Panorama de desempenho do e-commerce em 2017

“font-weight: 400;”>A ideia deste post é demonstrar alguns resultados do e-commerce 2017 no Brasil através de dados do primeiro semestre e deixar a pergunta: o resultado da sua loja online no primeiro semestre foi:

Ruim? Regular? Bom? Excelente?

Mas a ideia mais importante em relação a qualquer informação abaixo é que, pelos resultados, notamos que o e-commerce continua em crescimento.

Os consumidores estão contentes com a praticidade, comodidade e variedade de produtos e preços encontrados nas lojas online. Ainda que não muito confiantes com a segurança, seguem aumentando a estatística de pagamento online com cartão de crédito.

>> Como escolher a melhor forma de pagamento para seu e-commerce

Além disso, notamos que os marketplaces e compras via mobile (tablets e smartphones) tendem a elevar muito mais esses números nos próximos anos.

Por isso eu trouxe um panorama do primeiro semestre. Vamos lá:

Perfil dos consumidores:

*Mulheres – 50,1%

*Homens  – 49,9%

Faixa etária:

  • 18 – 24 – 18%
  • 25 – 34 – 38%
  • 35 – 44 – 23%
  • 45 – 54 – 12%
  • 55 – 64 – 7%
  • 65+ – 2%

Região:

  • Sudeste – 68,1%
  • Sul – 14,9%
  • Nordeste – 8,2%
  • Centro-Oeste – 6,7%
  • Norte – 2,3%

Taxa de conversão por região:

  • Sul – 1,5%
  • Sudeste – 1,3%
  • Centro-Oeste – 1,2%
  • Norte – 1%
  • Nordeste – 0,8%

Ticket Médio geral -> R$310,89

Tempo médio de navegação -> 00:01:56

Média de itens por pedido -> 3,3

Origem de tráfego:

  • 1º Google Adwords
  • 2º Google Orgânico
  • 3º Direto no site – digitando www.  
  • 4º Referências
  • 5º E-mail Marketing

Formas de pagamento:

  • Cartão de crédito – taxa de aprovação 87%
  • Boleto bancário – taxa de aprovação 49%
  • 3º Outros (transferência bancária, cartão de débito,etc…) – taxa de aprovação 4,5%

Curiosidades:

  • As compras por smartphone cresceram de 22% para 31% de 2016 para o 1º semestre de 2017.
  • São Paulo e Rio de Janeiro são as cidades que possuem maior tráfego – 27,6% e 35,5% das vendas.
  • O número de visitantes que retornaram aos e-commerces para comprar foi de 62,5% enquanto os novos representaram 37,5%
  • O abandono de carrinho ainda é extremamente alto, cerca de 82%, o que nos alerta para a melhoria de fluxos e UX.
  • 52% das transações efetivadas no e-commerce são após uma busca no Google, o que gera uma dependência da ferramenta.

E aí, conseguiu medir o desempenho da sua loja?

Como transformar seu e-commerce em um clube de assinatura?

Especialista em E-commerce e pagamentos na Vindi. Camilla é pós-graduada em Gestão e Estratégias em Comércio Eletrônico e com mais de 8 anos de experiência na área digital. Já atuou em startups, compras coletivas e empreendeu com o seu próprio e-commerce.

Você vai gostar também

Você tem feito seu papel para garantir vendas mais... A gente gosta de “bater na tecla” ao falar de segurança porque ela é – tanto para o cliente final, quanto para as empresas – a parte mais essencial qu...
E-commerce: 7 dicas rápidas para você ainda aprove... A Copa do Mundo é o assunto do momento. E você, está focado em quê? Você pode estar pensando “Mas eu não vendo TV, nem camisa de seleção ou artigos es...
Tendências do comércio eletrônico para 2017 De acordo com o relatório Webshoppers, da Ebit - que traz os resultados e as tendências do comércio eletrônico - o ano passado teve um crescimento nom...
Dia dos namorados: ideias rápidas para aumentar su... A época mais romântica do ano está chegando. O dia dos namorados é comemorado no Brasil no dia 12 de junho. Se você não conseguiu se planejar com muit...

Especialista em E-commerce e pagamentos na Vindi. Camilla é pós-graduada em Gestão e Estratégias em Comércio Eletrônico e com mais de 8 anos de experiência na área digital. Já atuou em startups, compras coletivas e empreendeu com o seu próprio e-commerce.