Recentemente, o Procon passou a orientar pais e responsáveis que matricularam seus filhos em escolas particulares a exigir a planilha de gastos atuais para manutenção da escola. Dessa forma, a ideia principal do órgão é entregar mais poder para pedir descontos em mensalidades escolares a quem continuou pagando a escola regularmente.

Entretanto, essa já é uma postura adotada por algumas escolas de elite, que começaram a oferecer descontos nas mensalidades, e deram o pontapé inicial a esse movimento em meio à crise econômica.

Portanto, falaremos agora sobre quais os direitos dos responsáveis e alunos, além de como a sua escola precisa estar preparada para essa orientação do Procon.

Leia também: Os maiores desafios das instituições de ensino com a crise

Pais e responsáveis podem exigir descontos em mensalidades escolares?

Segundo Fernando Capez, diretor executivo do Procon-SP e secretário especial de Defesa do Consumidor, a resposta é sim:

“Se a escola teve redução de custo por gastar menos com luz, água e outras despesas, deve repassar essa diminuição aos pais. É obrigação dos colégios apresentar essa planilha para as famílias”.

Na continuação da entrevista, dada para a Folha de São Paulo, Capez ainda acrescentou que entende que essas despesas são pequenas perto, por exemplo, de uma folha de pagamento.

Além disso, também é preciso considerar que as escolas precisaram investir, com urgência, em infraestrutura tecnológica e aparatos necessários para educação à distância.

O ponto principal é: as escolas precisaram se adaptar e precisam se preparar para esse cenário. Com pais exigindo descontos em mensalidades, e protegidos pelo Procon, as instituições de ensino serão ainda mais impactadas e devem se posicionar.

Como minha escola deve se posicionar neste cenário?

Estima-se que existem, aproximadamente, 42 mil escolas particulares no Brasil, sendo que grande parte pertencem a grupos empresariais de pequeno porte, que cobram até R$ 1.000,00 por mês.

Dessa forma, alguns pontos podem ser cruciais para que as escolas se mantenham, principalmente as menores, que estão sendo mais ameaçadas:

Transparência é fundamental

Agora, mais do que nunca, o momento é de transparência entre os mantenedores das instituições de ensino, responsáveis e alunos.

Por isso, apresentar a planilha de gastos atualizada, com números verdadeiros e que mostrem a realidade da escola é inegociável.

Da mesma forma, é preciso apresentar possibilidades aos pais, mesmo que os descontos não sejam uma possibilidade no momento. E, aqui vale ressaltar que qualquer oferta pode ser bem vista, nem que esse desconto seja de 5%, por exemplo.

Falta de transparência gera desconfiança, e isso pode aumentar o cancelamento de matrículas da sua escola, principalmente em um momento em que muitas escolas estão se posicionando espontaneamente para oferecer descontos.

Trazer segurança aos pais e responsáveis nunca foi tão necessário

Junto com a transparência, também precisamos falar de relacionamento entre os responsáveis com as instituições de ensino.

Em tempos incertos e de grandes inseguranças como o que estamos vivendo, a escola pode e deve ser uma voz positiva dentro das casas.

O momento agora não é de fechar os canais de comunicação, mas sim de potencializar e alavancar o relacionamento com pais e responsáveis.

Portanto, invistam em reuniões semanais online, tirem dúvidas e mantenham-se firmes no discurso de que essa crise é temporária e vai passar. Não é de hoje que a escola é indispensável no papel de construção e formação humana. Exerçam esse papel agora também!

Ofertar várias formas de pagamento pode ser boa uma saída

O último ponto que podemos destacar agora e que pode ajudar muito a sua gestão escolar é abandonar o boleto bancário como única opção de pagamento.

O cartão de crédito, por exemplo, é um dos meios de pagamento mais utilizados no Brasil. Dados internos da nossa plataforma aqui na Vindi mostraram que mais de 80% das transações em 2019 foram feitas por cartão.

Portanto, ofereça essa opção aos responsáveis. Muitas escolas da rede privada já disponibilizam o pagamento por cartão de crédito, principalmente escolas de música, inglês e de reforço escolar.

Se você gostou deste conteúdo sobre descontos em mensalidades escolares e quiser saber mais sobre o assunto, nós temos um e-book 100% gratuito para te ajudar neste momento. Clique no banner abaixo e baixe agora!banner para e-book no texto de descontos em mensalidades escolares