Nos últimos Vindi Insights, pudemos notar uma crescente recuperação de alguns segmentos. Entretanto, em Abril, na prévia do PIB, o IBC-BR despencou 9,73%, o que foi a maior queda da história para o mês. Quando comparado com o mesmo período de 2019, a queda foi de 5,09%. 

De acordo com o IBGE o setor de serviços apresentou queda recorde nesse mesmo período, chegando a -11.7% em Abril. Na Vindi, apesar de considerarmos que o pico da crise realmente foi atingido nesse, conseguimos superar o macro setor. 

Gráfico geral TPV últimos meses

Insights sobre SaaS: um bench Profitwell

O B2B SaaS index é um índice da Profitwell para o desempenho de empresas SaaS, em sua maioria de recorrência. E, com ele, pudemos notar algumas características que ressaltam os motivos do crescimento do segmento durante a crise.

Crescimento do setor SaaS

Nos últimos 7 dias (terminados em 17/6) o índice Profitwell teve alta de 1.15% sobre a semana anterior. Considerando apenas TPV, a Vindi teve performance acima do setor, crescendo 1.9% semana/semana.

Resiliência do modelo de recorrência SaaS

Foi possível notar o crescimento do segmento mesmo em tempos de crise, ao longo de Abril e Maio – meses em que a cada de setores como Fitness foram as piores registradas. 

Insights Profitwell
Dados de 17 de junho

Novo perfil do consumidor na pandemia

Um estudo recente do Google, focado em Startups, apontou tendências do consumidor durante a pandemia: 

  • Embora o volume de compras online tenha crescido, o consumidor está comprando os itens de maior necessidade, ao invés da compra espontânea;
  • Educação está sendo feita dentro de casa;
  • A busca por auxílio financeiro cresceu.

Estudo Google sobre SaaSInsights de buscas por startups d

Segundo dados da McKinsey, a recuperação do consumo, após uma reabertura parcial das empresas implica também em uma recuperação parcial do consumo, além da recuperação dos canais físicos para aquisição, o que pode ajudar a alavancar as vendas. Mas, a previsão é que quando alcançarmos o “novo normal”, que virá após o final da pandemia, o consumidor que você conheça hoje não exista mais. Isso porque novos padrões de consumo estão sendo criados e eles ainda vão mudar bastante. 

Para que as empresas consigam acompanhar essa nova onda de consumo, o estudo da McKinsey aponta o direcionamento para 3Rs simultaneamente:

Responder: garantir medidas apropriadas de resposta à crise e continuidade da operação;

Retornar: gerenciar o período de crise e endereçar oportunidades para uma retomada mais saudável e rentável;

Reimaginar: reimaginar como será o “novo normal” e definir implicações em como a empresa deveria reinventar e desenhar a estratégia de operação.

Insights da Vindi para a sua empresa

Fizemos uma análise da performance dos segmentos comparando dados de 14/06 à 20/06 com 14/05 à 20/05. Neste mesmo período, o TPV da Vindi aumentou 7,8%. Entretanto, o número de transações teve uma breve queda, chegando a -4,8%. Isso pode significar um aumento no ticket médio, por exemplo, uma vez que o volume total de pagamentos foi superior ao número de transações. 

Junho iniciou com TPV abaixo dos valores medidos no mês anterior, mas mostrou recuperação na terceira semana. Confira, abaixo, o nosso comparativo semanal de crescimento.

Gráfico TPV semanal

Insights para os segmentos: performance entre os dias 14/06 à 20/06 x 14/05 à 20/05

Fitness -18,4%

Pouco diferente das últimas semanas, o segmento fitness continua em queda. No comparativo entre os dias 14/06 à 20/06, com o mesmo período de Maio, o setor teve uma diminuição de TPV de -18,4%.

Como sabemos, grande parte dessa performance ruim se deve ao fato do isolamento social, que impossibilitou que as academias se mantivessem abertas durante o período de quarentena. Entretanto, mesmo com a flexibilização do isolamento e as medidas parciais de reabertura em algumas cidade, ainda não pudemos notar uma recuperação do segmento. 

Gráfico Fitness

Clube de Assinaturas -12,1%

O Clubes de Assinatura, que também se mostravam resilientes em meio à crise, não apresentaram bons números no comparativo entre Maio e Junho. Durante as semanas analisadas, a queda do setor foi de -12,1%

Entretanto, devido ao histórico de performance durante a crise e por possuir um modelo digital e recorrente, é provável que o segmento consiga aumentar o seu TPV nas próximas semanas.

Insights gráfico Clubes de Assinatura

E-commerce -0,8%

Outro segmento digital que já teve seus altos e baixos se apresentou estável neste comparativo. Com uma queda de apenas –0,8% no TPV, os E-commerce seguem tendo uma grande vantagem em relação aos demais segmentos pelas vendas online. Entretanto, grande parte da população já mudou seus hábitos, priorizando o consumo de produtos de necessidade básica ao invés daquela compra compulsiva. O que, talvez, tenha feito esses números diminuírem nas últimas semanas.

Gráfico E-commerce

Estética e Beleza +9,8%

O segmento de estética e beleza conseguiu reinventar suas ofertas e resistir bem a crise COVID-19. O setor teve crescimento de 24% no TPV entre Fevereiro e Maio. Porém, no início de Junho, o resultado se mostra negativo. Esse é possivelmente um reflexo da antecipação de receita feita por meio de pacotes vendidos nos meses anteriores, que estão sendo consumidos agora sem gerar nova receita. Entretanto, no comparativo entre os dias 14/06 à 20/06 com o mesmo período de Maio, o crescimento do TPV do setor chegou a +9,8%.

Uma pesquisa publicada pelo Google mostra que durante o isolamento social a busca por palavras chave ligadas a beleza quase dobrou. E que, mesmo em quarentena, os consumidores se interessam em manter a boa aparência.

Insights gráfico Estética e Beleza

Educação +15,1%

Uma pesquisa publicado pelo Google aponta que a quarentena impulsionou drasticamente a busca por aulas e cursos online. Esse interesse do consumidor pode explicar o bom desempenho do setor de educação na Vindi, que no comparativo entre os meses de Maio e Junho teve um crescimento de TPV de +15,1%.

Insights gráfico EducaçãoAlém disso, as plataformas de educação remota, em especial aquelas focadas em aprendizado de novas habilidades, mostram crescimento acelerado durante a crise.

Pesquisa Google Educação

O gráfico de palavras chave no buscador mostra o crescente interesse em e-learning a partir de meados de março.

Insights busca palavra-chave e-learning

SaaS +49,1%

Impulsionado por um grande cliente Vindi, o TPV de SaaS no comparativo entre os dias 14/06 à 20/06, com o mesmo período de Maio, subiu +49,1%. Por já terem uma natureza digital e recorrente, as empresas SaaS se mostram mais resistentes às crises. Entretanto,  ter boas ideias e planejamento é fundamental para que as empresas consigam vender mais.

Gráfico SaaS

Mais insights, mais informação

Quer saber mais sobre o modelo utilizado pelas empresas SaaS e o real motivo de sua resiliência? Então, você precisa ler o e-book SaaS:overview do mercado e estratégias do setor, que acabamos de lançar. Para fazer o download gratuito e ficar por dentro dos insights do segmento, basta clicar aqui ou na imagem abaixo!

Banner e-book SaaS

 

 

Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos você também.