que meus objetivos tinham total alinhamento com os movimentos que eu observei na empresa.

Foi então que tomei coragem e falei com meu gerente que seria o momento de falarmos sobre as possibilidades.

E, mais uma vez, fui surpreendido positivamente, pois me apresentaram um benchmarking incrível, algo de que eu não fazia ideia, mas que eles tomaram o cuidado de ir atrás e produzir. 

Com frio na barriga, aceitei o desafio de migrar para a área de #DevRel.

Eu tive conversas necessárias com meus líderes diretos para entender muitos pontos.

E esses feedbacks foram importantes para compreender que era um processo que demandava dedicação exclusiva sobre aspectos que eu ainda não tinha experimentado, muito em razão do ritmo no time de engenharia de software.

Ali, estava colocado à mesa o que chamamos de metas de desenvolvimento:

  • O que é preciso melhorar?
  • Qual habilidade deve ser aprimorada?
  • Quais comportamentos serão trabalhados?
  • O que se deseja alcançar ao final do plano? (Esse é o ponto-chave, qual resultado você espera obter no final do PDI? Esse resultado será seu objetivo específico).

Tão importante quanto saber para onde se está indo é compreender o que leva você para determinado ponto.

Assim, a motivação da escolha daquele objetivo funciona como uma espécie de combustível: quanto mais motivado para realizar o plano, melhor será a concentração e o foco.

Dedicar tempo da sua vida escrevendo seu PDI te garante compromisso e oportunidades para o seu futuro.

E se essa tarefa for amparada pelo RH da sua empresa, o seu sonho será realizado muito mais rapidamente.

Gostou da minha história?

Aproveite para conferir o podcast abaixo que vai complementar seu aprendizado sobre carreira em tecnologia: 

Venha para o time de Tecnologia da Vindi!

Rate this post

Write A Comment

[data-image-id='gourmet_bg']
[data-image-id='gourmet_bg']
[data-image-id='gourmet']
[data-image-id='gourmet']