8 segredos de uma descrição de produto para e-commerce perfeita

Criar uma descrição de produto para e-commerce perfeita requer alguns cuidados essenciais. Mas não se preocupe, aqui listamos os principais para você!

Na hora de criar uma descrição de produto para e-commerce é preciso ficar atento com alguns detalhes que podem definir o sucesso do seu projeto. Como: o que é o produto? Para que serve? Qual seu diferencial? De qual material é feito e qual o modo de uso?

Essas informações ajudam a criar relevância para sua página em buscadores e, mais importante, ajuda seu consumidor a conhecer melhor o que você vende.

Contudo, é preciso ir além destes detalhes e aplicar técnicas específicas para construir um bom conteúdo baseado em SEO (Search Engine Optimization). Isso fará toda a diferença na hora de reduzir a taxa de abandono do carrinho.

Para isso, vamos te ajudar a criar uma descrição de produto atraente e que funcione bem quando aliada a outros conceitos de SEO.

Como fazer uma descrição de produto para e-commerce?

Além de informar, a descrição de um produto serve para converter visitantes em compradores. E, até mesmo, em possíveis clientes assíduos. Como citamos anteriormente, procure responder as seguintes questões:

  • O que é o produto?
  • Para que serve?
  • Qual seu diferencial?
  • De qual material é feito?
  • Modo de uso?

Uma descrição de produto para e-commerce bem trabalhada servirá aos seguintes propósitos: 1) afetará de forma positiva a taxa de conversão do seu site, e 2) ajudam de forma significativa a otimização do seu site pelos buscadores (Como o Google).

Um bom exemplo é o e-commerce da Rede Natura, um site elogiado pelos consumidores e vencedor da 15ª edição do prêmio Ebit, na categoria “Melhores Lojas”.

natura descrição - ecommerce

O e-commerce aplica de forma eficiente os principais pontos para a criação de uma boa descrição de produto. Desde a aplicação da palavra-chave, até conceitos mais complexos de storytelling e gatilhos mentais. Veja a descrição que eles desenvolveram para o produto Deo Parfum Essencial Exclusivo Feminino.

Abaixo listamos nove “segredos” que vão te ajudar a estruturar uma boa descrição de produto para e-commerce!

1. Matéria prima

Como já mencionamos, descreva alguns detalhes técnicos do produtos, como a matéria prima utilizada em sua composição (“couro”, “algodão”, “seda”, para itens de vestuário, por exemplo).

Um jeito simples de realizar essa tarefa é pedir ao fabricante essas informações. Você só precisará organizá-las de maneira que não parece uma ficha ténica, mas que conte a origem daquele produto. Da matéria prima ao resultado final.

2. Medidas

Tamanhos de roupas, calçados ou as dimensões de móveis precisam ser destacadas na descrição de produto para e-commerce. Afinal, seu cliente precisa desses dados em uma posição de destaque para não ter dúvidas na hora de realizar a compra.

No caso de vestuários, inclua as medidas exatas de cada peça. Por exemplo, não coloque apenas “P, M, G e GG”, pois essas medidas podem variar de acordo com o fabricante. Dê as dimensões exatas das peças. Além de mostrar maior preocupação com os detalhes, essas informações ajudam a reduzir as chances de trocas.

3. Objetividade e clareza

Quando for descrever um produto, seja objetivo e escreva de forma simples e clara. Destaque termos importantes que evidenciem um diferencial, ou criei subtítulos para detalhes novas informações. Essa medida também ajudará na estruturação do SEO da página.

Criar tópicos em bullets também é uma forma de sintetizar informações que podem ser muito técnicas.

4. Palavras-Chave

Antes de escrever a descrição de produto para e-commerce, faça uma pesquisa por palavras-chave mais utilizadas em buscas para um determinado produto. Para isso, você pode utilizar o Google Keyword Planner para fazer esse levantamento de termos.

Lembre-se: você deve escolher somente uma palavra-chave por página.

