Os applemaníacos estavam aguardando o novo iPad ou o novo iPhone na última conferência da empresa (dessa vez 100% online), que aconteceu no último 15 de Setembro. Para mim, o grande lançamento foi o plano de assinaturas Apple One.

O lançamento é um contra ataque em diversos serviços de assinaturas que crescem fortemente no mundo. É o ataque da Apple!

apple one modelo
Foto: Apple

O destaque desse lançamento, na minha opinião, é que a empresa está decidida a crescer ainda mais forte em assinaturas e preparou uma ofensiva forte aos serviços de Google, Dropbox, Netflix, Prime Amazon, Spotify, Sony, Microsoft e até academias de ginástica, com o lançamento do Apple Fitness+.

É um “pacote bomba” para quem já assina música, filmes, games e notícias.

Apple One, o pacote bomba da Apple.

O Apple One é o plano de assinaturas da Apple que engloba todos os principais serviços recorrentes, num único pacote. Com três planos diferentes de assinaturas (individual, família e premiere) os usuários da Apple poderão unificar o uso dos serviços numa única cobrança, podendo escolher inclusive, o tipo de aplicativo.

apple one assinaturas
Foto: Apple
Apple One Assinaturas
Foto: Apple

O plano premiere, engloba todas assinaturas disponíveis: Apple TV+, Apple Arcade, iCloud, Apple Music, Apple News+ e Apple Fitness+.  E de quebra, o assinante ainda leva 2T de espaço para armazenar fotos, vídeos e todos tipos de arquivos.

Diante de alguns serviços de assinaturas populares, essa iniciativa pode ser uma ofensiva, principalmente para usuários de iPhone. Particularmente, assino serviços como Spotify, Netflix e Dropbox e ficarei tentado a fazer esse plano. Meu gasto mensal ultrapassa os R$100 e fiquei encucado ao calcular que todo o pacote Apple One saiu por algo em torno de R$160 (com o dólar em torno de R$5,50).

Apple Music x Spotify

O carro chefe da Apple (em assinaturas) é o Apple Music. A empresa não comenta publicamente a contagem de assinantes, mas o portal Midia Research fez uma estimativa do primeiro trimestre do ano, baseada na última divulgação da própria Apple e a expectativa é que tenham atualmente 72 milhões de assinantes, no streaming de música. Já o Spotify, principal alvo da empresa nessa concorrência, divulgou que atingiu 130 milhões de assinantes em Março de 2020. Veja imagem abaixo.

apple one assinantes
Foto: Statista

O Morgan Staley fez um estudo sobre o benefício de escolher o combo ao invés dos serviços individuais, veja abaixo (peguei de um email da Zuora).

beneficio apple one

A grande novidade de fato, é o lançamento do Apple Fitness+, produto lançado tardiamente ao meu ver, mas que pode mexer o ponteiro forte. Acredito bastante nesse tipo de assinatura, com proposta clara de acompanhamento de saúde.

Tava demorando para a Apple contra atacar o avanço da Disney+ (com + de 60 milhões de assinantes), Netflix, Spotify e cia. Resta saber se vai dar certo.

Leia também o artigo sobre o crescimento da Netflix e Salesforce.