Hoje (5), o Banco Central liberou oficialmente o cadastro no PIX para instituições financeiras. No entanto, é possível que você já esteja recebendo diversas comunicações do seu banco emissor desde o mês passado.

O que aconteceu, até o dia 5 de Outubro, foi basicamente um pré-cadastro. Então, se você declarou intenção de cadastro no PIX em uma ou mais instituições, cada banco ou fintech é responsável por enviar as informações e receber as chaves.

Dessa forma, você já terá um cadastro no PIX, mas isso pode ser uma cilada tanto para pessoas físicas quanto jurídicas.

Portanto, neste artigo você verá os maiores motivos para não se cadastrar no PIX agora. Leia com atenção antes de se decidir!

5 motivos para não fazer o seu cadastro no PIX hoje

Algumas instituições têm sido incisivas em sua comunicação nas últimas semanas. É o caso do SX do Santander, da campanha do Nubank dizendo que “o mundo ficará mais Nubank” com o PIX e tantas outras.

Todo mundo quis sair na frente e dizer que o seu PIX tinha algum diferencial. No entanto, o funcionamento do PIX tem premissas básicas:

  • Ser instantâneo, com transferências em até 20 segundos;
  • Custar muito mais barato, com taxas a partir de R$ 0,01 para pessoas jurídicas e ser gratuito para pessoas físicas;
  • Funcionar sem limites de tempo e horário, 24 horas por dia e 7 dias por semana;
  • Oferecer soluções de pagamento via celular, como QR Code;
  • Democratizar o acesso a outras formas de transferência, incluindo desbancarizados.

As instituições precisam abraçar esses pilares e, no final, o PIX funcionará assim para todos os bancos e fintechs a partir de 16 de novembro

Portanto, vamos entender quais os 5 maiores motivos para não fazer o seu cadastro no PIX hoje?

Não é obrigatório fazer o cadastro no PIX

Com tantas comunicações, você provavelmente deve estar pensando que é obrigatório fazer esse cadastro hoje, mas isso não é verdade. Você não precisava fazer um pré-cadastro e nem precisa de uma chave antes do lançamento.

Além disso, é fundamental que você entenda que a sua chave será entregue ao banco que enviou seu cadastro primeiro. 

Sendo assim, se você enviou seu CPF para três bancos, só um terá direito a esse número de CPF e te dará a chave. Falaremos mais sobre isso nos tópicos seguintes!

Dessa forma, esse pré-cadastro foi apenas uma organização interna das instituições financeiras, considerando que quem sair na frente e enviar o seu cadastro, terá prioridade ao dar a chave PIX.

É importante avaliar as ofertas das instituições financeiras com cuidado 

Alguns bancos e fintechs estão oferecendo programas de recompensas e ferramentas adicionais ao funcionamento do PIX, que será padrão para todos.

No entanto, a maioria só oferece esse cadastro, e isso pode esperar, já que não é uma obrigatoriedade imposta pelo BACEN.

Analise com cuidado, fale com seu gerente e entenda o que o PIX daquele banco tem de tão diferente dos demais. Só assim você tomará uma decisão mais assertiva, sendo pessoa física ou jurídica.

Você não pode ter a mesma chave em instituições diferentes 

Sempre que você fizer um cadastro no PIX, você vinculará aquele dado com aquela instituição financeira. 

Isso não quer dizer que o seu acesso será pulverizado, pelo contrário: pessoas físicas poderão ter até cinco chaves e, as jurídicas, até 20 em cada instituição

A questão é que, se você cadastrou seu CPF em um banco, não poderá cadastrar em outro. Nesse caso, você pode usar outro dado, como e-mail, para ter o PIX em mais de um banco.

Da mesma forma, se você já realizou o pré-cadastro em várias instituições e inseriu o mesmo dado em todas, só a que enviar primeiro ao Banco Central te dará essa chave. Você pode pensar que tem duas, três ou várias chaves, mas só tem uma.

Portanto, se você fez essa operação, converse com as instituições para saber qual a situação e, se necessário, retire o seu cadastro.

Não existe nenhum benefício a mais por fazer o cadastro no PIX hoje 

O PIX será lançado no dia 16 de novembro para todo o Brasil. Não existe nenhuma possibilidade de que algum banco ou fintech comece a operar com o PIX antes disso, e você pode fazer o seu cadastro a qualquer momento.

Além disso, como já falamos aqui, agora a corrida do mercado é para garantir uma chave sua. 

Por isso, é de suma importância entender como está o funcionamento e o regulamento do Banco Central, para não cair em uma urgência que não existe.

É possível fazer a portabilidade da chave depois

Portabilidade é a palavra da vez, e o último motivo para que você não tenha pressa em fazer o seu cadastro no PIX. A ideia do BACEN é simplificar a operação, e o PIX é realmente uma ferramenta de pagamento ágil, objetiva e totalmente segura.

Por isso, nenhum processo altamente complexo diz respeito ao funcionamento dos pagamentos instantâneos. Quando você se cadastrar, você pode usar o serviço em um banco e migrar depois.

O mesmo vale se a sua conta for encerrada. Caso você feche a conta no banco X, as suas chaves cadastradas automaticamente serão desvinculadas daquela instituição. É muito mais liberdade para o agente pagador!

Mas, atenção! Se você fez o seu pré-cadastro em um banco X e liberou a portabilidade automática no banco Y, provavelmente você só terá uma chave no segundo banco. Se nenhuma instituição financeira explicou isso até agora, nós estamos aqui para te ajudar!

Aqui na Vindi, participamos do GT dos Pagamentos Instantâneos, como a pioneira e especialista em recorrência. 

Portanto, se você gostou deste artigo com os porquês de não fazer o cadastro no PIX hoje, assine a nossa newsletter e aguarde nossos conteúdos especiais sobre o assunto. Nós estamos preparando séries especiais para você e sua empresa!