Na hora de criar a descrição, também evite repetir muitas vezes a palavra-chave. Já que além de deixar o texto cansativo e pouco natural, essa prática pode ser considerada como uma técnica de Black Hat (conjunto de práticas para burlar os mecanismos de busca e obter resultados imediatos). Sua página poderá sofrer penalidades por parte dos buscadores, perdendo o ranqueamento e, até mesmo, a indexação.

5. Público-alvo e Persona

Conhecer seu público-alvo é fundamental para criar uma descrição de produto para e-commerce relevante. Uma boa sugestão é criar uma persona. Por exemplo: se sua marca fosse uma pessoa, qual seria seu perfil? Seria homem ou mulher? Qual seria sua faixa etária e profissão? Qual seria o tipo de linguagem que ela usaria: formal ou algo mais coloquial?

Assim, ao ter uma persona bem definida, você poderá falar de igual para igual com seus consumidores. Isso significa mostrar que conhece seus desejos e, mais importante, sabe do que eles precisam.

6. Gatilhos mentais

Utilize palavras que sejam como gatilhos mentais, ou seja, que projetem a imagem daquele produto em funcionamento ou em uso pelo consumidor. Na descrição de produto para e-commerce para alimentos, você pode utilizar termos que passem a ideia de textura, sabor e aroma; para roupas, use palavras que tragam a sensação de durabilidade, conforto e elegância, por exemplo.

Esses gatilhos serão responsáveis por reafirmar a qualidade e eficiência dos seus produtos, uma vez que o consumidor efetuará a compra pela internet.

7. Storytelling

Uma vez que você compreender as necessidades do seu público-alvo, você já pode aplicar todos os itens descritos até aqui na descrição de produto para e-commerce. É hora de escrever tudo o que você sabe de forma que seu produto seja uma verdadeira solução para seus consumidores.

Para isso será preciso: utilizar a linguagem adequada (persona); aplicar as palavras-chave selecionadas, mostrar todos os detalhes e aplicar alguns gatilhos mentais para reafirmar a eficiência e qualidade. Tudo isso com objetividade e clareza.

Crie uma narrativa que englobe todos esses conceitos e leve seu consumidor da matéria prima, até os motivos que o farão querer colocar aquele produto em seu carrinho.

Lembre-se: textos curtos, porém criativos, são ideais para otimização do seu e-commerce em dispositivos mobile.

8. Brand Lovers

Selecione avaliações positivas de seus produtos e inclua em suas descrições. Dessa forma você poderá reafirmar a qualidade do seu produto por meio de um depoimento de um cliente satisfeito; ou transformar um receio em algo positivo, criando uma narrativa que reafirme a qualidade da sua mercadoria.

Seja qual for seu público-alvo, criar uma descrição de produto para e-commerce perfeita influenciará diretamente nos acessos orgânicos (que não são por meio de anúncios) e na redução da taxa de abandono de carrinho!

ebook gateway ou subadquirente

Sobre o autor

Redação Vindi
A Equipe de redação Vindi é formada pela área de sucesso do cliente, marketing, financeira e vendas. Todo mundo contribui para que você fique informado sobre tudo em assinaturas, pagamento on-line e Saas.

Você vai gostar também

Marketplace: o que é e como funciona esse modelo d... Um shopping virtual. Essa é a melhor definição para descrever o que é um marketplace. Ele funciona como um portal de vendas online colaborativo. Ou se...
E-commerce: 7 dicas rápidas para você ainda aprove... A Copa do Mundo é o assunto do momento. E você, está focado em quê? Você pode estar pensando “Mas eu não vendo TV, nem camisa de seleção ou artigos es...
Como transformar seu e-commerce em um clube de ass... Nos Estados Unidos já existe uma migração do e-commerce “venda a venda” para “venda recorrente”. E importante que os empreendedores entendam essa migr...
Será que as vendas online podem salvar o varejo? Os últimos resultados das vendas no varejo não têm sido positivos, diferente da online. De acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio, os número apontar...