Mais de 200 MIL PESSOAS sabem como vender mais e sempre.

Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos você também.

Antigamente, o professor era o único responsável por transmitir o conhecimento. A educação se baseava numa classe cheia de alunos e as informações eram passadas pela famosa lousa e giz.

Mas, principalmente pelo avanço da tecnologia, as escolas e instituições de ensino em geral se depararam com um grande desafio: como inovar o processo educacional, de forma eficiente e que atenda as necessidades das novas gerações.

Apenas inserir a tecnologia por meio de computadores, tablets e celulares não é suficiente para acompanhar a transformação digital na educação. É preciso olhar para as principais tendências. Como uma educação mais personalizada, o uso de bots e machine learning, além de ensino híbrido e realidade aumentada.

Principais inovações na educação  

1 – Bots como mentores

Nos últimos anos, o machine learning (ou aprendizado de máquina em português) ganhou grande espaço nos negócios. Principalmente com os chamados “bots”; que são robôs virtuais facilmente programáveis.

Hoje, um exemplo bem comum de seu uso é no atendimento ao cliente. Mas, em breve, essa inovação também deve ajudar a educação. Principalmente para escolas e instituições que oferecem cursos a distância.

Eles devem se tornar os novos mentores virtuais, com a vantagem de estarem disponíveis a qualquer horário, quando o aluno quiser. Além disso, graças ao seu aprendizado por meio do cruzamento de dados, os bots serão capazes de tirar dúvidas recorrentes. Deixando os professores focados em outras atividades que demandem atenção humana.

2 – Ensino híbrido

A proposta do ensino híbrido é oferecer conhecimento tanto por meio do mundo online como também o físico. Assim, os alunos podem adquirir conhecimento mesmo estando fora das salas de aula.

Mas, além disso, esse meio de ensino permite que o encontro com o professor seja mais eficiente e dinâmico, tendo como foco tirar dúvidas e gerar discussões.

A educação a distância foi uma das grandes inovações dos últimos tempos. Pois ela permitiu que qualquer pessoa aprenda o que quiser de onde estiver.

Porém, a interação com o professor e com outros estudantes também é parte importante do aprendizado. Por isso, o ensino híbrido promete ser uma tendência que veio para ficar.

3 – Realidade aumentada    

Pela realidade aumentada se pode misturar o mundo real com o virtual. Assim, é possível oferecer aos alunos a oportunidade de interagir com experiências virtuais que vão oferecer conhecimento e aprendizado de uma forma muito mais dinâmica.

Por exemplo, durante a aula, os alunos poderiam experienciar um vulcão em erupção ou mesmo conhecer os órgãos do corpo humano em detalhes. Tudo de uma maneira muito mais realista do que quando vista apenas por fotos em um livro.

Assim, a realidade aumentada é uma das inovações que podem ajudar no sucesso da educação.

4 – Programação e robótica

As novas gerações já crescem cercadas da tecnologia. Sendo assim, o estilo de ensino tradicional pode se tornar pouco atraente e ultrapassado para esses alunos. Portanto, uma das inovações na educação para engajar os alunos é o uso da programação e da robótica em sala de aula.

Por meio da programação é possível despertar o raciocínio lógico, a criatividade, além de competências para lidar com problemas adversos. Já a robótica pode ser uma grande aliada para despertar o interesse dos alunos em matérias exatas, como matemática e física.

Em meio a esse tema, um conceito que tem se tornado tendência na educação é o uso do pensamento computacional nas escolas. A ideia  é utilizar técnicas da Ciência da Computação para solucionar problemas, em diversas áreas do conhecimento.

5 – Competências socioemocionais   

Todas as inovações na educação que citamos acima estão relacionadas a tecnologia. Porém, as tendências nesse setor também apontam para o ensino de novas disciplinas e matérias que, antes, ficavam fora do currículo escolar.

Entre elas está o desenvolvimento da saúde psicológica e emocional dos estudantes, principalmente entre crianças. Assim, se pode estimular a autoconsciência, auto-gerenciamento, capacidade de lidar com outras pessoas e muito mais.

Esse aprendizado vai ajudar o aluno em todas suas etapas, inclusive nas carreiras que decidir seguir no futuro.

Inovação na gestão

É importante citar que, além das inovações em ferramentas e conceitos para desenvolver os alunos, as instituições de ensino também se deparam com a necessidade de inovar em sua gestão.

Principalmente pelo aumento da concorrência, as escolas que não modernizarem seus processos podem acabar ficando para trás. Com isso, se torna necessário ter a satisfação do aluno como principal foco.

A estrutura escolar tem similaridades com a empresarial e, por isso, precisa se renovar. Seja no modelo de matrículas, em sua forma de ensino ou mesmo nos meios de pagamento que oferece.

Nesse texto, apresentamos as principais tendências na educação que vão impactar o sucesso do setor nos próximos anos. Além de levantarmos a necessidade das instituições inovarem sua gestão. Agora, é hora de colocar em prática!

Author

Especialista em Marketing de Conteúdo, escreve há mais de seis anos sobre e-commerce, meios de pagamento, tecnologia e viagens.