Em mais uma análise do Vindi Insights tentando descobrir o que vai acontecer com a economia do Brasil e do Mundo, o Mercado Mundial apontou que a expectativa de redução do nosso PIB pode chegar a 5%.

Além disso, indo de encontro com as previsões, já é possível notar o grande impacto da crise em alguns segmentos.

Mas, ao mesmo tempo, é possível identificar aqueles que, em meio ao caos, estão conseguindo fidelizar seus clientes e aumentar suas vendas. Quais são os segmentos que estão em alta? Quais tendem a cair ainda mais? É o que você vai descobrir no Vindi Insights dessa semana!

Fizemos um comparativo entre os dias 5 e 11 de Março, ainda sem o impacto maior causado pelas medidas adotadas, e do mesmo período de Abril. Dessa forma, é possível notar uma clara tendência de queda de segmentos como o Fitness e Saúde, além do crescimento considerável dos Clubes de Assinatura. 

Para essa análise, usamos como base o volume total transacionado pelos nossos mais de 6 mil clientes em compras com cartão de crédito, débito e boleto, tanto em vendas recorrentes quanto pontuais. Portanto, confira abaixo como estão os segmentos:

Vindi Insights: comparativo do valor transacionado em Março e Abril

Em primeiro lugar, foi possível perceber uma queda de -4,2% na quantidade de transações durante este período. Ao analisar somente a última semana, de 5 a 11 de Abril, a queda nas transações se mostrou relativamente baixa.

Entretanto, ao comparar todos os dias do mês de Abril, até o momento, ela chega a -16%. Já quando o assunto são os valores transacionados neste período, a queda também foi significativa, chegando a -19%.

Dessa forma, embora o começo do mês tenha sido abaixo, a segunda semana vem se estabilizando em relação a Março.Vindi Insights: relatório com o valor transacionado da base de clientes da vindi

Segmentos que estão em queda

Educação

A queda, no comparativo entre os períodos de Março e Abril chegou a -8,3%. Mas, se analisarmos o mês inteiro de Abril, não houve mudanças significativas. O setor já havia registrado até -12%, o que aponta uma boa recuperação no mês atual. 

Dessa forma, com a queda do TPV no segmento Fitness, Educação se tornou o segmento com maior representatividade na Vindi.

SaaS

O segmento ainda não conseguiu reagir, apresentando uma queda de -14% no período comparado. Apesar de ter finalizado o mês de Março bem, o mesmo não tem se repetido nas primeiras semanas de Abril. Portanto, mesmo que a crise tenha demorado a impactar o setor, ela chegou, e é preciso acompanhar os próximos dias para saber como o setor vai performar.

Fitness

Ao contrário de SaaS, a queda no valor transacionado do segmento Fitness já era esperada. No comparativo, a queda foi de -34%. Entretanto, comparando o mês inteiro de Abril, o setor aponta uma queda de -37%.

Saúde

O setor de saúde também vem em constante declínio no valor transacionado, chegando a -53% quando comparado à Março. Além disso, ele chegou a ter uma boa melhora em relação à primeira semana de Abril, onde apontava uma queda de 69%. Entretanto, quando comparamos com os últimos dias do mês, a queda foi de 61%.

Seguradoras

O segmento de Seguradoras foi um dos que mais caiu na últimas semanas, chegando a -75% no comparativo. Um resultado bem diferente do início da crise, onde apontava uma crescente no valor total transacionado. 

Turismo e Hotelaria

Outro segmento onde a queda do valor transacionado já era previsto, Turismo e Hotelaria apresentam uma diminuição de -76%. Além disso, este é o setor que tem sido mais impactado com crise, como já era previsto. Entretanto, apesar de ser um número alto, este não foi o maior desde o início da pandemia, que já chegou a ter uma queda de -82%. 

Segmentos que estão crescendo: insights que deram certo

Clube de Assinaturas

Em contraponto aos segmentos acima, os Clubes de Assinatura estão em uma crescente notável. O aumento do valor transacionado chegou a +24%. Com isso, é possível destacar o poder que o modelo de assinaturas têm em momentos de crise. A análise da primeira semana de Abril apontava um aumento de apenas +2,9%. 

E-commerce

Os e-commerce também estão conseguindo manter um aumento do seu valor transacionado, chegando a +12% no comparativo entre o mesmo período de Março, o que demonstra um crescimento bem expressivo do setor. 

Serviços Financeiros

O setor de Serviços Financeiros também continua em alta, mesmo não repetindo o mesmo desempenho da semana anterior, que foi de +24%. No comparativo com Março, o aumento do valor transacionado foi de +8,3%

Estética e Beleza

Outro segmento que está tendo uma tímida crescida é o de Estética e Beleza, chegando +0,25% no comparativo com o período de Março. Entretanto, se analisarmos o mês inteiro de Abril, o aumento do valor transacionado chegou a 5,2%. É um segmento que precisamos ficar de olho!

Insights para o futuro: o que vai mudar?

Portanto, entre as altas e baixas dos segmentos, uma coisa é certa: as empresas precisam se preparar para o que vem depois. Alguns setores vão conseguir se recuperar de forma rápida, como é o caso de Educação e SaaS. Já outros, vão ter um período de crise prolongado, como Turismo e Hotelaria. Mas, é preciso encarar o choque econômico como uma oportunidade para se reinventar e fazer melhor.

Além disso, a crise vai passar e vamos lidar com as coisas de outra forma. O modo como consumimos já estava mudando e agora ele vai se revolucionar. A busca pela praticidade no pagamento e a rendição à transformação digital, por parte de muitas empresas,  já são realidade. 

Dessa forma, pensando em ajudar você neste momento e no que virá depois, a Vindi fez uma seleção de materiais essenciais para você se (re)adaptar. Com o Kit do Empreendedor, queremos ajudar as empresas a buscar insights e pensar fora da caixa agora. Clique aqui e acesse, gratuitamente, todos os materiais. banner kit do empreendedor para acesso gratuito aos materiais