Por que os ERPs e gateways não fazem billing?

Fique bem informado com as notícias da Vindi

Insira seu Email:

Seu email será compartilhado com a Vindi estará sujeito à sua politica de privacidade

Simples: porque é extremamente desafiador e sai do core deles.

A gestão de contratos com assinaturas e planos recorrentes, exige determinados tipos de controles que os ERPs – por terem origem em controles industriais e de produtos – não conseguem atender. Gateways então, estão ainda mais longe. Isso fica mais evidente, quando empresas procuram alta performance em aprovação de cobranças e transações.

Explico mais no texto a seguir.

Por que os ERPs e gateways não fazem billing?

A Vindi é procurada, muitas vezes no ano, para atender ERP’s (estamos integrados com diversos) para ajudar exatamente numa das maiores dores de empresas que possuem contratos recorrentes e assinaturas: o billing. E identificamos aí, porque ERPs e gateways de pagamento não fazem billing.

O que é billing?

Billing é um sistema de cobrança (de tarifas, de planos e de serviço) que gera e controla faturas de forma aplicável. É o faturamento da empresa passando por uma cobrança inteligente (mas, nem sempre é assim). Quando você paga um plano de telefonia, tv à cabo, e outros serviços como hospedagem de sites, por exemplo, você não vê, mas um processo de billing está acontecendo por trás dessa mecânica.”

Billing

Agora que você já sabe um pouco mais sobre billing, vamos aos motivos do porquê da maioria dos ERPs e gateways não fazerem uma gestão de billing.

Gerenciamento de Contratos Recorrentes e Assinaturas

Contrato recorrente (ou plano) é desafiador, do ponto de vista de gestão. Quer ver por que?

ERPs Tradicionais – Apenas alguns ERPs possuem módulos de contrato, com regras básicas de preço, vigência e reajuste. É um módulo que “cria“ pedidos de venda no ERP todo mês. Mas o processo no ERP é tratado como qualquer outro pedido pontual.

Gateways – São transmissores da informação para adquirentes e bandeiras. Somente processam de um lado para outro, sendo responsáveis por devolver a aprovação ou recusa através de uma chamada via webservice. Não fazem billing.

Como funciona na Vindi a plataforma gerencia os planos (contratos recorrentes), com: vigência e reajuste, renovação, up-downgrades, tarifa mínima, taxa de ativação (ou setup), cobrança recorrente (mensal, bimestral, semestral e anual), além de cobrança pontual, descontos, etc. Foco em recorrência folks!

Regras avançadas de preço

ERPs Tradicionais – Cada “produto“ possui um preço fixo associado. Há possibilidade de criar “listas de preços”. Alguns (apenas alguns conseguem oferecer regras avançadas de preço.

Gateway – recebe o preço fechado no carrinho e envia dessa forma.

Como funciona na Vindi O preço do serviço ou plano pode ser fixo ou variável, de acordo com o volume ou por faixas de uso / consumo (usuários, pageviews, Gb, tempo, % faturamento, entre outros).

Cobrança em boleto, cartões de crédito e débito em conta corrente

ERPs Tradicionais – Integram com alguns bancos via envio de arquivo CNAB, com processamento noturno na sua maioria. Demais formas de pagamento online são tratadas como customização.

Gateways – Poucos gateways têm a tríplice completa: cartão de crédito, boleto e débito em conta. A maioria processa cartões (de crédito e débito) e boletos somente, E ainda com limitações de bancos e adquirentes.

Como funciona na Vindi Envio de boleto online com dezena de bancos, alteração de vencimento, cálculo de juros pelo usuário, além de todas as bandeiras de cartão de crédito com integração com mais de 8 adquirentes e débito automático com os principais bancos.

Gestão de Serviços & Provisionamento

ERPs Tradicionais – Não possuem esse tipo de recurso.

Gateway – não fazem.

Como funciona na Vindi – Ativação, suspensão e cancelamento de serviços com base em regras de pagamento recorrente e de vigência como trial e renovações.

Ferramentas de Redução de inadimplência

ERPs Tradicionais – A maioria tem apenas listagem de contas a receber em aberto.

Gateways – o máximo que fazem é roteamento de adquirentes: trocam a operadora de cartão quando uma transação não é aprovada.

Como funciona na Vindi Alerta de boleto não lido pelo cliente, reenvio de boleto 1 dia antes do vencimento ou datas a definir, atualização de multa e juros automática, comunicação por e-mail ou SMS com inadimplentes e recuperação de cartões vencidos (Renova Vindi) são algumas das features que temos para recuperar inadimplência.

Faturamento Automatizado NFe

ERPs Tradicionais – Emitem NFe de serviços via envio de arquivo para a prefeitura. Alguns automatizam esse processo.

Gateways: não emitem.

Como funciona na Vindi Está integrada online com mais de 1.000 prefeituras de forma automatizada e emite NFe com apenas alguns cliques. Podendo inclusive emitir manualmente, automática e de forma personalizada. Totalmente integrada com nosso gateway de pagamento.

Consumo & Extrato de serviços utilizados

ERPs Tradicionais – Não possuem esse tipo de recurso.

Gateways – não tem.

Como funciona na Vindi A cobrança pode ser feita com base no uso mensal dos serviços. A Vindi gerencia o consumo e envia junto com a cobrança mensal, uma fatura via email (que pode ser personalizada) de utilização.

API’s

ERPs Tradicionais – Para cada nova função, é necessário envolver a consultoria de implementação que cobra por cada desenvolvimento (pelo menos na maioria dos ERPs). São pobres em APIs.

Gateways – Gateways têm API‘s, mas boas, somente alguns.

Como funciona na Vindi Habemos poderosas API‘s.

Indicadores de Performance (KPI)

ERPs Tradicionais – Indicadores da “economia tradicional“ como quantidade de unidades vendidas ou clientes faturados, ticket médio, sempre análise de eventos históricos. Não conseguem responder perguntas simples como: quantos clientes ativos nós temos esse mês?

Gateways – alguns possuem indicadores, porém com pouca transparência.

Como funciona na Vindi A Vindi possui um dashboard com dados em tempo real de vendas, transações aprovadas (por tipo de meio de pagamento), cobranças emitidas, recebidas, dados de assinantes, cancelamentos e muito mais.

Usar um ERP como backoffice de recorrência pode prejudicar o faturamento da sua empresa. Quer saber como melhorar esta situação, a Vindi oferece uma consultoria gratuita para empresas de recorrência.

banner consultoria vindi

Sobre o autor

Rodrigo Dantas
Fundador e CEO da Vindi, plataforma líder em recorrência e criador do maior evento de empresas SaaS e Assinaturas do país, o “Assinaturas Day”.

Você vai gostar também

PCI Compliance O PCI Compliance ou "PCI DSS", é uma das maiores certificações de segurança do mundo. Mas o que é o PCI Compliance? É o Padrão de Segurança de Dados p...
Onde estamos? Quando fundamos a Vindi, imaginávamos que seríamos um meio de pagamento online, simplesmente. Com foco em subscription (recorrência), que é o nosso dn...
Gateway de Pagamento No Brasil temos alguns meios de pagamento online. A maioria deles, focados em ecommerce. Alguns com foco em mobile e outros mais amplos, com cobertura...
Conheça as maiores academias do mundo O mercado fitness vem crescendo em ritmo acelerado e se destaca como uma ótima oportunidade de empreendimento. De acordo com a Fitness Brasil, maior f...