Hoje, se uma empresa não for orientada a dados e se não tiver uma equipe com um mindset data driven, ela está fadada à falência. Por isso, fazer um acompanhamento das métricas é de extrema importância para a saúde de qualquer negócio.

Muito também se fala de transformação digital e, muitos mercados estão investindo nisso, principalmente, os mais tradicionais. E o setor de seguros é um dos que está se reinventando e, por isso, listamos algumas métricas que necessitam de acompanhamento.

É necessário observar todos os indicadores que são gerados ao longo do processo. Desde a prospecção do lead, passando por tempo do ciclo de venda, até o pós venda. Essas métricas ajudam a tomar decisões estratégias importantes sobre o futuro do negócio.

Taxa de conversão

Muitos acham que o número mais importante a ser olhado é o de vendas, quantos contratos foram fechados. Mas, é aí que se enganam! É preciso olhar todo o caminho do lead e, isso começa na taxa de conversão.

É preciso observar quantos leads foram gerados e, desses leads, quantos viraram oportunidade de venda. Isso funciona como um termômetro para o time de Marketing. Será que os anúncios, os materiais lançados e toda estratégia estão de acordo com o público ideal?

Essa é a primeira taxa de conversão a ser observada. Posteriormente, quantas oportunidades viraram de fato vendas. É outro indicador de sucesso da estratégia do time de Marketing e Vendas.

Qualidade e tempo de vida do cliente

Quanto tempo em média uma pessoa fica sendo cliente em uma empresa? Tudo depende do setor, do serviço, do preço e outros fatores. E, quanto se gasta e o quanto se ganha durante este período? O cliente está se pagando?

Tudo isso é importante colocar na ponta do lápis. Não é saudável trazer clientes que não dão lucro, pelo contrário, só prejuízo financeiro. Por isso, é preciso calcular o LTV (Lifetime value).

Além da parte financeira, é preciso analisar a qualidade. Tornar a jornada do cliente encantadora.

Indicadores de sucesso

É preciso monitorar alguns indicadores no mercado de seguros, como:

Número de apólices – quantas estão vigentes, quantas canceladas, quantas foram emitidas, quantas foram recusadas.

Qual o índice de inadimplência? Como estão os recebíveis? E, neste ponto, é importante realizar a cobrança de forma automatizada e segura, para conseguir calcular todos os números e fazer toda a gestão financeira.

A sinistralidade é outro indicador importantíssimo para este mercado. Por isso, além de acompanhar, é preciso tomar atitudes para controlar este índice.

Por exemplo: incentivar atitudes preventivas para os clientes e dar as orientações corretas.

Se você tem uma segurada ou uma insurtech e quer automatizar as cobranças, precisa reduzir a inadimplência e tudo isso de forma segura. Pode contar com a plataforma da Vindi. Clique na imagem abaixo para falar com um de nossos consultores.

banner para contato comercial na Vindi