Mais de 200 MIL PESSOAS sabem como vender mais e sempre.

Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos você também.

Avalie esse conteúdo

Você já reparou como fazer a cobrança de clientes manualmente toma tempo? É preciso gerar boletos, emitir notas, entrar em contato com os inadimplentes e por aí vai. Mas, a boa notícia é que por meio da recorrência todo esse trabalho pode ser automatizado.

Ainda mais se você quiser ter tempo para investir em atrair mais clientes. Em 2017, a frota de veículos brasileira passou de 43 milhões. Então, esse número demonstra uma oportunidade de crescimento, pois com a alta taxa de roubo, as pessoas preferem investir em segurança.

Nesse texto, vamos explicar o que é recorrência e o que significa o termo pagamento recorrente. Você vai perceber como eles são grandes aliados do seu negócio e como podem ajudar a aumentar seu faturamento e diminuir a taxa de inadimplentes.

Vamos lá!

Como funciona a recorrência

Você já deve ter ouvido por aí o termo economia da recorrência (em inglês conhecida como subscription model). O nome se popularizou muito nos últimos anos principalmente pelas gigantes como Netflix e Spotify.

Mas a verdade é que o modelo corrente está muito mais presente nas nossas vidas do que você imagina. Por exemplo as contas básicas de luz e água. Ou, então, as assinaturas de revistas, televisão privada entre tantos outros.

A principal característica da recorrência é a prestação de um serviço contínuo. Sendo que, na grande maioria, eles são cobrados por meio de mensalidades, assinaturas ou mesmo planos.

Pagamento recorrente

O segundo termo que ficamos de explicar nesse texto é o pagamento recorrente. Ele é usado para cobrar serviços contínuos de forma automatizada. Com isso, é possível economizar tempo.

Porque pense bem: quando você precisa cobrar o mesmo cliente todo mês, você já tem suas informações registradas. Então, gastar tempo repetindo o processo manualmente é perda de tempo e dinheiro.

Quando se adere ao pagamento recorrente, todo o processo de cobrança é automatizado. Além disso, é possível inserir descontos ou juros em poucos cliques. Se você precisa emitir nota fiscal, também pode fazê-lo em minutos.

Com a economia de tempo, dá para investir em estratégias de atração de mais clientes ou mesmo melhorar o atendimento.

Cartão de crédito

Outra característica do pagamento recorrente é a possibilidade de se fazer cobranças em cartão de crédito sem tomar o limite do cliente.

Isso é possível porque todo mês é feito o débito apenas do valor correspondente ao período, diferente do parcelamento.

Por exemplo, digamos que você ofereça um plano anual de R$ 240. No modelo de parcelamento, na hora do compra, seu cliente precisa ter esse valor disponível em seu limite, sendo que ele ficará bloqueado até o pagamento das parcelas.

Já no pagamento recorrente ele só precisa dispor de R$ 20 em seu limite. Pois o valor será debitado todo mês na data combinada em contrato, sem a necessidade do valor total ficar bloqueado.

Principais vantagens da recorrência e do pagamento recorrente  

Não é à toa que cada vez mais negócios passaram a usar o pagamento recorrente para cobrar seus clientes. O modelo oferece diversas vantagens tanto para o cliente como para a empresa. Confira as principais abaixo.

Maior adesão   

Quando você facilita o pagamento, mais clientes conseguem fechar com você. Pois nem todos eles querem deixar o limite de seu cartão bloqueado.

Além disso, no pagamento recorrente você consegue aceitar as mais diversas bandeiras de cartão do mercado. Mais um ponto que vai ajudá-lo a atrair consumidores, fazendo com que eles fechem com você e não com o concorrente.

Esse modelo de cobrança na recorrência é prático. Seu cliente só precisa informar seus dados de pagamento uma vez e também não precisa se preocupar todo mês em lembrar de pagar um boleto.

Redução da inadimplência

Você sabe que a maioria das pessoas hoje em dia reclamam da falta de tempo. Então, em meio a correria, pode acontecer que alguns de seus clientes esqueçam de pagar o boleto antes do vencimento.

Sem contar que muitas vezes, por greve dos correios ou qualquer outro imprevisto, essa fatura nem chega a ele em tempo.

Quando você passa a usar a recorrência e o pagamento recorrente, esses problemas são eliminados. Já que o débito no cartão acontece sempre na mesma data, sem a necessidade de nenhuma ação por parte do cliente.

Menos gastos

Emitir boleto bancário gera gastos com impressão, papel além da taxa de envio. Já a cobrança no cartão de crédito não precisa de nenhum desses fatores.

Com isso, o pagamento recorrente gera uma economia mensal para sua empresa. Agora, se ainda assim for importante o uso de boletos para seu negócio, é possível então aderir ao boleto digital.

Ele pode ser um dos meios de pagamento usado na recorrência e também ajuda na redução de gastos e redução da inadimplência.

Melhor gestão financeira

Automatizar pagamentos permite que você tenha fácil acesso a dados importantes. Além disso, essas informações são precisas, eliminando a possibilidade de erro humano.

Por meio de uma plataforma de pagamentos, você consegue emitir diversos relatórios em poucos cliques, facilitando a tomada de decisões importantes.

Como aderir ao pagamento recorrente   

Como você percebeu no tópico acima, a recorrência e a automatização de cobranças para rastreamento de veículos oferece diversas vantagens.

E se você quer aderir ao pagamento recorrente, então é necessário contratar uma plataforma. Na hora de escolher, prefira empresas que ofereçam um gateway de pagamento robusto e que cobre taxas justas por transação.

Além disso, segurança quando se lida com dados sensíveis de clientes é muito importante.  Então, procure parceiros que tenham certificados de segurança, como o PCI Compliance.

Pronto! Nesse texto você aprendeu o que é recorrência e como o pagamento recorrente pode ajudar sua empresa a crescer. A Vindi pode ajudá-lo nessa transição, somos um dos maiores especialistas em recorrência do mercado. Entre em contato com a gente!

Author

Especialista em Marketing de Conteúdo, escreve há mais de seis anos sobre e-commerce, meios de pagamento, tecnologia e viagens.