Magento ou WooCommerce? Se você pensa em abrir um negócio online, provavelmente já se deparou com essa questão. Já que essas são as duas plataformas que mais têm ganhado espaço no mercado digital.

Enquanto a primeira é um plug-in gratuito para WordPress, a segunda é um sistema web open source, com uma infinidade de recursos à disposição para administrar a loja.

Sendo assim, a escolha entre qual utilizar não é fácil e deve ser feita levando em consideração as suas necessidades de vendas. Já que tanto o Magento como o WooCommerce possuem pontos fortes e fracos que devem ser considerados.

Para ajudar você nessa decisão, detalhamos as principais características das duas plataformas. Confira!

Magento ou Woocommerce? Qual plataforma escolher para criar seu e-commerce?

Apesar de terem propostas parecidas, cada uma das plataformas oferecem diferentes aplicações para quem quer criar um e-commerce num ambiente open source. Então, nosso intuito nesse post é falar sobre os prós e contras de cada uma delas.

No nosso ponto de vista não existe melhor ou pior, mas sim preferências por momento do projeto, tipo de administração e flexibilidade. Siga nossa análise.

Magento

Presente no mercado desde 2008, o software atende desde pequenas até grandes empresas do comércio virtual. É uma plataforma de e-commerce desenvolvida na linguagem PHP e que está em formato livre no site da empresa e na comunidade de desenvolvedores.

Por se tratar de um sistema open source, o Magento possibilita que qualquer pessoa com conhecimentos avançados de programação possa fazer alterações e desenvolver diversas funções na plataforma; o que permite uma constante customização, satisfazendo o mercado que a molda do jeito que preferir.

Além disso, oferece a integração completa com vários sistemas, como gateways de pagamento, ERP, WMS, CRM, ferramentas de e-mail marketing e tantos outros recursos exclusivos. Tudo isso com alta performance de gestão.

Quer saber mais sobre o módulo de pagamento Magento da Vindi? Clique no banner abaixo.

magento

Outra grande característica do Magento é a arquitetura modular. Por meio dela, o sistema como um todo é composto por módulos independentes (também chamados de Extensões Magento).

Esses módulos são considerados a grande sacada da empresa, permitindo a incorporação de novas funções por usuários, tornando a plataforma mais agradável para quem visita e adicionando funcionalidades para quem administra.

Outro grande destaque dessa plataforma, ao considerar o Magento ou Woocommerce, são os templates. É por meio deles que o design da loja pode ser alterado, possibilitando que usuários customizem da maneira que acharem melhor.

Entretanto, a plataforma exige um bom provedor de hospedagem, já que trabalha com inúmeras requisições ao banco de dados. Em casos de deficiências no desempenho do provedor, a loja não funciona muito bem, podendo chegar a sair do ar.

Prós:

  • Pode ser constantemente customizada;
  • Pequenas e grandes empresas podem utilizar os serviços da plataforma;
  • Uso de templates para alterar o design da página.

Contras:

  • Exige um bom provedor de hospedagem;
  • Muitos recursos tornam a plataforma complicada;
  • Exige conhecimento avançado em programação.

WooCommerce

Diferente do Magento, o WooCommerce é um “plug-in” open source e não chega a ser propriamente uma plataforma. Lançado no mercado em 2011, ele é uma boa alternativa para vendas online. Tem interface leve, fácil de operar e vem conquistando cada vez mais espaço, principalmente com as empresas menores.

Sendo assim, as lojas virtuais são criadas diretamente pelo WordPress e, pelas facilidades de manutenção, muitos usuários ao considerarem o Magento ou Woocomerce acabam preferindo o segundo.

Por meio de ferramentas modulares, como algumas features do WordPress, é possível inserir no site elementos como carrinho de compras, gateways de pagamento, gerenciamento de estoque e outras facilidades. Além do que, ele permite a adesão a outras formas de pagamento por extensões gratuitas ou pagas.

Quer saber mais sobre o plug-in de pagamento WooCommerce da Vindi? Clique no banner abaixo.

woocommerce

O WooCommerce é uma grande oportunidade para quem deseja se aventurar no mundo e-commerce. Variáveis pré-criadas não exigem do usuário um conhecimento aprofundado sobre programação back-end. O que permite moldar o site e dar uma repaginada bacana sem tantas complicações.

Mas se você achou pouco, o WooCommerce também é integrado ao Schema; que pode ajudar na questão de SEO, um fator importante quando o assunto é gerar visitas.

Prós:

  • Por rodar em WordPress e não precisa de um sistema de hospedagem complexo;
  • Gratuito para baixar;
  • Fácil utilização.

Contra:

  • Limitação devido à utilização de uma plataforma que não nasceu com foco no e-commerce;
  • Base de dados de plug-in pode ser insuficiente.

Magento ou WooCommerce: semelhanças

Primeiramente, tanto o Magento ou WooCommerce possuem produtos de código aberto. Ou seja, o usuário poderá editar e customizar a loja da forma que desejar.

Além da permissão de adicionar facilmente uma infinidade de produtos e temas para projetar e personalizar o design do site.

Outra grande semelhança está no modelo de negócios “freemium”. Ou seja, ambas as plataformas cobram por recursos adicionais caso o usuário queira complementar a sua loja.

Por exemplo, na integração das formas de pagamento com um banco (gateways). Além do que, tanto o Magento ou WooCommerce permitem que o dono da loja virtual tenha um blog.

Conclusão

Não existe melhor ou pior solução. O que a gente conclui com mais de centenas de e-commerces é que a escolha depende do momento da empresa, do profissional de TI que está a frente do negócio e também da velocidade que o projeto precisa ter.

Liste suas necessidades, quais são suas projeções para o futuro e escolha a plataforma que melhor consegue atender você também a longo prazo.

Você já conhecia o Magento ou WooCommerce como ferramentas de e-commerce? Não deixe de compartilhar suas experiências nos comentários abaixo!

ebook gateway ou subadquirente

Você vai gostar também

WooCommerce Assinaturas Vindi Lançamos hoje a nova versão do nosso plugin para assinaturas do WordPress. Funciona juntamente com o WooCommerce, uma das plataformas mais usadas por ...
E-commerce: dados, tendências e mudanças do varejo... Em 10 de agosto, a Vindi participou do 3° Ranking da SBVC (Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo), evento que reuniu algumas das maiores empresas v...
Ferramentas para analisar sua plataforma Saas Um modelo de negócio que vem ganhando cada vez mais espaço: a venda por assinaturas. É um modelo inteligentíssimo (e eficiente) que assegura um fatura...
WooCommerce Subscriptions Anunciamos orgulhosamente nossa integração com o plugin oficial de assinaturas do WordPress: o WooCommerce Subscriptions. Criado pela WooThemes (empr...